Loading…
This event has ended. Visit the official site or create your own event on Sched.
                                                                     Compre AQUI os seus bilhetes para os ESPETÁCULOS E MESAS DE AUTORES do Folio 2016                                                                                                          
View analytic

Sign up or log in to bookmark your favorites and sync them to your phone or calendar.

Thursday, September 22
 

11:00

Abertura Oficial das Exposições e Instalações FOLIO
Abertura Oficial das Exposições e Instalações FOLIO

Thursday September 22, 2016 11:00 - Sunday October 2, 2016 11:30
RUAS DE ÓBIDOS

11:00

Feira do Livro de Saldos
Thursday September 22, 2016 11:00 - Sunday October 2, 2016 21:00
TENDA MAIS

11:00

Porto Cartoon

PortoCartoon: Utopia com Humor

O tema do PortoCartoon 2016 está em sintonia com o FOLIO 2016.

Em Óbidos, pode ser vista uma seleção com os melhores desenhos do humor internacional sobre Entendimento Mundial/Utopia.

Mesmo que se apele ao entendimento mundial, os lápis do humor deslizam para as crateras do desentendimento, ou seja para a denúncia das contradições do poder, em diferentes instâncias.

O desenho vencedor é muito forte. O sino é bem maior que os barcos do desespero. Por mais que o toquem, a insensibilidade estelar tem sido evidente numa Europa que foge para os paraísos fiscais, insensível aos gritos de humanidade. Thomas More referia há 500 anos, na sua Utopia, que "a desonestidade da ganância de alguns converteu-se em calamidade". 

A calamidade não acabou. Pelo contrário, espalhou-se. 

O sino, insensível aos desesperos da humanidade, assinala bem os tempos que vivemos hoje.

Uma das exceções mais assinaláveis à linha do 'desentendimento global' é a participação de Plantu (estrela de Le Monde). Clarividente no apelo, ele faz uma homenagem ao entendimento utópico. Com esta particularidade: grita em português “Viva a Utopia”.

Outros artistas, aliás, repegaram na imagem antiga da ilha da utopia para as suas sátiras. Com incisão.

Ninguém pode ficar indiferente a estas mensagens. De arte e riso.

É a excelência do cartoon. Utopia com humor.

 

Luiz Humberto Marcos,

Diretor do Museu Nacional da Imprensa


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Museu Nacional da Imprensa

Museu Nacional da Imprensa

O Museu Nacional da Imprensa/Jornais e Artes Gráficas é propriedade de uma entidade cultural privada, sem fins lucrativos, a AMI Associação Museu da Imprensa, reconhecida pelo Estado como instituição de Utilidade Pública, com manifesto interesse cultural e abrangida pela lei do Mecenato Cultural. Está também reconhecida como instituição relevante para o... Read More →


Thursday September 22, 2016 11:00 - Sunday October 2, 2016 21:00
ESPAÇO "Ó" Rua da Vila 18, Porta do Vale 16, 2510-089 Óbidos

11:30

Filipe Seems por António Jorge Gonçalves e Nuno Artur Silva
Quem vem ao FOLIO?
avatar for António Jorge Gonçalves

António Jorge Gonçalves

Ilustrador, caricaturista, designer gráfico, cenógrafo e professor, é na BD que tem o seu trabalho de maior destaque. Nasceu em Lisboa há 51 anos, licenciou-se em Design Gráfico e fez o Mestrado em Theatre Design em Londres. Foi ainda professor no IADE, RESTART e na Universidade Nova de Lisboa. Sendo a banda desenhada a sua forma de expressão de... Read More →
avatar for Nuno Artur Silva

Nuno Artur Silva

Nuno Artur Silva, curador da primeira edição da área da Folia, em 2015. É autor e produtor de livros, peças de teatro, séries e programas de televisão, sobretudo nas áreas da comédia e da poesia. Foi fundador, editor e diretor da Produções Fictícias, agência criativa, do jornal ‘O Inimigo Público e do Canal Q, canal cabo de... Read More →



Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 00:00
CAPELA DE SÃO MARTINHO Largo de São João de Deus, Óbidos

11:30

Desnorte de Gilson Lopes
Quem vem ao FOLIO?
avatar for Gilson Lopes

Gilson Lopes

Tem mais de 30 anos de experiência nos campos da Ilustração, do design e da publicidade. Como ilustrador, colaborou com revistas importantes, no Brasil e em Portugal. Como diretor de arte, trabalhou em diversas agências de publicidade, nacionais e multinacionais. Teve grandes mestres e conheceu ou trabalhou com pessoas notáveis. Na publicidade, ganhou prémios no Brasil, EUA e Europa. Viveu altos e baixos... Read More →


Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 00:00
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

11:30

Muro - Exposição The Cooked Book
Muro - Exposição The Cooked Book  - Vila Joya Cr-eat-ivity 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →


Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 00:00
ENTRADA DA VILA

11:30

Muro - Exposição The Cooked Book
Muro - Exposição The Cooked Book  - Vila Joya Cr-eat-ivity 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →


Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 00:00
ENTRADA DA VILA

11:30

Muro - Exposição The Cooked Book
Muro - Exposição The Cooked Book  - Vila Joya Cr-eat-ivity 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →


Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 00:00
ENTRADA DA VILA

11:30

Muro - Exposição The Cooked Book
Muro - Exposição The Cooked Book  - Vila Joya Cr-eat-ivity 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →


Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 00:00
ENTRADA DA VILA

11:30

Muro - Exposição The Cooked Book
Muro - Exposição The Cooked Book  - Vila Joya Cr-eat-ivity 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →


Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 00:00
ENTRADA DA VILA

11:30

Muro - Exposição The Cooked Book
Muro - Exposição The Cooked Book  - Vila Joya Cr-eat-ivity 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →


Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 00:00
ENTRADA DA VILA

11:30

Muro - Exposição The Cooked Book
Muro - Exposição The Cooked Book  - Vila Joya Cr-eat-ivity 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →


Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 00:00
ENTRADA DA VILA

11:30

Utopia Colectiva
Exposição cartazes FOLIO – do ponto de vista da Utopia do público

O Folio 2016 é Utopia. O Cartaz do Folio uma tela perfeita.

Utopia: o cartaz ideal, imaginário, fantástico.


Há um folha de papel que dobrando-se desenha a letra F, por trás dela o espaço é branco. É o espaço da Utopia.

 O João Vilhena e o Afonso Cruz  pintaram o mote. A utopia que no Folio nasce do branco. Do meio de nós. Do meio do Folio.

Mas porque é ideal, imaginário e fantástico todos somos(temos) uma. Nunca um evento teve cartazes que fossem todos originais. Três, quatro, dez ou cem cartazes.  Os que todos quiserem fazer. 

No mundo social a comunidade que ama o Folio tem uma tela de utopia só para ela. Para cada um. Que á a tela matriz da Utopia coletiva. O Folio oferece a tela digital e todos devolvem nela as suas utopias.

 

Cartazes originais que depois serão expostos em formato A4 cobrindo as paredes de uma sala durante o Folio.

 

in Folio mais : a sala da Utopia.

 

Nela todos se podem fotografar durante o FOLIO ao lado da sua utopia. Junto da de todos os outros.  E repetir a partilha, ideal, fantástica, imaginária.

 

JMdiogo

 

Organizadores
avatar for José Manuel Diogo

José Manuel Diogo

Diretor de Comunicação, Folio
O Diretor de comunicação do Folio, José Manuel Diogo é um autor e colunista português. Especialista em media intelligence, informação e gestão de comunicação. Estudou Jornalismo e Engenharia Mecânica na Universidade de Coimbra, em Coimbra, frequentou o curso XXXV PADE – Programa de Alta Direcção de Empresas da AESE e Pós graduado pelo... Read More →



Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 00:00
ESPAÇO CRIATIVO ANDRÉ REINOSO

11:30

Visualizações Da Influência Da "Canção Do Exílio"

Inserida na programação - UTOPIA - Matemática e Literatura


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Joshua Enslen

Joshua Enslen

Joshua Enslen é professor associado de Português na Academia Militar de Westpoint nos Estados Unidos, onde começou a lecionar após completar o seu doutoramento em Línguas Românicas na Universidade de Georgia. Em 2008 publicou Embodying the Nation: Literature and Diplomacy in Brazil– a sua dissertação – e já escreveu diversos ensaios para revistas e jornais sobre escritores... Read More →



Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 00:00
RESIDÊNCIA JOSEFA D'ÓBIDOS

11:30

"As Tentações de Santo Antão" - Bosch - MNAA
Quem vem ao FOLIO?

Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 12:00
LARGO PADRÃO CAMONIANO

11:30

Duarte Belo: Fotografia de Objetos de Ruy Belo

Tempo pintado, revisitar Ruy Belo

Peças cerâmicas povoam a casa de Ruy Belo. É uma presença que continua a existir junto dos livros de quase todas as divisões da casa. São como figuras que com esses mesmos livros estabelecem um diálogo enigmático, talvez sobre lugares, sobre as mãos que moldaram aquelas personagens e objetos, talvez sobre o conteúdo dos livros, sobre poemas, sobre a vida, sobre o mundo. Outras peças respondem pela sua função imediata, de apoio ao quotidiano da casa. Pratos, canecas, travessas, todos os dias nos transportam em memória para lugares distantes, como se nos seus desenhos sobre fundo branco se configurasse uma geografia imaginária que, inevitavelmente, nos ergue para os universos da palavra, não necessariamente para os poemas ou outras formas, mas para a possibilidade da livre expressão do pensamento.

Os objetos cerâmicos representados nestas fotografias foram adquiridos por Ruy Belo em Óbidos e na sua região.

 

Duarte Belo

Setembro 2016



Quem vem ao FOLIO?
avatar for Duarte Belo

Duarte Belo

Duarte Belo (Lisboa, 1968). Formação em arquitetura. Desde 1986 que faz um levantamento fotográfico sistemático da paisagem, formas de povoamento e arquiteturas em Portugal. Este trabalho continuado em mais de 700.000 quilómetros percorridos, deu origem a um arquivo fotográfico de mais de 1.400.000 fotografias. Publicou diversos livros sobre o tempo e a forma do território português, dos... Read More →



Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 12:00
GALERIA PELOURINHO Largo de São Pedro, 2510-086 ÓBIDOS

11:30

Escritores de Afonso Cruz

ESCRITORES

Uma exposição de Afonso Cruz

 Esta é uma exposição de ilustrações de escritores de várias gerações, desde o Renascimento à contemporaneidade, executadas inicialmente para a feira do livro de Bogotá - aquando da participação portuguesa como país convidado -, e representando autores tão diversos como Camões, Vergílio Ferreira ou Raúl Brandão.

Insistindo no vínculo entre leitores e escritores, pretende-se estimular a leitura, o conhecimento e reconhecimento dos escritores lusófonos, dando-lhes forma e protagonismo.

Foi agora transformada num espaço de convívio entre leitores e autores, na esperança de que haja a intimidade de uma sala. Façamos de conta que visitamos a casa de uma tia-avó e que nos sentamos junto ao aparador, bebemos um chá (ou uma ginjinha), conversamos com toda a literatura que nos envolve, com os retratos de pessoas que amamos e que exibimos em molduras velhas, para bem da nossa felicidade e da possibilidade de continuarmos a ser um diálogo, independentemente das limitações espácio-temporais que a física impõe.

A literatura, imanente e transcendente, estará nessa sala, no aparador da tia-avó, chegando a nós com a mesma facilidade com que chega ao cantinho mais remoto do universo. Dois cantinhos que nunca ninguém terá capacidade de varrer.


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Afonso Cruz

Afonso Cruz

Escritor, ilustrador e músico, Afonso Cruz é uma referência no panorama nacional do romance e da ilustração. Reconhecido também pelos seus trabalhos na ilustração infantil, Afonso Cruz foi várias vezes premiado pelo seu trabalho com, por exemplo, o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco 2010, o Prémio Literário Maria Rosa Colaço 2009, o Prémio... Read More →



Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 12:00
FOYER CASA DA MÚSICA R. Josefa de Óbidos 01, 2510-000 Óbidos

11:30

O LAGARTO de J. Borges - Estreia Mundial
A segunda edição do FOLIO recebe em estreia mundial uma exposição que junta as palavras de José Saramago ao inconfundível traço do artistapopular brasileiro J. Borges. A partir de um texto escrito em 1973 pelo Prémio Nobel português,O Lagarto, J. Borges criou um conjunto de xilogravuras que propõem uma nova leitura para a história de uma misteriosa criatura que surge no Chiado, em Lisboa. Em Óbidos, serão expostas pela primeira vez as peças em madeira talhadas pelo renomadoartista brasileiro para o livro, assim como as suas impressões originais. Também no decorrer do FOLIO será apresentada a primeira edição de O Lagarto, com a chancela da Porto Editora, no dia 22 às 18h30. 

Museu Abílio - Hall e piso 0 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for José Francisco Borges

José Francisco Borges

Mais conhecido como J. Borges é um dos mestres da literatura de Cordel, xilogravurista e um dos artistas populares brasileiros mais conceituados na América Latina e no mundo. Nasceu em1935 em Pernambuco e, aos 21 anos, iniciou-se na escrita de folhetos de cordel e, pouco depois, na xilogravura. Logo o seu trabalho impressionou colecionadores e marchands e, desde então, soma vários prémios e... Read More →


Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 12:00
MUSEU ABÍLIO

11:30

Utopia, Hoje
*Inauguração oficial com os artistas  dia 24 de setembro, sábado, às 16h00

A exposição “Utopia hoje” apresenta as propostas de 10 artistas que interpretam, de forma livre e autoral, as obras de dois nomes maiores da nossa literatura Fernando Pessoa e José Saramago. Ainda que escritas em épocas distintas, “Mensagem” e “A Jangada de Pedra”, símbolos da nossa memória cultural contemporânea, abordam temas identitários e podem sugerir, nesse sentido, uma reflexão sobre Portugal.Apresentados em dois núcleos distintos, e que pretendem suscitar um diálogo entre as obras de Pessoa e Saramago na perspectiva da Utopia, tema do FOLIO 2016, cada um dos artistas concentrou a sua alma e pensamento nos aspectos que mais lhe interessavam, sejam estéticos, históricos, geográficos ou políticos, apresentando múltiplas leituras e interpretações, que não devem ser entendidas como ilustrações, porque estão para além dos textos literários, ainda que criadas a partir deles. De Cláudio Garrudo, Joanna Latka, Marta Ubach, Pauliana Valente Pimentel, e Teresa Gonçalves Lobo são as obras referentes à “Mensagem” de Fernando Pessoa”, enquanto Augusto Brázio, Hélio Luís, Paula Almozara, Rui Soares Costa, e Tiago Casanova partem da obra “A Jangada de Pedra” de José Saramago.A exposição “Utopia hoje” tem a curadoria de Ana Matos e foi especialmente concebida para esta 2ª edição do FOLIO, numa parceria entre Casa Fernando Pessoa, Fundação José Saramago e Galeria das Salgadeiras. 500 anos passados da publicação de “Utopia” de Thomas More, 82 anos da “Mensagem” de Fernando Pessoa e 30 anos de “A Jangada de Pedra” de José Saramago, que sentidos encontraremos, hoje, para a palavra Utopia? O não-lugar, no seu sentido etimológico, a projecção de um mundo que reclamamos melhor, porque mais justo? Com esta exposição, propõem-se, pois, reflexões de cariz estético e artístico, mas também político e social em torno da temática da utopia.

Ana Matos
(Curadora da exposição e directora da Galeria das Salgadeiras)  

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ana Matos

Ana Matos

Lisboa, 1972. Vive e trabalha em Lisboa. | Fundadora e directora da Galeria das Salgadeiras fundada a 4 de Julho de 2003. | Co-Fundadora do “Bairro das Artes — A Rentrée Cultural da Sétima Colina de Lisboa”, criado em 2010. | Co-Fundadora e Membro da “Isto não é um Cachimbo. Associação”, fundada em 2014. | Curadora da Fundação José Saramago. | Mestre em... Read More →


Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 12:00
MUSEU ABÍLIO

11:30

LÚMEN - Instalação Rui Horta

LÚMEN

Instalação Rui Horta

O espaço como contexto mas, simultaneamente, o texto da obra. O corpo como mediador, lugar da revelação, território entre o transcendental e o concreto. Luz e Video, que convocam a imaterialidade para a experiência do visitante.

LÚMEN é um encontro improvável mas lógico, um convite para investir a Igreja do Espírito Santo e o desafio de deslocar o espaço sacral para o território da arte.

Rui Horta


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Rui Horta

Rui Horta

Coreógrafo e bailarino, Rui Horta nasceu em Lisboa e logo aos 17 anos começou a dançar no Ballet Gulbenkian. Viveu depois em Nova Iorque, onde completou a sua formação, foi professor e intérprete durante vários anos. Na Alemanha, dirigiu o Soap Dance Theatre Frankfurt, sendo o seu trabalho considerado uma referência na dança europeia e apresentado nos mais importantes teatros e festivais de... Read More →


Thursday September 22, 2016 11:30 - Sunday October 2, 2016 12:00
IGREJA DA MISERICÓRDIA Largo da Misericórdia

11:30

Júlio Pomar: Dom Quixote
Cervantes é a mais continuada cumplicidade literária de Júlio Pomar, que tem na sua obra, desde sempre, as fontes literárias e a ilustração como uma das grandes pistas de criação.De Sidónio Muralha, Alves Redol e Cardoso Pires, em 1949, depois Camilo, Tolstoi, Dante e Rabelais, até Camões e Pessoa, Pöe, Homero, a lista é longa, separando-se sempre mais a interpretação dopretexto ilustativo para viver por si mesmo na autonomia do desenho oudo quadro. É a abertura para caminhos da imaginação,por via da ficção e do mito, que alterna com a observação do real e seus espectáculos: cenas do trabalho, retratos e corpos, Índios da Amazónia, etc. Começou essa relação com Cervantes por um convite para ilustrar as «Novelas Exemplares», em1958 (ed. Folio). Mas foi «D. Quixote» que ocupou o artista em sucessivas etapas, ultrapassando as encomendas para fazer dos heróisou anti-heróis, e de diferentes episódios narrativos, temas pessoais, abordados em múltiplos modos de fazer. Em 1959-61, com as pequenas pinturas sobre cartão para uma edição Bertrand, Quixote apareceu Quixote num ciclo de seis gravuras, cinco pinturas e esculturas de ferros soldados. Quando em 1997 surgiu a ideia de reunir essa produção numa só exposição (Gandarinha, Cascais), a revisão da obra feita proporcionou a vontade de acrescentar-lhe uma variação sobre o episódio dos carneiros, em tela de muito grande formato. Dela se editou uma versão em serigrafia, agora exposta. Outra releitura do Quixote aconteceu já em 2005, para uma edição do Expresso em 10 partes semanais, que Pomar tomou como razão de mais um mergulho no desenho, sempre praticado com variada regularidade. Foram reencontros (ou recomeços) assumidos em plena liberdade decriação, acompanhando a par e passo a paginação dos cadernos por Henrique Cayatte. E outra série de pinturas quixotescas surgiu com estes desenhos.


Thursday September 22, 2016 11:30 - Monday January 2, 2017 12:00
MUSEU MUNICIPAL Rua Direita 97, Óbidos

12:00

12:00

Retratos de autores, encontros nos caminhos da vida - Carlos Freire

Retratos de autores,
encontros nos caminhos da vida.

Meus anos de jovem fotógrafo em Paris se passaram da melhor maneira possível, dou-me conta disso ao concentrar minha memória para escrever este texto destinado à imprensa portuguesa informando-a sobre esta exposição de retratos de escritores na Folio 2016 em Óbidos.

Em 1973 comecei minha vida em fotografia. Um começo sem hesitações visto minha vontade de ganhar o que necessitava para sobreviver em Paris, realizando retratos de escritores de meu gosto, autores que eu havia lido em sua maioria, e vendendo as fotografias desses escritores por mim selecionados para editores, revistas literárias e páginas culturais de jornais franceses.

Deu certo, pois durante alguns anos trabalhei muito nesse campo, e o ampliei, pois tive a oportunidade de trabalhar com páginas culturais e editores em Londres. Nunca fui fotojornalista, meu ritmo de trabalho, lento e contemplativo, recusou naturalmente essa profissão, que requer um outro tipo de atitude, de temperamento. Atitude mais metódica, a dos fotojornalistas, mais objetiva.

Meus encontros me formaram, desde a adolescência, meus caminhos foram aqueles do imprevisto. Sem medo.

Algumas das fotografias mostradas aqui em Óbidos, na Folio 2016 são resultado de encomendas ( Iris Murdoch, Marguerite Duras, Roland Barthes).

A grande maioria foram feitas por minha iniciativa. Quase todas foram verdadeiros encontros. Dos autores mostrados aqui em Óbidos, dois foram grandes amigos, Mary McCarthy e Lawrence Durrell. Outros, como Emil Cioran, Julio Cortazar e Carole Dunlop, eram escritores que eu frequentei, eram próximos de mim, eu os via com frequência.

Esta mostra aqui na Folio é a ponta do iceberg.

Durante anos tive o grande prazer de poder ganhar minha vida retratando artistas de quase todos os meios de expressão: escritores, ensaístas, poetas, pintores, escultores, arquitetos, atrizes, atores, fotógrafos, cineastas, músicos.

Dentre alguns desses artistas e criadores:

Francis Bacon, Daniel Barenboim, Orson Welles, Susan Sontag, Alain Resnais, Annie Ernaux, Vieira Da Silva,Michel Leiris, Jorge Amado, Alvaro Siza, Willy Ronis,Carlos Fuentes, Roberto Rossellini, Oscar Niemeyer, André Kertèsz, Dominique Sanda, Jeanne Moreau, Manoel De Oliveira, Pierre Clementi, Klaus Kinski, Jean-Luc Godard, Marceline Loridan, Andy Wharol  e tantos outros, durante muitos anos de encontros em fotografia.

Fiz uns poucos livros, catálogos e brochuras de apresentações de minhas diversas exposições, mas com bons autores, que eu admiro: Jorge Amado,  Charles Morazé, Cesare De Seta, Lydie Lachenal, Charles Malamud, Pierre Vidal Naquet, Lawrence Durrell, Jacques Lacarrière, Adonis, Alain Jouffroy, Driss Benzekri, Marc Fumaroli, Renzo Piano.

Sem subvenções, em total liberdade, percorri dois terços de minha trajetória realizando minhas fotografias.

Quem sabe, mais do que isso...sem me aproximar de quem não devia. Livre, e espero, coerente nesse percurso.

Minha ultima exposição, anterior à atual em Óbidos, foi em 2014 e 2015 em Paris, no Mois de la Photo, se chamava "Carlos Freire dans la Sicile de Vincenzo Consolo". Mostrada na Galerie Dina Vierny durante seis meses, com minhas fotografias da Sicília e textos do escritor Vincenzo Consolo, grande escritor siciliano, homem integro e lúcido, um caro amigo.

Atualmente trabalho na belíssima cidade do Porto. Com Álvaro Siza, que me honrou em aceitar de realizar um livro comigo.

Feliz e honrado estou também de participar da Folio 2016 aqui em Óbidos mostrando uma pequena parte de minhas fotografias de escritores.

Fotografias feitas com simplicidade, e sem outra pretensão que a de registar um momento preciso da vida desses seres excepcionais que são os escritores, que nos oferecem tanto prazer de leitura com seus talentos.

Carlos Freire, agosto de 2016              
Siracusa, Sicília.   

 

(DR: Doris Lessing, Londres 1996 copyright Carlos Freire)


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Freire

Carlos Freire

Carlos Freire nasceu no Rio de Janeiro, em 1945. A viver em Paris desde 1968, onde iniciou, pouco depois, o seu trabalho como fotógrafo para revistas como a Magazine Littéraire, a Art Presse The Times- Hoje, o carioca que virou parisiense soma hoje já mais de 700 retratos–sobretudo de grandes vultos da Cultura –, exposições aplaudidas pela crítica mundial e... Read More →



Thursday September 22, 2016 12:00 - Sunday October 2, 2016 23:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

15:00

Mega Ferreira Sobre Cervantes
Quem vem ao FOLIO?
avatar for Mega Ferreira

Mega Ferreira

António Mega Ferreira nasceu em Lisboa em 1949. Iniciou-se no jornalismo em 1968 no Comércio do Funchal e passou depois pelo Jornal Novo, Expresso, ANOP e RTP, onde chefiou a redação do 2º canal e foi apresentador do Informação/2. Autor e apresentador de programas de televisão, foi ainda chefe de redação do JL, diretor editorial do Círculo de... Read More →


Thursday September 22, 2016 15:00 - 16:00
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

15:00

Encanaã Ferraz, Ana Luísa Amaral, Ana Paula Tavares e Mbate Pedro. Moderação, Inês Fonseca Santos - "Construção de um território comum da poesia no espaço da língua portuguesa"
Eucanaã Ferraz, Ana Paula Tavares,Mbate Pedro e Ana Luísa Amaral, conversam sobre a construção de um território comum da poeasia no espaço da língua portuguesa, um debate moderado por Inês Fonseca Santos

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ana Luísa Amaral

Ana Luísa Amaral

Professora Associada aposentada do Departamento de Estudos Anglo-Americanos da Faculdade de Letras do Porto, actualmente investigadora na Faculdade de Letras do Porto e membro da Direcção do Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa, no âmbito do qual coordena o grupo Intersexualidades. Tem um doutoramento sobre Emily Dickinson. As suas áreas de pesquisa são os Estudos Feministas, os Estudos de... Read More →
avatar for Eucanaã Ferraz

Eucanaã Ferraz

Carioca de 54 anos, é através da poesia que Eucanaã Ferraz ultrapassa fronteiras. Professor de Literatura Brasileira na Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ e Consultor de Literatura do Instituto Moreira Salles, organizou ainda os livros de músicos como Caetano Veloso e Vinicius de Moraes. Já recebeu vários prémios e condecorações... Read More →
avatar for Mbate Pedro

Mbate Pedro

Mbate Pedro nasceu em 1978, em Moçambique. É escritor, médico (já colaborou com os Médicos Sem Fronteiras) mas é sobretudo na poesia que se tem vindo a destacar e a revelar como um dos mais recentes talentos da escrita moçambicana. Publicou já três livros, amplamente aplaudidos pela crítica. Debaixo do Silêncio que Arde valeu-lhe, em... Read More →
avatar for Inês Fonseca Santos

Inês Fonseca Santos

Inês Fonseca Santos nasceu em Lisboa, em 1979. É jornalista e escritora. Licenciada em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, completou o mestrado em Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Trabalhou na SIC Notícias, na RTP2 e colaborou com várias revistas literárias. É autora dos livros de poesia As... Read More →
avatar for Ana Paula Tavares

Ana Paula Tavares

Ana Paula Tavares nasceu em Angola, em 1952. É historiadora com doutoramento em História e Antropologia. Em Portugal publicou, de poesia: O Lago da Lua; Dizes-me Coisas Amargas como os Frutos - Prémio Mário António de Poesia 2004, da Fundação Calouste Gulbenkian -, Ex-Votose Manual para Amantes Desesperados - Prémio Nacional de Cultura e Artes de Angola. Publicou ainda A... Read More →


Thursday September 22, 2016 15:00 - 16:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

16:00

16:00

O Amapá para quem não conhece
Anete Costa Ferreira - "O Amapá para quem não conhece"

Marcia Jardim Rodrigues e Marcelino da Costa Alves Júnio
"Memória, Identidade e Género: o pão-trimônio tucuju e a ressignificação do cozinhar"

Exibição de vídeos e documentários - Região do Amapá/ Amazônia 

Quem vem ao FOLIO?

Thursday September 22, 2016 16:00 - 18:00
ESPAÇO CLEPUL Residência José Joaquim dos Santos

16:00

Estreitando Margens

Inauguração da exposição de fotografia Desmargens, sobre o tema da Utopia

 



Thursday September 22, 2016 16:00 - Sunday October 2, 2016 17:00
ESPAÇO CLEPUL Residência José Joaquim dos Santos

16:00

Every book is a brand - Permanent exibition & talks

Curated by Carlos Coelho


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →


Thursday September 22, 2016 16:00 - Sunday October 2, 2016 17:00
GALERIA PELOURINHO Largo de São Pedro, 2510-086 ÓBIDOS

16:00

Cooked Book - Vila Joya ivity - Inauguração Oficial

O projeto do Cooked Book não é sobre comida, é sobre sentimentos e emoções comestíveis, que juntou o Vila Joya, a Ivity e as suas deliciosas histórias - cr-EAT-ivity - numa receita única.

Cada prato tem uma história, cada Chef é um escritor, cada "livro cozinhado" é um pedaço da cultura cr-EAT-ive. O "livro cozinhado" é uma experiência visual concebida a partir do coração da cozinha do Vila Joya, para celebrar todos os Chefes do mundo, que escrevem a história da Gastronomia, todos os dias.

Sabor é tudo para o Chefe Koshina e a sua equipa. Sabor visual é tudo para o Chef-Designer Paulo e a sua equipa. Quando um Chef-Designer invade uma cozinha premiada com duas estrelas Michelin, quebra as regras e vai para além dos próprios alimentos - isso é cr-EAT-ivity.

Enquanto cruzam as muitas disciplinas de cr-EAT-ivity, Chef-Designers e Chefs de Cozinha fazem o mesmo, mas de maneiras diferentes. Escrevem histórias, reescrevem as memórias, equilibram sabores e ligam sensações. Cortam, fatiam, fervem, congelam. É brutal, é sensível. É um encontro cr-EAT-ive, que contraria o óbvio para tirar o máximo proveito dos nossos sabores mentais.

Para fazer parte do FOLIO, quisemos criar algo muito especial, nunca visto. Um livro de receitas teria sido fantástico, mas não era novidade. Enquanto pensávamos em livros de receitas e Chefs, em literatura, em livros e palavras, começámos a pensar como iríamos confeccionar esta receita. Depois de uma maravilhosa refeição com a equipa de design da Ivity, percebemos o seguinte: cada prato tem a sua própria história, escrita pelo seu Chef. Assim, todos Chefs no mundo são escritores. As suas palavras são os ingredientes deliciosos que lhes são oferecidos pela natureza, as receitas confeccionadas fazem a história, e o menu é o livro do Chefe, que é escrito principalmente com amor.

 ----

Varanda Pelourinho - Vila Joya Vip Lounge

Pelourinho room - Cooked Book launch talk

Padaria - Cooked Book live experience


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →
avatar for Dieter Koschina

Dieter Koschina

Vila Joya
Natural da Áustria, o Chef Dieter Koschina, lançou o Vila Joya na lista dos 50 melhores restaurantes no Mundo. Este restaurante premiado com duas estrelas Michelin, combina produtos locais com técnicas de cozinha do Norte da Europa.



Thursday September 22, 2016 16:00 - Sunday October 2, 2016 21:00
Vila Joya VIP Lounge

17:00

Apresentação do vídeo "Nero" de António Lucifero (Instituto Italiano de Cultura Lisboa)

Sobre o Filme:

Regia: Antonio Lucifero
Fotografia: Antonio Lucifero
Postproduzione: LuxFero
Con: Roberto Herlitzka
Musiche originali:Antonio Lucifero & Franco Liberati
Prodotto da LuxFero

Selezionato al FIPATEL di Biarritz
FAMAFEST
Bellaria Film Festival
Festival du film de Strasbourg
Festival Internacional de Granada
Inserito nel Morandini, Dizionario Zanichelli dei film del 2006, tra i migliori film del 2004


Thursday September 22, 2016 17:00 - 18:00
THE LITERARY MAN HOTEL

17:00

Breyten Breytenbach, Adolfo Maria e José Luís Hopffer Almada. Moderação, Mário Crespo - "Utopias nacionalistas e a realidade africana nos nossos dias"
Breyten Breytenbach, Adolfo Maria e José Luís Hopffer Almada discutem as utopias nacionalistas e a realidade africana nos nossos dias, com moderação de Mário Crespo.

Quem vem ao FOLIO?
avatar for José Luís Hopffer Almada

José Luís Hopffer Almada

José Luís Hopffer Almada, jurista, poeta, ensaísta, analista e comentador radiofónico. Nasceu no sítio de Pombal, Concelho de Santa Catarina, ilha de Santiago, Cabo Verde (1960). Reside atualmente em Lisboa. Licenciado em Direito pela Universidade Karl Marx, de Leipzig, e pós-graduado em Ciências Jurídicas e em Ciências Políticas e Internacionais pela Faculdade de Direito de... Read More →
avatar for Breyten Breytenbach

Breyten Breytenbach

Pintor e escritor sul-africano, nasceu em 1939. Fervoroso opositor do regime do Apartheid, Breytenbach deixou o país e instalou-se em Paris, na década de 1960. Em 1975, quando regressou, clandestinamente, à Africa do Sul, foi preso. Enquanto esteve na prisão escreveu As Verdadeiras Confissões de um Terrorista Albino uma das muitas obras de prosa, poesia e ensaios que escreveu... Read More →
avatar for Mário Crespo

Mário Crespo

Mário Crespo, um dos grandes nomes do jornalismo em Portugal, nasceu em Coimbra, em 1947. A sua carreira ficou marcada pelo mundo da informação televisiva, tendo sido jornalista e pivot. Iniciou a sua carreira jornalística como estagiário na rádio da South African Broadcasting Corporation, em Joanesburgo, onde chegou a chefe de redação... Read More →
avatar for Adolfo Maria

Adolfo Maria

Escritor angolano e ativista político ferveroso, Adolfo Maria nasceu em Luanda, em 1935. Na juventude, a sua consciência política levou-o a lutar a favor da independência de Angola, chegando a ser preso pela PIDE. Desde cedo que escreve em jornais e revistas e dirigiu também a rádio Angola Combatente. Após o 25 de Abril, foi obrigado a exilar-se em Portugal... Read More →


Thursday September 22, 2016 17:00 - 18:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

17:00

"Cartas da Guerra"
Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ivo Ferreira

Ivo Ferreira

Ivo Ferreira nasceu em 1975, em Lisboa, frequentou a London Film School e a Universidade de Budapeste, e reside atualmente em Macau. Cineasta, diretor e escritor oscila entre o documentário e a ficção e assinou filmes como Águas Mil, O Estrangeiroe Na Escama do Dragão. Com a longa-metragem Cartas de Guerra (2016), que conta a história verídica do... Read More →


Thursday September 22, 2016 17:00 - 18:45
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

18:00

A ilha desconhecida

A ILHA DESCONHECIDA

Espetáculo de teatro, a partir de “ O Conto da Ilha Desconhecida” de José Saramago

Coprodução: Fundação José Saramago | Trigo Limpo teatro ACERT

A Fundação José Saramago em coprodução com o Trigo Limpo teatro ACERT irão estrear no 2º FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos um espetáculo onde se celebra as palavras do Nobel português.

Este espetáculo terá 8 apresentações neste Festival, prosseguindo digressão nacional e internacional nos anos de 2016 e 2017.

Como é que uma ilha poderá ser a utopia que há em cada um de nós?

Como é que a utopia pode ser o desconhecido que se procura pelo prazer da navegação e o desprendimento pela calculista ancoragem?

Imagine-se um pensamento de uma Mulher da Limpeza: “Se não sais de ti, não chegas a saber quem és.”

Imagine-se que um Homem que Queria um Barco sonhou com a Mulher da Limpeza e lhe segredou: “Gostar é provavelmente a melhor maneira de ter, ter deve ser a pior maneira de gostar.”

Agora, imagine-se que estamos no lugar deste Homem e desta Mulher que temos diante de nós três portas: a dos obséquios, a das petições e a das decisões. Qual delas seremos tentados a abrir?

No seu conto, José Saramago convida-nos a uma viagem em “que é necessário sair da ilha para ver a ilha, que não nos vemos se não nos saímos de nós”. Habitar teatralmente esta aventura onde a metáfora se espraia na areia das palavras é desafiante. Parabolizar teatral e musicalmente uma narrativa que, sendo complexa, não se pode desligar da singeleza do pensamento que a originou, constitui um desafio artístico aliciante.  A palavra teatral e musicada é o roteiro para a construção de personagens oníricas, fantasiosa e poético-amorosas. A música, território de eleição dos intérpretes, pisca o olho sedutor ao argumento, deixando-o fluir encantatoriamente. A cenografia e os figurinos são enxertias de uma só planta.

Esta adaptação teatral do conto de José Saramago são as palavras de um livro que é palco.

Espetáculo criado especialmente para o FOLIO - Festival Literário Internacional de Óbidos para apresentações adaptadas a espaços ao ar-livre.

O Trigo Limpo teatro ACERT, após ter compartilhado com a Fundação José Saramago a maravilhosa aventura de “A Viagem do Elefante” que, desde 2013, continua e continuará a circular junto das comunidades onde ancora, aceitou afectuosamente este convite para partilhar, em co-produção “O Conto da Ilha Desconhecida”.

 

Ficha Técnica

A ILHA DESCONHECIDA

Coprodução: Fundação José Saramago e Trigo Limpo teatro ACERT

A partir de “ O Conto da Ilha Desconhecida” de José Saramago

Adaptação e encenação: José Rui Martins

Interpretação: Catarina Moura e Luís Pedro Madeira

Música: Luís Pedro Madeira

Cenografia: ZéTavares

Desenho de Luz: Paulo Neto

Figurinos, tapeçaria e adereços: Cláudia Ribeiro | Casa de Figurinos

Adereços: Sofia Silva

Costureira: Marlene Rodrigues

Pesquisa e coordenação literária: Sérgio Letria e Sara Figueiredo

Montagem e operação de luz: Rui Sérgio Henriques

Assistentes de produção: Joana Cavaleiro e Ricardo Viel

Carpintaria de cena: Filipe Simões

Fotografia: Ricardo Chaves

 


Quem vem ao FOLIO?
avatar for ACERT

ACERT

A Associação Cultural e Recreativa de Tondela foi formada em 1979. Desde cedo assumiu-se portadora de um sentido de atuação pluridisciplinar, em termos das áreas artísticas, assentando a sua vertente criativa no núcleo que lhe deu origem: O TRIGO LIMPO teatro ACERT. Esta singularidade, um grupo de teatro na génese de uma... Read More →



Thursday September 22, 2016 18:00 - 19:00
JARDIM SARAMAGO

18:00

Os autores propõem: A Infância da Arte. A Arte da Infância de Dalila D’Alte - Apresentação do livro com Eurico Gonçalves
Os autores propõem: A Infância da Arte. A Arte da Infância de Dalila D’Alte. Apresentação do livro com Eurico Gonçalves Edição Afrontamento

Quem vem ao FOLIO?
EG

Eurico Gonçalves

EURICO GONÇALVES nasceu em 1932, Abragão, Penafiel. Pintor, Professor/Formador e Crítico de Arte, membro da A.I.C.A. Surrealista desde 1949. Em 1950/51, escreveu e ilustrou Narrativas de Sonhos, Textos Automáticos e Poemas, compilados em 4 Cadernos Manuscritos, hoje parcialmente recuperados numa edição de luxo; aí, palavras, desenhos, colagens e guaches fundem-se numa só forma de... Read More →
DD

Dalila D'Alte Rodrigues

Pintora e Investigadora no CIEBA (Centro de Investigação e Estudos em Belas-Artes), Faculdade de Belas-Artes, Universidade de Lisboa | Licenciada em Artes Plásticas, Pintura, Faculdade de Belas-Artes, Universidade do Porto e Lisboa | Pós graduada em História da Arte, Universidade Nova de Lisboa | Doutorada em Ciências da Arte, Faculdade de Belas-Artes, Universidade de Lisboa | Colaboradora em várias publicações: antologias, revistas... Read More →


Thursday September 22, 2016 18:00 - 19:00
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

18:00

Visita guiada: Estreitando Margens
Estreitando Margens Visita guiada à exposição pelos curadores Márcia Jardim Rodrigues e Marcelino da Costa Alves Júnior.  Degustação de produtos de Amapá e da “caipiginja”, com sarau de músicas com cantores da região do Amapá/Amazônia. 

Thursday September 22, 2016 18:00 - 21:00
ESPAÇO CLEPUL Residência José Joaquim dos Santos

18:30

ESTREIA MUNDIAL - Inauguração da exposição "O Lagarto" e lançamento livro
Inauguração oficial da exposição com a presença de Pilar del Río, Manuel Alberto Valente (Porto Editora), Alejandro García Schnetzer e trio de músicos nordestinos (em honra de J. Borges). Esta é a primeira edição de O Lagarto, com a chancela da Porto Editora.

Hall - Piso 0 (entrada) 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Pilar del Rio

Pilar del Rio

María del Pilar del Río Sánchez nasceu em Sevilha a 15 de março de 1950 e é uma jornalista, escritora e tradutora espanhola. Em 1986, já divorciada, Pilar conheceu o escritor português José Saramago após ter lido todos os seus livros publicados em espanhol e ter pedido para conhecê-lo pessoalmente. Dois anos mais tarde, em 1988, casaram-se e decidiram viver em Lisboa, tendo... Read More →


Thursday September 22, 2016 18:30 - 19:30
MUSEU ABÍLIO

19:00

Rui Cardoso Martins, António Prata e Joel Neto. Moderação, Ana Sousa Dias - "Literatura e Jornalismo"
Joel Neto, António Prata e Rui Cardoso Martins conversam sobre literatura e jornalismo – os limites de um e de outro, a forma como o jornalismo alimenta ou pode alimentar a literatura, e de como o jornalista precisa resistir à tentação da ficção. Moderação: Ana Sousa Dias 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ana Sousa Dias

Ana Sousa Dias

Ana Sousa Dias nasceu em 1956 e é jornalista. Começou a carreira em 1975, aos 19 anos, e passou por títulos como Diário de Notícias, O Diário, Expressoe Público, estreando-se na televisão com o programa Por Outro Lado, na RTP 2. Em 2007, apresentou O Meu Bairroe integrou depois a equipa do Rádio Clube Português na reformulação... Read More →
avatar for Rui Cardoso Martins

Rui Cardoso Martins

Rui Cardoso Martins (Portalegre, 1967) escreveu os romances E Se Eu Gostasse Muito de Morrer (2006, reeditado em 2016), Deixem Passar o Homem Invisível (Grande Prémio APE, 2009), Se Fosse Fácil Era Para os Outros (2012) e O Osso da Borboleta. (2014). Repórter internacional e cronista na fundação do Público, com dois prémios Gazeta pelas crónicas... Read More →
avatar for Joel Neto

Joel Neto

Joel Neto nasceu em Angra do Heroísmo, em 1974. Publicou livros de ficção, de crónica e de reportagem, mas diz ver-se a si próprio sobretudo como um «escritor de jornais». Escreveu em quase todos os grandes jornais portugueses, ganhou vários prémios de reportagem e vem desenvolvendo há mais de vinte anos intensa... Read More →
avatar for António Prata

António Prata

António Prata (São Paulo, 24 de agosto de 1977) é um escritor e roteirista brasileiro. Escreve aos domingos no caderno Cotidiano da Folha de S. Paulo e é autor contratado pela Rede Globo. Em 2015 escreveu o piloto da série "Os Experientes", dirigido por Kiko e Fernando Meirelles. "Os Experientes" venceu o prêmio APCA de melhor série de televisão. Escreveu crónicas para a revista... Read More →


Thursday September 22, 2016 19:00 - 20:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

19:30

Inauguração FOLIALQ - Wine Garden by ALQ

CONCEITO FoliALQ

WINE GARDEN by ALQ

Câmara Municipal de Alenquer

Poderão esperar da nossa parte uma tenda a imitar uma taberna “moderna” e com design de interior interessante, gerida por um parceiro do Município e em estreita relação com os nossos produtores da ROTA DOS VINHOS DE LISBOA. Estaremos disponíveis em todos os dias do eventos, no horário sugerido na nossa reunião, com ligeiros ajustes para um horário mais curto ou mais prolongado a partir dos primeiros dias do eventos e de acordo com a vontade do público e visitantes. Neste espaço estará igualmente a tempo inteiro um ou dois técnicos da autarquia para prestar todas as informações necessárias sobre os vinhos de Alenquer as nossas relações com a literatura. Neste espaço deverá igualmente estar uma pequena livraria com edições do Município de Alenquer para podermos igualmente transformar o espaço num pequeno mas simpático espaço literário e que servirá de fundo a algumas apresentações de obras recém editadas pelo nosso Município sobre o vinho e sobre outros aspetos culturais do nosso concelho.

A ideia base do espaço, para além da taberna no interior da tenda, será a de montar no exterior uma esplanada vínica, que possibilite a todos os visitantes disfrutar do evento na generalidade, retemperando forças neste local com recurso aos vinhos e petiscos que estarão à venda quer ao copo, quer em garrafa.

Temos previsto igualmente fazer alguns pequenos apontamentos musicais com músicos do concelho e de récita de poesia com escritores do concelho, que transformem esta esplanada vínica num local culturalmente ativo e acolhedor.  

Por último lançaremos o desafio aos nossos produtores para estarem presentes em cada dia do evento no sentido de poderem fazer algumas apresentações e provas de vinhos. Na certeza de que a sua presença trará a cada vinho um élan especial. Claro que como estaremos em plena época de vindimas e vinificação não podemos nesta fase quantificar a presença destes mas obviamente que alguns terão todo o gosto em estar presentes ou fazerem-se representar por seus colaboradores.



Thursday September 22, 2016 19:30 - 20:30
CERCA DO CASTELO

21:00

Orquestra Metropolitana de Lisboa e António Jorge Gonçalves
Desenhos digitais ao vivo do universo Filipe Seems 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for António Jorge Gonçalves

António Jorge Gonçalves

Ilustrador, caricaturista, designer gráfico, cenógrafo e professor, é na BD que tem o seu trabalho de maior destaque. Nasceu em Lisboa há 51 anos, licenciou-se em Design Gráfico e fez o Mestrado em Theatre Design em Londres. Foi ainda professor no IADE, RESTART e na Universidade Nova de Lisboa. Sendo a banda desenhada a sua forma de expressão de... Read More →
avatar for Orquestra Metropolitana de Lisboa

Orquestra Metropolitana de Lisboa

A Orquestra Metropolitana de Lisboa mantém uma programação regular desde 1992, pelo que vai comemorar, em 2017, 25 anos de vida. Os seus músicos asseguram uma intensa atividade na qual a qualidade e a versatilidade têm presença constante, permitindo abordar géneros diversos, proporcionando a criação de novos públicos e a afirmação do caráter inovador do... Read More →


Thursday September 22, 2016 21:00 - 22:00
SANTUÁRIO SENHOR JESUS DA PEDRA

21:00

V.S. Naipaul conversa com José Mário Silva
Quem vem ao FOLIO?
avatar for V.S. Naipaul

V.S. Naipaul

BIO OFICIAL NAIPAUL V.S. Naipaul was born in Trinidad in 1932. He went to England on a scholarship in 1950. After four years at University College, Oxford, he began to write, and since then has followed no other profession. He was knighted in 1989, was awarded the David Cohen British Literature Prize in 1993, and received the Nobel Prize in Literature in 2001. He holds honorary doctorates from Cambridge University and Columbia University in... Read More →
avatar for José Mário Silva

José Mário Silva

José Mário da Silva nasceu a 2 de Março de 1972, em Paris. Licenciado em Biologia pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, trocou os laboratórios pelas redacções dos jornais ainda antes de terminar o curso. Jornalista desde 1993, trabalhou 14 anos no Diário de Notícias, onde foi editor adjunto do suplemento «DNA» e da... Read More →


Thursday September 22, 2016 21:00 - 22:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

22:30

São Bonitas as Canções - Tributo a Edu Lobo
São bonitas as canções
Tributo a Edu Lobo por Bena Lobo e Marta Hugon

O grande compositor, violonista, cantor, pianista, orquestrador, o preciosista da melodia, o garimpeiro das harmonias, o poeta e letrista. Edu Lobo é filho da geração Bossa Nova mas ganhou lugar próprio na MPB. Ao lado de Chico Buarque, Vinicius de Moraes ou Tom Jobim, escreveu parte da história da música brasileira. Este tributo muito especial junta duas vozes – a do cantor e compositor Bena Lobo (que é também seu filho) e a da cantora de jazz e autora Marta Hugon – para um espetáculo inédito de homenagem ao autor de Arrastão, Pra dizer Adeus, Upa neguinho, Beatriz, Ponteio e tantas outras composições maravilhosas. Como disse Jobim, são tantas e tão bonitas as canções! Acompanhados por Pablo Lapidusas no piano, Leo Espinosa no baixo e André Sousa Machado na bateria, Bena Lobo e Marta Hugon redescobrem entre tanta beleza a essência daquele que é um dos maiores compositores desempre.

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Marta Hugon

Marta Hugon

Marta Hugon é natural de Lisboa, onde nasceu em 1971. Formada em Línguas e Literaturas Modernas, a cantora deu aulas no Hot Club Portugal, o mais antigo bar de jazz na Europa. Entre as suas influências, é possível listar grandes nomes da música brasileira como Chico Buarque e Jobim, mas também Sérgio Godinho, Beatles e Ella Fitzgerald. A sua discografia espelha isso mesmo e inclui Tender Trap... Read More →
avatar for Bena Lobo

Bena Lobo

Bena Lobo nasceu em 1972 no Brasil. É neto do compositor Fernando Lobo e filho do artista Edu Lobo e da cantora de bossa nova Wanda Sá. Começou a carreira como ator, mas a sua herança musical acabou por falar mais alto e, aos 20 anos, teve as primeiras aulas de violão. Em 2000 editou o seu álbum de estreia, Nada Virtual, e três anos mais tarde lançouValentia. O cantor e compositor já... Read More →


Thursday September 22, 2016 22:30 - 23:30
TENDA CONCERTOS CERCA DO CASTELO

22:35

Sessão de Autógrafos V.S. Naipaul
Thursday September 22, 2016 22:35 - 23:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria
 
Friday, September 23
 

15:00

Hélder Macedo sobre Camões
Aula sobre Luís de Camõesdo
Professor Helder Macedo

Poucos poetas mereceriam menos o destino póstumo de monumento nacional do que Luís de Camões. Fixá-lo numa imagem de grandeza estereotipada é neutralizar a grandeza real de quem preferiu ao conforto das ideias recebidas a precária procura de verdades ainda sem nome. Ao dignificar a experiência como base do conhecimento, Camões é um poeta moderno. Camões viveu num mundo em transição. Foi o primeiro poeta europeu com prolongada experiência directa de culturas diferentes da sua, noutros continentes. A percepção da diferença está também na base da sua concepção do amor. Usou a temática tradicional do exílio metafísico para registar os passos concretos de uma “vida pelo mundo em pedaços repartida” e, ao fazê-lo, deu expressão a um novo entendimento que contrapõe ao absoluto da ordem divina o relativismo da ordem – ou desordem – humana. O Camões nosso contemporâneo foi, assim, um poeta mais da dúvida do que da convicção, da ruptura mais do que da continuidade, da experiência mais do que da fé, da imanência mais do que da transcendência, e de uma sexualidade indissociável da espiritualidade do amor. A sua poesia inaugurou a percepção do mundo moderno, o mundo da diversidade, o nosso mundo de incertezas onde a contradição é a norma. Esta aula visa a demonstrar algumas das relações temáticas fundamentais na obra de Luís de Camões como diversamente manifestadas na sua poesia lírica, na épica de Os Lusíadase na ironia autobiográfica das cartas

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Hélder Macedo

Hélder Macedo

Hélder Macedo nasceu na África do Sul e viveu em Portugal até 1959, data em que se mudou para Londres e se tornou colaborador regular da BBC até 1971. Em 1979 foi secretário de Estado da Cultura em Portugal e hoje é Professor Emérito no King's College, em Londres. A sua obra de ficção caracteriza-se pela escrita inovadora e foi nesta linha que apresentou, no final de 2015, o livro... Read More →


Friday September 23, 2016 15:00 - 16:00
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

15:00

Bernardo de Carvalho e Alexandra Lucas Coelho. Moderação, Carlos Vaz Marques - "As revoluções necessárias nos nossos dias"
Bernardo de Carvalho e Alexandra Lucas Coelho discutem as revoluções necessárias nos nossos dias, com moderação de Carlos Vaz Marques

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Bernardo de Carvalho

Bernardo de Carvalho

Bernardo de Carvalho nasceu em 1960. É jornalista e autor de, entre outros, Aberração(contos), Teatro (romance), Nove Noites (romance, prémios PT e Machado de Assis, da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro), Mongólia (romance, prémio Jabuti e APCA), e Filho da Mãe (romance). É considerado o mais original escritor brasileiro dos anos 1990. Traduzida já para mais de dez idiomas, a sua... Read More →
avatar for Alexandra Lucas Coelho

Alexandra Lucas Coelho

A jornalista e escritora nasceu em Lisboa, em 1967. Começou na rádio e desde 1998 que está ligada ao jornal Público, onde tem trabalho como correspondente em zonas como o Médio Oriente e Ásia Central, experiências retratadas nas suas primeiras obras, ou Brasil. Recebeu prémios pelo seu trabalho jornalístico, mas também como autora, ao arrecadar o Grande Prémio de... Read More →
avatar for Carlos Vaz Marques

Carlos Vaz Marques

Carlos Vaz Marques é jornalista e editor. Nasceu em Lisboa em 1964 e integra a redação da TSF, com passagens pelo JL – Jornal de Letras e o semanário O Jornal. Através da rubrica Pessoal.... E Intransmissível na TSF, já entrevistou várias personalidades de diferentes áreas como Salman Rushdie, Dalai Lama, Mário Vargas Llosa, José Saramago, entre outros. Colaborou... Read More →


Friday September 23, 2016 15:00 - 16:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

15:30

16:00

"Seu Portuga e a Língua Portuguesa"
Teatro com os atores Carlos Lima e Josiane Ferreira 

Quem vem ao FOLIO?

Friday September 23, 2016 16:00 - 18:00
TENDA MAIS

16:30

Os autores propõem: "Escritos" - Apresentação do livro de Vasco Jardim
"Deixa-te estar, deitada em mim, ofegante e plena. Deixa o teu corpo respirar-se de volta, de regresso ao mundo dos vivos. Aqui não é o paraíso de onde vieste, mas é o melhor que podemos arranjar. Somos só nós, e nós é suficiente."
Escritos é um testemunho. Meu, teu, de todos.
É a vida vista pelos olhos e pela alma de cada um de nós. As dores, a solidão, os momentos de prazer, os amores ocasionais e os que não se esbatem pelo passear dos dias ou anos.
Uma colecção de textos revisitados, revistos e sentidos, onde predomina o questionar de todas as emoções, das mais obscuras às mais luminosas dos nossos dias. Uma viagem pelos mais puros recantos de quem somos e de quem gostaríamos de ser.


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Vasco Jardim

Vasco Jardim

Nascido em Julho de 1978, em Santarém, onde trabalha, na Câmara Municipal de Santarém. Licenciado em 2007, em Administração Pública, pela Escola Superior de Gestão de Santarém, e pós-graduado em Gestão Autárquica, pelo Instituto Superior de Línguas e Administração de Santarém, no ano de 2015. Publicou em 2012 o romance "A Montanha Russa", e... Read More →


Friday September 23, 2016 16:30 - 17:30
LIVRARIA SANTIAGO Largo de São Tiago do Castelo, 2510-106 Óbidos

17:00

"O Homem Duplicado" - Denis Villeneuve
O Homem Duplicado Denis Villeneuve Apresentação do filme pela Fundação Saramago 

Friday September 23, 2016 17:00 - 18:30
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

17:00

Andréa del Fuego e Afonso Cruz. Moderação, João Paulo Sacadura - "O lugar do fantástico na literatura lusófona actual e a criação de universos imaginários"
Andréa del Fuego conversa com Afonso Cruz sobre o  lugar do fantástico na literatura lusófona actual e a criação de universos imaginários, com moderação de João Paulo Sacadura

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Afonso Cruz

Afonso Cruz

Escritor, ilustrador e músico, Afonso Cruz é uma referência no panorama nacional do romance e da ilustração. Reconhecido também pelos seus trabalhos na ilustração infantil, Afonso Cruz foi várias vezes premiado pelo seu trabalho com, por exemplo, o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco 2010, o Prémio Literário Maria Rosa Colaço 2009, o Prémio... Read More →
avatar for Andréa del Fuego

Andréa del Fuego

Andréa Del Fuego é o pseudónimo de Andréa Fátima dos Santos, escritora brasileira natural de São Paulo, onde nasceu em 1975. É formada em publicidade e já fez produção e realização de duas curtas-metragens. Estreou-se no mundo literário em 2004 com uma antologia de contos Minto enquanto posso. Em 2011, obteve reconhecimento como vencedora do Prémio... Read More →
avatar for João Paulo Sacadura

João Paulo Sacadura

João Paulo Sacadura estudou Engenharia Civil mas foi o jornalismo que o cativou e todo o seu percurso é ligado à televisão, rádio e imprensa. Começou na Rádio Renascença e foi redator cultural na RFM. Escreveu a apresentou o magazine cultural Cartaz das Artes, na TVI, e o programa Livraria Ideal, na TVI 24. Ganhou vários prémios como Melhor Apresentador/Programa Cultural... Read More →


Friday September 23, 2016 17:00 - 18:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

17:30

Apresentação da revista três três nº 6
Apresentação da revista três três nº 6 publicação cultural de ensaio, literatura, crítica e crónicas 

Revista três três – Uma publicação cultural semestral de ensaio, liter atura, crítica e crónicas, mantendo uma componente gráfica forte. Em cada número é lançada uma palavra em torno da qual os diversos participantes se expressam. É essencialmente heterogénea no conteúdo e localizada no propósito: alimentar um espaço de expressão.

 

Friday September 23, 2016 17:30 - 18:30
LIVRARIA DO MERCADO Rua Direita 27, 2510-001 Óbidos

18:00

Utopia - Matemática e Literatura - "Literatura e visualização com ferramentas matemáticas"
UTOPIA – Matemática e Literatura Debate com Joshua Enslen (West Point University), Manuel Portela (UC) e Osvaldo Silvestre (UC) Tema: Literatura e visualização com ferramentas matemáticas POUSADA DO CASTELO

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Joshua Enslen

Joshua Enslen

Joshua Enslen é professor associado de Português na Academia Militar de Westpoint nos Estados Unidos, onde começou a lecionar após completar o seu doutoramento em Línguas Românicas na Universidade de Georgia. Em 2008 publicou Embodying the Nation: Literature and Diplomacy in Brazil– a sua dissertação – e já escreveu diversos ensaios para revistas e jornais sobre escritores... Read More →
avatar for Manuel Portela

Manuel Portela

Professor no Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, onde dirige o Curso de Doutoramento FCT “Estudos Avançados em Materialidades da Literatura”. É membro do Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra, sendo o investigador responsável pelo projeto ‘Nenhum Problema Tem Solução: Um Arquivo Digital do Livro do... Read More →


Friday September 23, 2016 18:00 - 19:00
POUSADA DO CASTELO

18:00

Casa de Poetas Programação José Fanha
José Fanha e convidados. Participação especial de Paulo Condessa, Solange Padilha, Pedro Mota, António Serzedelo e José Henrique 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Paulo Condessa

Paulo Condessa

Pós-graduei-me em Ciências da Comunicação, subi a montanha da publicidade. Perto do topo, desci e recomecei a vida como escritor, leitor-performer, formador. Criei um sistema artístico e pedagógico assente em dois conceitos: Imaginação Sensível e Inteligência Criativa. Levei a público 5 livros, 2 peças de teatro, infinitas performances... Read More →
avatar for José Fanha

José Fanha

José Fanha nasceu em Lisboa e licenciou-se em arquitetura. Poeta e declamador, participou em milhares de sessões de animação cultural, acompanhando o grupo dos chamados badaleiros, em que participavam José Afonso, Adriano Correia de Oliveira, Francisco Fanhais, Manuel Freire, José Jorge Letria, Carlos Alberto Moniz, Fausto, entre outros. É autor de histórias e poesia para a infância... Read More →
avatar for António Serzedelo

António Serzedelo

Antonio Serzedelo – Licenciado em história pela Universidade de Lisboa, nascido em 1945, fez os estudos liceais em Lourenço Marques, Moçambique. Formação em jornalismo com um estágio, no Centre de Formation de Journalistes do “Le Monde-Paris, 1974. É o mais antigo militante activo, da causa homossexual em Portugal, pois foi um dos subscritores e dos mentores do 1º documento... Read More →


Friday September 23, 2016 18:00 - Saturday September 24, 2016 00:00
TORRE DE MANEYS

18:30

Os Editores propõem: "O Senado" - Apresentação do livro de Luís Corredoura
Os editores propõem: O Senado Apresentação do livro de Luís Corredoura Editora Marcador

Quem vem ao FOLIO?
LC

Luís Corredoura

Nasceu em 1975, em Pêro Pinheiro. É arquitecto e mestre em recuperação de património. Mas também desenvolve, desde muito novo, projectos literários, «manuscritos» que vai guardando na penumbra de uma gaveta e no íntimo dos seus pensamentos. | Estreou-se como escritor com Nome de Código Portograal, um romance histórico que decorre durante a Segunda Guerra Mundial e que foi galardoado com o Grande Prémio Adamastor e de Literatura... Read More →


Friday September 23, 2016 18:30 - 19:30
LIVRARIA SANTIAGO Largo de São Tiago do Castelo, 2510-106 Óbidos

19:00

Joana Gorjão Henriques e José Sousa Jamba. Moderação, Marta Lança - "Racismo e a utopia lusotropicalista"
Joana Gorjão Henriques, Conceição Evaristo e José Sousa Jamba conversam sobre racismo e a utopia lusotropicalista. Moderação: Marta Lança 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Joana Gorjão Henriques

Joana Gorjão Henriques

Joana Gorjão Henriques nasceu em Lisboa, em 1975. Entrou para o jornal Público no final de 1999, para estagiar na Cultura, e aí ficou durante 10 anos, ajudando depois a lançar o suplemento cultural Ípsilon, do qual foi editora-adjunta até 2009. Em 2009, uma Bolsa para Jornalistas levou-a até à Universidade de Harvard, EUA e, logo no ano seguinte, rumou... Read More →
avatar for José Sousa Jamba

José Sousa Jamba

Nasceu em Kachiungo, província do Huambo, Angola, em 1966. Emigrou para a Zâmbia em 1976, devido à guerra em Angola, e foi aí que se iniciou na escrita e no jornalismo. Depois de uma bolsa de estudos em Inglaterra, o jornalista passou por países como os Estados Unidos, Brasil, Portugal, Inglaterra, colaborando em jornais como o The Spectator, The Indepentente o Terra Angolana... Read More →
avatar for Marta Lança

Marta Lança

Jornalista, tradutora, editora e produtora, Marta nasceu em 1976, em Lisboa, e é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas e pós-graduada em Literatura Comparada e Edição de Texto. Ao longo da sua carreira, escreveu em várias publicações, nomeadamente para a revista LER, DNAe Le Monde Diplomatique. A partir de 2004 concentrou-se nos contextos culturais de África... Read More →


Friday September 23, 2016 19:00 - 20:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

19:00

Apresentação de músicas regionais por músicos da região do Amapá
Apresentação de músicas regionais Músicos da região do Amapá juntamente com os atores da peça “Seu Portuga e a Língua Portuguesa”

Friday September 23, 2016 19:00 - 21:00
TENDA MAIS

21:00

A ilha desconhecida

A ILHA DESCONHECIDA

Espetáculo de teatro, a partir de “ O Conto da Ilha Desconhecida” de José Saramago

Coprodução: Fundação José Saramago | Trigo Limpo teatro ACERT

 

A Fundação José Saramago em coprodução com o Trigo Limpo teatro ACERT irão estrear no 2º FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos um espetáculo onde se celebra as palavras do Nobel português.

Este espetáculo terá 8 apresentações neste Festival, prosseguindo digressão nacional e internacional nos anos de 2016 e 2017.

Como é que uma ilha poderá ser a utopia que há em cada um de nós?

Como é que a utopia pode ser o desconhecido que se procura pelo prazer da navegação e o desprendimento pela calculista ancoragem?

Imagine-se um pensamento de uma Mulher da Limpeza: “Se não sais de ti, não chegas a saber quem és.”

Imagine-se que um Homem que Queria um Barco sonhou com a Mulher da Limpeza e lhe segredou: “Gostar é provavelmente a melhor maneira de ter, ter deve ser a pior maneira de gostar.”

Agora, imagine-se que estamos no lugar deste Homem e desta Mulher que temos diante de nós três portas: a dos obséquios, a das petições e a das decisões. Qual delas seremos tentados a abrir?

No seu conto, José Saramago convida-nos a uma viagem em “que é necessário sair da ilha para ver a ilha, que não nos vemos se não nos saímos de nós”. Habitar teatralmente esta aventura onde a metáfora se espraia na areia das palavras é desafiante. Parabolizar teatral e musicalmente uma narrativa que, sendo complexa, não se pode desligar da singeleza do pensamento que a originou, constitui um desafio artístico aliciante.  A palavra teatral e musicada é o roteiro para a construção de personagens oníricas, fantasiosa e poético-amorosas. A música, território de eleição dos intérpretes, pisca o olho sedutor ao argumento, deixando-o fluir encantatoriamente. A cenografia e os figurinos são enxertias de uma só planta.

Esta adaptação teatral do conto de José Saramago são as palavras de um livro que é palco.

Espetáculo criado especialmente para o FOLIO - Festival Literário Internacional de Óbidos para apresentações adaptadas a espaços ao ar-livre.

O Trigo Limpo teatro ACERT, após ter compartilhado com a Fundação José Saramago a maravilhosa aventura de “A Viagem do Elefante” que, desde 2013, continua e continuará a circular junto das comunidades onde ancora, aceitou afectuosamente este convite para partilhar, em co-produção “O Conto da Ilha Desconhecida”.

 

Ficha Técnica

A ILHA DESCONHECIDA

Coprodução: Fundação José Saramago e Trigo Limpo teatro ACERT

A partir de “ O Conto da Ilha Desconhecida” de José Saramago

Adaptação e encenação: José Rui Martins

Interpretação: Catarina Moura e Luís Pedro Madeira

Música: Luís Pedro Madeira

Cenografia: ZéTavares

Desenho de Luz: Paulo Neto

Figurinos, tapeçaria e adereços: Cláudia Ribeiro | Casa de Figurinos

Adereços: Sofia Silva

Costureira: Marlene Rodrigues

Pesquisa e coordenação literária: Sérgio Letria e Sara Figueiredo

Montagem e operação de luz: Rui Sérgio Henriques

Assistentes de produção: Joana Cavaleiro e Ricardo Viel

Carpintaria de cena: Filipe Simões

Fotografia: Ricardo Chaves

 


Quem vem ao FOLIO?
avatar for ACERT

ACERT

A Associação Cultural e Recreativa de Tondela foi formada em 1979. Desde cedo assumiu-se portadora de um sentido de atuação pluridisciplinar, em termos das áreas artísticas, assentando a sua vertente criativa no núcleo que lhe deu origem: O TRIGO LIMPO teatro ACERT. Esta singularidade, um grupo de teatro na génese de uma... Read More →



Friday September 23, 2016 21:00 - 22:00
JARDIM SARAMAGO

21:00

Djaimilia Pereira de Almeida, Miguel Gullander e Isabela Figueiredo. Moderação, Nuno Costa Santos - "Autoficção e memórias de África"
Djaimilia Pereira de Almeida, Miguel Gullander e Isabela Figueiredo conversam sobre autoficção e memórias de África, com moderação de Nuno Costa Santos 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Djaimilia Pereira de Almeida

Djaimilia Pereira de Almeida

Djaimilia Pereira de Almeida nasceu em Luanda em 1982. Em 2013, foi uma das vencedoras do prémio de ensaísmo serrote (Instituto Moreira Salles, Brasil). Publicou ensaios curtos no Afrolis, no Buala, na Common Knowledge, na Forma de Vida, na Ler, no Observador, e também na XXI. Esse Cabelo (Teorema/Leya, 2015), vencedor do Prémio Novos Literatura 2016, é o seu primeiro livro. No início de 2016, foi uma das... Read More →
avatar for Isabela Figueiredo

Isabela Figueiredo

Isabela Figueiredo nasceu em 1963 em Moçambique, terra que trocou por Portugal em 1975. Esta experiência acabou por ser um tema central da sua obra Cadernos das Memórias Coloniais, publicado em 2009, fruto dos textos publicados no seu blogue. É também autora de Conto é como Quem Diz, obra vencedora do prémio da Mostra Portuguesa de Artes e Ideias em 1988. Passou pela... Read More →
avatar for Miguel Gullander

Miguel Gullander

Miguel Gullander é filho de mãe sueca e pai português, sendo luso-escandinavo de ascendência. Tem trabalhado em África desde que saiu da Suécia em 2001. Viveu e deu aulas em Cabo Verde, em Moçambique, em Angola e na África do Sul. É actualmente é leitor de Português do Instituto Camões no Centro Diogo Cão em Windhoek, Namíbia. | Em 2005... Read More →
avatar for Nuno Costa Santos

Nuno Costa Santos

Nuno Costa Santos nasceu em Lisboa em 1974. É escritor e guionista para cinema, dramaturgo, autor de programas radiofónicos e televisivos. Na televisão, destacou-se com a criação de programas Melancómico, Zappinge Serviço Público. É colaborador permanente da revista Ler do Círculo de Leitores, onde assina o espaço Provedor do Leitor (ou Como fazer amigos na... Read More →


Friday September 23, 2016 21:00 - 22:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

22:30

Sérgio Godinho com Filipe Raposo e Rui Horta
"Gosto muito de festivais literários. E na minha nova vida de ficcionista, tive ocasião de participar em vários, aqui e no Brasil. Mas Óbidos será uma estreia, e por certo uma grata estreia. A nova vida da vila agora literária trará por certo um impulso a toda a região e à própria localidade, e eu fico feliz por isso. Aqui, virei na qualidade de escritor de canções, por certo uma escrita específica e que tantos desafios me trouxe, ao longo dos anos. Haverá, portanto, as minhas canções, e agregadas a elas alguns poemas cantados, de poetas portugueses. Terá mais um formato de recital, e para este evento e aquele espaço escolhi cantar apenas com um pianista, o extraordinário Filipe Raposo.

Será uma noite de emoções e energias partilhadas entre nós e o público.
Nem posso esperar pelo dia 23.

Até lá.
Sérgio Godinho"


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Sérgio Godinho

Sérgio Godinho

Cantor, compositor, escritor (para adultos e crianças), actor (de teatro e cinema), realizador, Sérgio Godinho é, para citar uma das suas canções clássicas, o verdadeiro “homem dos sete instrumentos”. Mas, numa carreira artística de invejável longevidade, que se prolonga há mais de 40 anos de modo quase intocável, foi o seu trabalho enquanto cantor-compositor que... Read More →
avatar for Filipe Raposo

Filipe Raposo

Filipe Raposo (1979) é natural de Lisboa. Estudou Composição na Escola Superior de Música de Lisboa e é mestre de piano jazz performance pelo Royal College of Music em Estocolmo. Chegou ao jazz através do piano, o seu instrumento favorito desde criança. É pianista, compositor e orquestrador com nomes da música e do cinema português. Editou First Fallsem 2011, com o qual ganhou o... Read More →



Friday September 23, 2016 22:30 - 23:30
TENDA CONCERTOS CERCA DO CASTELO

00:00

Belos Recatados e do Bar
Saturday September 24, 2016 00:00 - Sunday September 25, 2016 01:00
CASA DOS BONS MALANDROS

00:00

Os livreiros propõem: A magia do novíssimo Harry Potter e a Criança Amaldiçoada
Os livreiros propõem: A magia do novíssimo Harry Potter e a Criança Amaldiçoada de J. K. Rowling. Edição Presença

Lançamento e primeira venda da edição portuguesa à meia-noite 

Saturday September 24, 2016 00:00 - Sunday September 25, 2016 01:00
LIVRARIA SANTIAGO Largo de São Tiago do Castelo, 2510-106 Óbidos

00:00

Raspa de Tacho: Grupo de Chorinho
Saturday September 24, 2016 00:00 - Sunday September 25, 2016 01:30
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

00:35

Os livreiros propõem: 1.ª Viagem no comboio literário Óbidos>Lisboa do livro Harry Potter e a Criança Amaldiçoada
Os livreiros propõem: 1.ª Viagem no comboio literário Óbidos>Lisboa do livro Harry Potter e a Criança Amaldiçoada

SAÍDA DA ESTAÇÃO CP
00H35 - ÓBIDOS>ROSSIO

Saturday September 24, 2016 00:35 - Sunday September 25, 2016 02:00
Estação CP Óbidos Óbidos
 
Saturday, September 24
 

11:00

Utopia e profetismo em Fernando Pessoa

Utopia e profetismo em Fernando Pessoa

Procura-se mostrar a importância da “utopia” no pensamento de Fernando Pessoa, do ponto de vista das articulações dos diferentes planos da sua obra – pois esta noção  atravessa-a por inteiro. A partir dos artigos d’ A Águia (1912), analisam-se os elementos embrionários do pensamento profético , do messianismo sebástico e da ideia de Quinto Império. Confronto entre razão e “inteligência analógica”. Que falta, então, para que a profecia do Quinto Império se constitua plenamente? Análise da crise de 1915 (cartas a Sá-Carneiro e a Cortes Rodrigues), essencial para a resolução do conflito entre neo-paganismo e teosofia/hermetismo. Características do Quinto Império: utopia, profetismo e “nacionalismo mystico”.  As duas faces do pensamento profético, heteronímia e transcendência da verdade. Solução? – a metafísica do Mysterio, como plano geral do pensamento pessoano.


Quem vem ao FOLIO?
avatar for José Gil

José Gil

Filósofo e pensador português nascido em 1939, em Lourenço Marques, Moçambique.  Em 1968 concluiu a licenciatura em Filosofia na Faculdade de Letras de Paris, na Universidade da Sorbonne.  No ano seguinte fez o mestrado de Filosofia, com uma tese sobre a moral de Kant. Em 1982 concluiu o doutoramento com a tese Corpo, Espaço e Poder, editada em livro em 1988. Em 1976 José Gil regressou a Portugal... Read More →


Saturday September 24, 2016 11:00 - 12:00
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

11:00

Utopia, Hoje
*Inauguração oficial com os artistas  dia 24 de setembro, sábado, às 16h00

A exposição “Utopia hoje” apresenta as propostas de 10 artistas que interpretam, de forma livre e autoral, as obras de dois nomes maiores da nossa literatura Fernando Pessoa e José Saramago. Ainda que escritas em épocas distintas, “Mensagem” e “A Jangada de Pedra”, símbolos da nossa memória cultural contemporânea, abordam temas identitários e podem sugerir, nesse sentido, uma reflexão sobre Portugal.Apresentados em dois núcleos distintos, e que pretendem suscitar um diálogo entre as obras de Pessoa e Saramago na perspectiva da Utopia, tema do FOLIO 2016, cada um dos artistas concentrou a sua alma e pensamento nos aspectos que mais lhe interessavam, sejam estéticos, históricos, geográficos ou políticos, apresentando múltiplas leituras e interpretações, que não devem ser entendidas como ilustrações, porque estão para além dos textos literários, ainda que criadas a partir deles. De Cláudio Garrudo, Joanna Latka, Marta Ubach, Pauliana Valente Pimentel, e Teresa Gonçalves Lobo são as obras referentes à “Mensagem” de Fernando Pessoa”, enquanto Augusto Brázio, Hélio Luís, Paula Almozara, Rui Soares Costa, e Tiago Casanova partem da obra “A Jangada de Pedra” de José Saramago.A exposição “Utopia hoje” tem a curadoria de Ana Matos e foi especialmente concebida para esta 2ª edição do FOLIO, numa parceria entre Casa Fernando Pessoa, Fundação José Saramago e Galeria das Salgadeiras. 500 anos passados da publicação de “Utopia” de Thomas More, 82 anos da “Mensagem” de Fernando Pessoa e 30 anos de “A Jangada de Pedra” de José Saramago, que sentidos encontraremos, hoje, para a palavra Utopia? O não-lugar, no seu sentido etimológico, a projecção de um mundo que reclamamos melhor, porque mais justo? Com esta exposição, propõem-se, pois, reflexões de cariz estético e artístico, mas também político e social em torno da temática da utopia.

Ana Matos
(Curadora da exposição e directora da Galeria das Salgadeiras)  

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ana Matos

Ana Matos

Lisboa, 1972. Vive e trabalha em Lisboa. | Fundadora e directora da Galeria das Salgadeiras fundada a 4 de Julho de 2003. | Co-Fundadora do “Bairro das Artes — A Rentrée Cultural da Sétima Colina de Lisboa”, criado em 2010. | Co-Fundadora e Membro da “Isto não é um Cachimbo. Associação”, fundada em 2014. | Curadora da Fundação José Saramago. | Mestre em... Read More →


Saturday September 24, 2016 11:00 - 21:00
MUSEU ABÍLIO

11:00

Os livreiros propõem: Feira de Alfarrabistas - Feira do Livro Antigo, de Consulta e Instrução
Os livreiros propõem: Feira de Alfarrabistas - Feira do Livro Antigo, de Consulta e Instrução Organização: Livrarias Artes e Letras e Letra Livre


Saturday September 24, 2016 11:00 - 22:00
PRAÇA DE SANTA MARIA

12:00

“As Tentações de Santo Antão” - Conversa Bosch Para público infanto-juvenil
“As Tentações de Santo Antão” - Conversa Bosch Para público infanto-juvenil Conservadores da obra do MNAA 


Saturday September 24, 2016 12:00 - 13:00
LARGO PADRÃO CAMONIANO

12:00

Estórias contadas: HORA DO CONTO

HORA DO CONTO
Os actores e contadores de histórias Daniel Martinho e Miguel Sermão juntam-se para contar as estórias que criam e as estórias que ouviram os seus mais velhos contar. Dão vida a duas personagens que não se conhecem, e que acidentalmente se cruzam no mesmo lugar. Encontram-se, confrontam-se, e através dos contos dão-se a conhecer...


O Teatro GRIOT é uma companhia de actores, na sua maioria negros, que se dedica à exploração de temáticas relevantes para a construção e problematização da emergente identidade afro-europeia contemporânea e do seu reflexo no discurso e na estética teatral Grupo de teatro Griot


Quem vem ao FOLIO?

Saturday September 24, 2016 12:00 - 13:00
TENDA MAIS

12:00

Os editores propõem: "A vida no campo" - Apresentação do livro de Joel Neto
Os editores propõem: A vida no campo - Apresentação do livro de Joel Neto
Editora Marcado

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Joel Neto

Joel Neto

Joel Neto nasceu em Angra do Heroísmo, em 1974. Publicou livros de ficção, de crónica e de reportagem, mas diz ver-se a si próprio sobretudo como um «escritor de jornais». Escreveu em quase todos os grandes jornais portugueses, ganhou vários prémios de reportagem e vem desenvolvendo há mais de vinte anos intensa... Read More →


Saturday September 24, 2016 12:00 - 13:00
LIVRARIA SANTIAGO Largo de São Tiago do Castelo, 2510-106 Óbidos

12:30

(O vento lá fora) de Márcio Debellian
Saturday September 24, 2016 12:30 - 13:30
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

15:00

Miguel Sanches Neto, Pedro Mexia e João Pedro George . Moderação, José Mário Silva - "Colapso da crítica literária, e do jornalismo cultural, no Brasil e em Portugall"
Miguel Sanches Neto, Pedro Mexia e João Pedro George conversam sobre o colapso da crítica literária, e do jornalismo cultural, no Brasil e em Portugal. Moderação: José Mário Silva

Quem vem ao FOLIO?
avatar for João Pedro George

João Pedro George

Sociólogo de formação, crítico literário, escritor, tradutor, ghost writer e professor universitário português. João Pedro Jorge nasceu em Moçambique, em 1972. Licenciado em Sociologia e mestre em Sociologia e Economia Históricas, doutorou-se em Sociologia da Cultura. Colaborou com o semanário O Independente e com a revista Livros, como crítico... Read More →
avatar for Pedro Mexia

Pedro Mexia

Lisboa, Portugal, 1972. Reconhecido sobretudo como poeta e cronista, já se experimentou também como tradutor, dramaturgo, humorista e editor de poesia. Como poeta tem seis títulos publicados desde 1999 e está presente em diferentes antologias da poesia contemporânea portuguesa, coligidas e publicadas em Portugal ou no estrangeiro. Como cronista passou por alguns... Read More →
avatar for Miguel Sanches Neto

Miguel Sanches Neto

Nasceu 1965, em Bela Vista do Paraíso, Brasil. Poeta, escritor, crítico literário e professor universitário. Publicou o seu primeiro livro de poesias, Inscrições a Giz, em 1991, que lhe valeu o Prémio Nacional Luis Delfino. Em 2000, publicou a coletânea poética, Venho de um País Obscuro, e o seu primeiro romance, Chove sobre Minha... Read More →
avatar for José Mário Silva

José Mário Silva

José Mário da Silva nasceu a 2 de Março de 1972, em Paris. Licenciado em Biologia pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, trocou os laboratórios pelas redacções dos jornais ainda antes de terminar o curso. Jornalista desde 1993, trabalhou 14 anos no Diário de Notícias, onde foi editor adjunto do suplemento «DNA» e da... Read More →


Saturday September 24, 2016 15:00 - 16:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

15:00

Casa dos Poetas - Programação Raquel Nobre Guerra e Valério Romão
Quem vem ao FOLIO?
AA

André Alves

Nasceu em Lisboa em 1987. Cresceu e viveu em Miratejo, até terminar a faculdade em Física em Lisboa, onde viveu depois durante cinco anos. Escreveu o primeiro poema aos sete, sobre o problema da independência Timor, mas o seu interesse pela poesia em maior profundidade começou quando uma namorada lhe ofereceu uma antologia do Cesariny em troca de um velho livro de gravuras que tinha comprado em Heidelberg. Desde então começou a... Read More →
avatar for Sónia Baptista

Sónia Baptista

É mestre em Coreografia e Performance pela Universidade de Roehampton em Londres. No conjunto da sua obra, explora e experimenta com as linguagens da Performance, Dança, Música, Literatura, Teatro e Vídeo. Com tudo faz poemas, concertos e performances.
avatar for Cláudia Lucas Chéu

Cláudia Lucas Chéu

Nasceu em Lisboa em 1978. É poeta, dramaturga e argumentista. Frequentou o curso de Línguas e Literaturas Modernas e concluiu o curso de Formação de Actores da Escola Superior de Teatro e Cinema. Publicou Poltrona – monólogo para uma mulher (2011), Glória ou como Penélope Morreu de Tédio(2011), Europa, Ich Liebe Dich (2013), Violência – fetiche do homem bom (2013... Read More →
MV

Margarida Vale de Gato

autora de Mulher ao Mar (2010, 2013) e Desligar e Voltar a Ligar (2011, com Rui Costa). Tradutora literária e professora de Estudos Americanos (FLUL). Interesse pela economia paralela, pela moeda complementar e pelos bancos com vista para o campo. Disponibilidade para viajar.
VM

Vasco Macedo

É um indivíduo muito lido, muito culto, muito embora também muito marginal e anti-burguês. Foi agraciado por variados prémios literários nacionais e internacionais estando a sua lista exposta no seu site pessoal, ao lado de cursos de escrita criativa, coaching e de reiki. Estudou na Universidade Nova de Lisboa onde descobriu novos conceitos sobre cultura e luta política. Uma procura afincada nos arquivos da burocracia estatal só ir... Read More →
BD

Beatriz de Almeida Rodrigues

É recém-licenciada em Ciência Política e Relações Internacionais pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e frequenta actualmente o mestrado em Filosofia na mesma faculdade. Colabora na produção e divulgação da revista literária Apócrifa – Projecto Literária em Curso. Foi co-organizadora dos ciclos de poesia Terças de Poesia Clandestina e Babel’s Curse. Publicou na revista Flanzine e... Read More →
VR

Valério Romão

Nasceu em França, em 1974. Licenciou-se em Filosofia na FCSH. Tem escrito contos ("o relojoeiro contorcionista", revista Magma; "Facas na Cidade", revista Construções Portuárias), peças de teatro (Posse, Trindade; A Mala, pelo CCB/Boxnova), feito traduções (V. Woolf, S. Becket) e tem colaborado com diversos artistas nacionais na definição de núcleos de sentido em peças multidisciplinares (moments of being, com Beatriz... Read More →


Saturday September 24, 2016 15:00 - Sunday September 25, 2016 00:00
TORRE DE MANEYS

15:16

Comboio Literário | Óbidos - Lisboa
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h17 e às 00h35. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 


Saturday September 24, 2016 15:16 - 17:06
Estação CP Óbidos Óbidos

16:00

A DGLAB propõe: Entrega do Prémio Nacional de Ilustração
Entrega do Prémio Nacional de Ilustração com a presença de Sua Excelência o Ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, do Diretor da DGLAB, Silvestre Lacerda e dos ilustradores João Fazenda, Bernardo P. Carvalho, Yara Kono, António Jorge Gonçalves, Mariana Rio, Madalena Matoso

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Bernardo Carvalho

Bernardo Carvalho

Nasceu em Lisboa em 1973. Frequentou a Faculdade de Belas Artes da mesma cidade. | É um dos co-fundadores do Planeta Tangerina. | Em 2008, com o livro “Pê de Pai”, ganhou uma Menção Honrosa no Prémio Best Book Design from All Over the World promovido pela Book Art Foundation. | Em 2009, foi um dos vencedores do 2nd CJ Picture Book Awards (Coreia), com o livro “As Duas Estradas”. No... Read More →
avatar for João Fazenda

João Fazenda

João Fazenda nasceu e cresceu em Lisboa. Começou muito novo a colaborar com fanzines de banda desenhada e andava no secundário, entre aulas e bandas rock quando o seu primeiro livro de BD foi publicado. Mais tarde, começa a fazer ilustração para livros e jornais. O seu trabalho actualmente divide-se entre a ilustração, o desenho, a banda-desenhada, o cinema de... Read More →
avatar for António Jorge Gonçalves

António Jorge Gonçalves

Ilustrador, caricaturista, designer gráfico, cenógrafo e professor, é na BD que tem o seu trabalho de maior destaque. Nasceu em Lisboa há 51 anos, licenciou-se em Design Gráfico e fez o Mestrado em Theatre Design em Londres. Foi ainda professor no IADE, RESTART e na Universidade Nova de Lisboa. Sendo a banda desenhada a sua forma de expressão de... Read More →
avatar for Yara Kono

Yara Kono

Nasceu em São Paulo, Brasil, em 1972. Começou os seus primeiros sarrabiscos na parede da saleta. A mãe, que de início não ficou nada satisfeita, acabou por ceder aos «dotes artísticos» da filha. Da parede para o papel, do papel para o computador... assim passaram os anos. Desde 2004 faz parte da equipa do Planeta Tangerina. | | Em 2008 recebeu com Isabel Minhós Martins, uma... Read More →
SL

Silvestre Lacerda

Diretor da DGLAB
avatar for Luís Filipe de Castro Mendes

Luís Filipe de Castro Mendes

Ministro da Cultura


Saturday September 24, 2016 16:00 - 17:00
GALERIA NOVA OGIVA Rua Direita 2510-086 ÓBIDOS

16:00

Inauguração Oficial da Exposição Utopia, Hoje
A exposição “Utopia hoje” apresenta as propostas de 10 artistas que interpretam, de forma livre e autoral, as obras de dois nomes maiores da nossa literatura Fernando Pessoa e José Saramago. Ainda que escritas em épocas distintas, “Mensagem” e “A Jangada de Pedra”, símbolos da nossa memória cultural contemporânea, abordam temas identitários e podem sugerir, nesse sentido, uma reflexão sobre Portugal.Apresentados em dois núcleos distintos, e que pretendem suscitar um diálogo entre as obras de Pessoa e Saramago na perspectiva da Utopia, tema do FOLIO 2016, cada um dos artistas concentrou a sua alma e pensamento nos aspectos que mais lhe interessavam, sejam estéticos, históricos, geográficos ou políticos, apresentando múltiplas leituras e interpretações, que não devem ser entendidas como ilustrações, porque estão para além dos textos literários, ainda que criadas a partir deles. De Cláudio Garrudo, Joanna Latka, Marta Ubach, Pauliana Valente Pimentel, e Teresa Gonçalves Lobo são as obras referentes à “Mensagem” de Fernando Pessoa”, enquanto Augusto Brázio, Hélio Luís, Paula Almozara, Rui Soares Costa, e Tiago Casanova partem da obra “A Jangada de Pedra” de José Saramago.A exposição “Utopia hoje” tem a curadoria de Ana Matos e foi especialmente concebida para esta 2ª edição do FOLIO, numa parceria entre Casa Fernando Pessoa, Fundação José Saramago e Galeria das Salgadeiras. 500 anos passados da publicação de “Utopia” de Thomas More, 82 anos da “Mensagem” de Fernando Pessoa e 30 anos de “A Jangada de Pedra” de José Saramago, que sentidos encontraremos, hoje, para a palavra Utopia? O não-lugar, no seu sentido etimológico, a projecção de um mundo que reclamamos melhor, porque mais justo? Com esta exposição, propõem-se, pois, reflexões de cariz estético e artístico, mas também político e social em torno da temática da utopia.

Ana Matos(Curadora da exposição e directora da Galeria das Salgadeiras)

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Paula Almozara

Paula Almozara

Paula Almozara nascida em Campinas, SP, Brasil a 07/05/1968. Artista visual, professora-pesquisadora e coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Linguagens, Mídia e Arte da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas, Brasil). Possui obras em acervos públicos e particulares no Brasil, Portugal, Bélgica, Alemanha e Espanha. Desde 2006... Read More →
avatar for Augusto Brázio

Augusto Brázio

[Brinches (Serpa.PT): 1964]. | Estudou na Escola Superior de Belas Artes, Lisboa. | Iniciou o seu percurso como fotógrafo no começo dos anos ’90 do séc. XX, trabalhando na imprensa. | Paralelamente colaborou com a produtora de musical União Lisboa, onde realizou diversos trabalhos com músicos. | Em 1996, começou a colaborar na revista DNA, do Diário de Notícias, onde, até... Read More →
avatar for Tiago Casanova

Tiago Casanova

Tiago Casanova (Madeira, 1988) é um arquitecto e artista português. Toma parte no colectivo XYZ Books, fundou em 2010 a Scopio Magazine e em 2014 A ILHA, e tem exposto o seu trabalho em exposições individuais e colectivas desde 2005. Participou em 2011 na Residência “European Borderlines”, em 2012 foi um dos vencedores do Prémio Bes... Read More →
avatar for Rui Soares Costa

Rui Soares Costa

Rui Soares Costa (n. 1981) tem um percurso académico e profissional na interseção entre arte e ciência. Teve uma educação enquanto artista plástico e cientista. Estudou Pintura no Ar.Co, Lisboa enquanto fez a licenciatura em Psicologia Social. Realizou posteriormente doutoramento e pós-doutoramento entre Portugal e os EUA. Trabalha desde 2013 em... Read More →
avatar for Cláudio Garrudo

Cláudio Garrudo

Fotógrafo, produtor cultural e pai, atividades a que se dedica de alma e coração. Dizem-lhe que nasceu em Lisboa em 1976, mas não se lembra.Já expôs individualmente em Portugal, Espanha, República Checa, Eslováquia e Roménia, participou em feiras de arte em Miami, Nova Iorque e Madrid, ganhou o primeiro prémio da VII edição da... Read More →
avatar for Joanna Latka

Joanna Latka

Joanna Latka (Polónia, 1978). | Doutoranda na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, professora de ensino superior (ISEC, IADE - Universidade Europeia).No plano artístico Joanna Latka dedica-se exclusivamente à gravura, ilustração e desenhos a tinta-da-china, incorporando variações baseadas nas técnicas de desenho e ilustração... Read More →
avatar for Teresa Gonçalves Lobo

Teresa Gonçalves Lobo

Madeira, 1968. Vive e trabalha em Lisboa. Formada pela Ar.Co em Desenho, Pintura e Gravura e em Fotografia pelo Cenjor. Expõe desde 2004. De salientar as exposições individuais: “Parte de mim”, Museu de Arte Contemporânea do Funchal, Madeira(2015); “Para Além de...” Projecto Travessa da Ermida, Lisboa (2013); “i em pessoa”, Museu de... Read More →
avatar for Hélio Luís

Hélio Luís

Pintor e cientista. Nasceu em Lisboa em 1980, cidade onde vive e trabalha. Doutorado em Física Nuclear pela Faculdade de Ciências da Universidade Nova de Lisboa concilia a atividade de investigação com a pintura, pela qual é obcecado. Durante 10 anos estudou pintura com o mestre Francisco Vaz e recebeu diversas bolsas de estudo em Portugal, Itália e Alemanha.Tem... Read More →
avatar for Pauliana Valente Pimentel

Pauliana Valente Pimentel

Nasceu em Lisboa, 1975. Vive em Lisboa e trabalha entre vários países.Comoartista efotógrafa freelancer, faz trabalhos de fotoreportagem desde 1999 para diversos jornais e revistas portuguesas e estrangeiras, bem como exposições individuais e colectivas.Em 2005, participou no curso de fotografia do Programa Gulbenkian Criatividade e Criação Artística. Pertenceu ao colectivo... Read More →
avatar for Marta Ubach

Marta Ubach

Vive e trabalha em Lisboa. Desde 1995, docente de Ensino Básico no Colégio Académico, em Lisboa.Colabora com a Galeria das Salgadeiras desde 2003.Em 1992 conclui o Bacharelato em Design Gráfico no IADE. Em 1994, frequentou o Curso de Pintura da Faculdade de Belas Artes de Lisboa. Entre 1995 e 1998 frequentou o Curso de Teoria e Prática de Pintura no Atelier... Read More →


Saturday September 24, 2016 16:00 - Sunday October 2, 2016 16:30
MUSEU ABÍLIO

16:00

Inauguração_ PIM! Mostra de ilustração, 2.a Edição - Para Imaginar o Mundo

Pela segunda vez, a PIM! Mostra de Ilustração Para Imaginar o Mundo invade e transforma a Vila de Óbidos num “Lugar Comum” a todos os criadores, ilustradores, autores e fantasistas.

O FOLIO ILUSTRA é definitivamente o lugar das narrativas extraordinárias, dos encontros alegres, da educação do olhar, da ilusão, da relação e da ousadia que desafia os sentidos.

Utopia, Festa, Encontro, Cor, Invenção, Fantasia, Alegria, são as palavras que servem de inspiração para um encontro de linguagens, traços, vozes ilustradas que se farão ouvir, ver e sentir.

A utopia da leitura apresenta-se através da cor, do livro, do encanto, homenageando todos os criadores de utopias que leem o mundo e se deixam desafiar pelo objeto livro em todas as suas dimensões tendo convidada especial a ilustradora e autora Jutta Bauer.

André da Loba, Catarina Sobral, Guridi, Anna Laura Cantone, André Neves, Helena Zália, Fernanda Fragateiro, Ana Seixas, Marta Torrão, Rachel Caiano, Paul Hardman, Paulo Galindro, Bernardo Carvalho, Yara Kono, Teresa Cortêz, Ana Biscaia, Susa Monteiro, Margarida Botelho, Natalina Cóias, Marina Palácio, João Fazenda são alguns dos nomes que farão parte do coletivo impar de de ilustradores.

Curadoria e projecto de Mafalda Milhões com textos de Afonso Cruz.

 

 

 


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Jutta Bauer

Jutta Bauer

Nasceu em 1955, estudou design em Hamburgo onde vive e trabalha como ilustradora até aos dias de hoje. É uma das mais prestigiadas ilustradoras na Alemanha e no mundo e tem merecido ao longo dos anos várias distinções e prémios. As suas ilustrações têm percorrido o mundo em mostras coletivas e individuais. Foi premiada pela IBBY em 1994; recebeu o German Youth Literature Prize... Read More →
avatar for Margarida Botelho

Margarida Botelho

Margarida Botelho (Almada, 1979). Licenciada em Arquitetura pela Universidade Técnica de Lisboa e Mestre em Sequential Design/Illustration pela Universidade de Brighton, desde 2005 que publica livros para o público infantojuvenil onde constrói as palavras e as imagens dessas casas-livros. Como acredita no compromisso entre arte, educação e mundo social desenvolve experiências educativas com várias... Read More →
avatar for Rachel Caiano

Rachel Caiano

Rachel Caiano nasceu em 1977. Artista plástica e ilustradora, com for- mação em artes de palcos e arquitetura, tem vindo a desenvolver projetos nas áreas de edição de objetos de autor, pintura e ilustração. Recebeu o Prémio Jovens Criadores 2007 na área da ilustração. O livro Os Dois Lados, que ilustrou, foi selecionado para a Exposição “The... Read More →
avatar for Anna Laura Cantone

Anna Laura Cantone

Anna Laura Cantone nasceu em Alexandria em 1977. Formou-se em Ilustração no instituto Europeu de Desenho de Milão. Tem muitos livros ilustrados e premiados. Recebeu o Prémio Andersen de Melhor Livro para Crianças em 2003.  Tem participado em vária exposições coletivas de lustração em Bolonha em 2002 e 2004; na Bienal de Ilustração de Bratislava em 2003; Feira... Read More →
avatar for Bernardo Carvalho

Bernardo Carvalho

Nasceu em Lisboa em 1973. Frequentou a Faculdade de Belas Artes da mesma cidade. | É um dos co-fundadores do Planeta Tangerina. | Em 2008, com o livro “Pê de Pai”, ganhou uma Menção Honrosa no Prémio Best Book Design from All Over the World promovido pela Book Art Foundation. | Em 2009, foi um dos vencedores do 2nd CJ Picture Book Awards (Coreia), com o livro “As Duas Estradas”. No... Read More →
avatar for Teresa Cortez

Teresa Cortez

Nasceu em 1981, em Lisboa. É artista plástica, com licenciatura em Pintura e mestrado em Arte Multimédia na FBAUL. Realizou uma pós-graduação em Ilustração no ISEC. Desde 2003, trabalha como ilustradora para capas, revistas, posters e discos. Colaborou em projetos de ilustração e animação para Discos Pataca, 2034, Universal, Take It Easy, Ink Publishing, Bayard... Read More →
avatar for João Fazenda

João Fazenda

João Fazenda nasceu e cresceu em Lisboa. Começou muito novo a colaborar com fanzines de banda desenhada e andava no secundário, entre aulas e bandas rock quando o seu primeiro livro de BD foi publicado. Mais tarde, começa a fazer ilustração para livros e jornais. O seu trabalho actualmente divide-se entre a ilustração, o desenho, a banda-desenhada, o cinema de... Read More →
avatar for Fernanda Fragateiro

Fernanda Fragateiro

Fernanda Fragateiro (1962) vive e trabalha em Lisboa, Portugal. Na sua extensa obra, Fernanda Fragateiro explora o espaço nas suas variadas manifestações fenomenológicas, através de obras de escultura, instalações e intervenções exteriores. Paralelamente à sua atividade como escultora, ilustrou vários livros infantis, entre os quais: “A Menina do Mar&rdquo... Read More →
avatar for Paulo Galindro

Paulo Galindro

Nasceu como as uvas, sem cabelo, fruto da bela colheita que foi 1970. O cabelo foi-lhe crescendo ao som das enormes impressoras da gráfica onde o seu pai trabalhava... e onde o cheiro das tintas lhe adubou os sonhos. Anos mais tarde, acalentando o desejo secreto de ser astronauta, licenciou-se em arquitectura, foi pai de dois filhos e ilustrou uma pilha de livros. É um facto que ainda não é astronauta, mas dizem por... Read More →
avatar for Paul Hardman

Paul Hardman

Paul Hardman é um designer gráfico britânico com sede em Coimbra, Portugal. Estudou Artes Gráficas em Liverpool Art Scholl (JMU) e tem um mestrado em Design Gráfico pela Camberwell College of Arts de Londres (UAL). A sua obra abrange a comunicação, editorial e design de identidade em diversos projetos para a cultura, publicação e arquitetura. Paul faz uso frequente do desenho... Read More →
avatar for Yara Kono

Yara Kono

Nasceu em São Paulo, Brasil, em 1972. Começou os seus primeiros sarrabiscos na parede da saleta. A mãe, que de início não ficou nada satisfeita, acabou por ceder aos «dotes artísticos» da filha. Da parede para o papel, do papel para o computador... assim passaram os anos. Desde 2004 faz parte da equipa do Planeta Tangerina. | | Em 2008 recebeu com Isabel Minhós Martins, uma... Read More →
avatar for André da Loba

André da Loba

André da Loba é um artista e poeta relutante. Caminhante. Nasceu em Portugal. É ilustrador, animador, escultor, matemático, educador, contador e lava pratos. O seu trabalho tem sido reconhecido, premiado e aclamado um pouco por todas as partes. Combina a curiosidade e a experimentação como constante meio de inspiração. As ruas também. Ilustra para varias publicações como... Read More →
avatar for Susa Monteiro

Susa Monteiro

Susa Monteiro nasceu em Beja em 1979, cidade onde reside. Estudou Realização Plástica do Espetáculo na Escola Superior de Teatro e Cinema em Lisboa e Cinema de Animação no CITEN. Trabalhou durante vários anos como figurinista e aderecista para o teatro e o cinema. Em 2002 integrou o Toupeira – Atelier de Banda Desenhada, passando a dedicar-se principalmente à banda... Read More →
avatar for Marina Palácio

Marina Palácio

Nasceu em Lisboa em 1971. Ilustradora, autora de banda desenhada, realizadora de cinema de animação e artista-educadora. Está ligada ao teatro há mais de vinte anos, e tem colaborado como aderecista, figurinista, designer gráfica, e também, na criação de ambientes plásticos. Tem escrito e ilustrado diversos livros para os mais novos, recebendo o Prémio de... Read More →
avatar for Ana Seixas

Ana Seixas

Nasceu em 1984, em Viseu, Portugal. Formou-se em Design na Universidade de Aveiro - Portugal - em 2007 e mudou-se para Barcelona em 2008. Projeto Editorial, estudou na Bau - Escola Superior de Disseny (Barcelona, Espanha) e frequentou o Curso de Especialização em Ilustração das Publicações da Criança e do Adolescente - Eina, Escola d' Art i Disseny (Universitat Autonoma de Barcelona), de Janeiro... Read More →
avatar for Catarina Sobral

Catarina Sobral

CATARINA SOBRAL (Coimbra, 1985) é ilustradora e designer de comunicação, com incursões nas áreas da gravura e do cinema de animação. Autora dos livros ilustrados GREVE (Menção Especial no Prémio Nacional de Ilustração 2012), ACHIMPA (eleito Melhor Livro Infantojuvenil pela Sociedade Portuguesa de Autores) e O MEU AVÔ (vencedor do Prémio... Read More →
avatar for Marta Torrăo

Marta Torrăo

Começou o seu percurso de ilustradora em 2000, depois de ter adquirido formação no Centro de Arte e Comunicação Visual Ar.Co, em Lisboa. O primeiro livro que ilustrou, O Sol Quentinho, foi editado em 2001, tendo continuado a publicar regularmente desde então, também na imprensa periódica. Ganhou o Prémio Nacional de Ilustração 2004 com a obra Come a Sopa, Marta!, bem... Read More →
avatar for Helena Zália

Helena Zália

Nasceu em Guimarães. Licenciada em Ensino de Educação Visual - Escola Superior de Educação de Leiria, e em Design de Comunicação - Universidade de Aveiro. Master en Diseño y Producción Gráfica – Universidad de Barcelona. Ao longo dos anos tem completado a sua formação em workshops e ações de formação de Desenho, Pintura... Read More →



Saturday September 24, 2016 16:00 - Sunday October 2, 2016 16:30
GALERIA NOVA OGIVA Rua Direita 2510-086 ÓBIDOS

17:00

"As Casas não Morrem"
As Casas não Morrem de Pedro Macedo (realização) e Inês Fonseca Santos (guião e entrevistas) sobre Manuel António Pina. Conversa com Inês Fonseca Santos

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Inês Fonseca Santos

Inês Fonseca Santos

Inês Fonseca Santos nasceu em Lisboa, em 1979. É jornalista e escritora. Licenciada em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, completou o mestrado em Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Trabalhou na SIC Notícias, na RTP2 e colaborou com várias revistas literárias. É autora dos livros de poesia As... Read More →


Saturday September 24, 2016 17:00 - 18:00
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

17:00

Mário de Si – Performance inspirada na correspondência entre Pessoa e Sá Carneiro
Mário deSi
Perfomance inspirada na correspondência entre Pessoa e Sá Carneiro
Coordenação Pedro Giestas

Anatomia da Identidade que recentemente nasceu em Óbidos, apresenta o seu primeiro trabalho coletivo com este espetáculo. Celebrar a vida é umdos grandes objetivos deste projeto por isso, apresentamos um poeta, que, tendo-se retirado da vida por vontade própria, sempre viveu em busca louca, e sempre insatisfeita pela beleza a celebrar. Mário deSá Carneiro foi para este grupo um homem louco que causou curiosidade, a estória que queremos contar é a do momento emque essa loucura foi familiar a cada umde nós. Mário do outro lado do espelho, eu e outro.

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Pedro Giestas

Pedro Giestas

Pedro Giestas é natural de Vouzela, de onde saiu para frequentar o Conservatório de Teatro no Bairro Alto em Lisboa em 1990. Criador do Teatro Invisível, tem desde então desenvolvido projetos que visam sobretudo levar o teatro junto de povoações do interior do país. De destacar Amar uma Pipoca e a participação na peça O Beijo da Mulher... Read More →


Saturday September 24, 2016 17:00 - 18:00
RUAS DE ÓBIDOS

17:00

Bernardo Pires de Lima e Daniel Oliveira. Moderação, Joana Gorjão Henriques - "A Europa e a União Europeia, à luz dos recentes acontecimentos no Reino Unido, e o papel da literatura nesse processo, de união ou de ruptura"
Bernardo Pires de Lima e Daniel Oliveira discutem a Europa e a união europeia, à luz dos recentes acontecimentos no Reino Unido, e o papel da  literatura nesse processo, de união ou de ruptura, com moderação de Joana Gorjão Henriques.

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Joana Gorjão Henriques

Joana Gorjão Henriques

Joana Gorjão Henriques nasceu em Lisboa, em 1975. Entrou para o jornal Público no final de 1999, para estagiar na Cultura, e aí ficou durante 10 anos, ajudando depois a lançar o suplemento cultural Ípsilon, do qual foi editora-adjunta até 2009. Em 2009, uma Bolsa para Jornalistas levou-a até à Universidade de Harvard, EUA e, logo no ano seguinte, rumou... Read More →
avatar for Bernardo Pires de Lima

Bernardo Pires de Lima

Natural de Lisboa, Bernardo Pires de Lima (1979) é investigador do Instituto Português de Relações Internacionais e do Centro para as Relações Transatlânticas da Universidade Johns Hopkins nos EUA. A sua opinião já foi publicada na imprensa estrangeira e nacional, sendo que neste momento é colunista de política internacional no Diário de Notícias comentando... Read More →
avatar for Daniel Oliveira

Daniel Oliveira

Daniel Oliveira nasceu em Lisboa a 2 de Julho de 1969 e é um jornalista português. Estudou no Liceu Pedro Nunes e no ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa. Como jornalista, trabalhou n'O Século (1988-1989), no Diário de Lisboa (1989-1990), nas revistas Já (1997) e Vida Mundial (1998-1999), nos programas de reportagem da RTP Juízo Final (2000) e Loja do Cidadão (RTP) (2001) - tendo sido... Read More →


Saturday September 24, 2016 17:00 - 18:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

17:55

Comboio Literário | Lisboa - Óbidos
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h17 e às 00h35. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 
NOTA: Há transporte FOLIO entre a estação de comboio de Óbidos e a Vila Literária 


Saturday September 24, 2016 17:55 - 19:00
Lisboa Estação do Rossio

18:00

20 Oliveiras, amaciar o lugar

20 Oliveiras, amaciar o lugar

No inicio eram 20 Oliveiras…
Onde há azeitona, existe azeite. Estar com os azeites resolve-se amaciando.
Se azeite é luz, coisas com azeite, temperos e mezinhas podem acontecer. Trabalho, tradição, criatividade e amor, são apreço pela terra.
São 20 Oliveiras nascidas de Óbidos para o Mundo.

O evento celebra o lançamento de 20 Oliveiras, o primeiro Azeite da Terra, essência nobre do lugar.
Dentro deste livro, moram  temperos quentes e macios, deleite para mentes inquietas e palatos dificeis. Através da palavra, vamos dar Título aos Azeiteiros da Terra e contar uma aventura onde a Azeitona é Rainha, o Azeite Rei, o Olival cenário, o lugar inspiração, a Oliveira Mãe, o livro Corpo e a literatura veículo.

20 Oliveiras é fruto de Hugo Agostinho e Norberto Figueira, os Azeiteiros da terra, homens da comunidade e do trabalho.
Colaborado e pensado em muitas cabeças, este produto é formula e resultado da estratégia territorial a que nos propomos dar voz e ativar as nossas gentes, a nossa terra.

Realizado no Espaço Ó - Espaço de Ativação Comunitária e com o apoio do Município de Óbidos.



Saturday September 24, 2016 18:00 - 19:00
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

18:00

Utopia – Matemática e Literatura - "Fragmentos matemáticos na literatura tradicional"

UTOPIA – Matemática e Literatura Debate com Ana Paula Guimarães (IELT - Universidade Nova de Lisboa) e Pedro Freitas (Universidade de Lisboa)  Tema: Fragmentos matemáticos na literatura tradicional 


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Pedro Freitas

Pedro Freitas

Pedro J. Freitas é Professor Auxiliar da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Doutorou-se em Matemática, em 1999, na University of Illinois, Chicago. Para além de trabalho de regência de cadeiras e investigação em matemática, fundamentalmente em áreas de álgebra e história, dedica-se também a assuntos de divulgação, ensino e... Read More →


Saturday September 24, 2016 18:00 - 19:00
POUSADA DO CASTELO

18:30

Fanzines, esses desconhecidos
Quem vem ao FOLIO?
avatar for Geraldes Lino

Geraldes Lino

Divulgador, estudioso e crítico de banda desenhada. Autor de textos englobando críticas, entrevistas, actualidades, biografias de autores e personagens. Colaborador esporádico em diversos jornais: semanário O País, Correio da Manhã, Diário Popular, JL - Jornal de Letras e Artes. Colaborador eventual em revistas: Atlantis, Bibliotecas. Colaborador de revistas de BD: Mundo de Aventuras, Jornal da BD... Read More →


Saturday September 24, 2016 18:30 - 19:30
LIVRARIA DO MERCADO Rua Direita 27, 2510-001 Óbidos

19:00

Luísa Costa Gomes e Jacinto Lucas Pires. Moderação, Gonçalo Frota - "Literatura e Teatro"
Luísa Costa Gomes e Jacinto Lucas Pires numa mesa sobre literatura e teatro, com moderação de Gonçalo Frota.

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Luísa Costa Gomes

Luísa Costa Gomes

Nasceu em 16 de Junho de 1954. É licenciada em Filosofia pela Faculdade de Letras de Lisboa. Foi por vários anos professora do Ensino Secundário e trabalhou ainda no programa Escritores nas Escolas. Traduziu livros, traduziu e legendou filmes, Tem colaborado em vários jornais e revistas, programas de rádio e televisão. | A sua obra literária começou com a publicação, em 1981... Read More →
avatar for Jacinto Lucas Pires

Jacinto Lucas Pires

Escritor português, nascido em 1974, no Porto, filho do ilustre professor universitário Francisco Lucas Pires (que nos legou alguns textos ensaísticos de reconhecido valor). | Prosseguindo os passos do seu pai, no gosto pela escrita, Jacinto Lucas Pires publicou, em 1996, o seu primeiro livro, um livro de contos intitulado "Para Averiguar do seu Grau de Pureza". | Descoberta esta faceta, a imaginação criativa... Read More →


Saturday September 24, 2016 19:00 - 20:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

19:00

Mesa Redonda - Improvisos sobre a palavra cantada
Quem vem ao FOLIO?
PL

Paulo Lima

Antropólogo, descendente de pastores e pescadores, foi coordenador da candidatura à UNESCO a Património Cultural Imaterial da Humanidade do cante alentejano em 2014 e dos chocalhos em 2015. No fado, foi o autor de um estudo prévio e integrou a comissão executiva da candidatura de 2011.


Saturday September 24, 2016 19:00 - 20:30
TENDA MAIS

19:30

Coro Mozart
Coro Mozart Um coro único composto por 70 jovens, das escolas e colégios do distrito de Viseu, premiado pela qualidade das suas vozes, coreografias e arranjos. 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Coro Mozart

Coro Mozart

O Coro Mozart nasce na cidade de Viseu, em 27 de Janeiro de 2005. Tendo como patrono musical Wofgang Amadeus Mozart, tem, atualmente, cerca de 70 jovens, encontrando-se todos eles ligados, direta ou indiretamente, à Música, sendo alunos(as) de diversas Escolas e Colégios do Distrito de Viseu. No ainda breve período de existência, o Coro Mozart tem tido o incentivo e o apoio da Câmara Municipal de Viseu... Read More →



Saturday September 24, 2016 19:30 - 20:30
TENDA CONCERTOS CERCA DO CASTELO

19:30

Os Editores Propõem - "Contadores de histórias: a profissão mais velha do mundo"
Os editores propõem: Contadores de histórias: a profissão mais velha do mundo Conversa com Mário Zambujal, João Paulo Guerra e Alice Vieira

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Alice Vieira

Alice Vieira

Alice Vieira nasceu em 1943 em Lisboa. É licenciada em Germânicas pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Em 1958 iniciou a sua colaboração no Suplemento Juvenil do Diário de Lisboa e a partir de 1969 dedicou-se ao jornalismo profissional. Desde 1979 tem vindo a publicar regularmente livros tendo, actualmente editados na Caminho, cerca de três dezenas de títulos... Read More →
avatar for Mário Zambujal

Mário Zambujal

Jornalista e escritor português, nascido em 1936, trabalhou na televisão e em jornais como A Bola, Diário de Lisboa e Diário de Notícias, em especial na área do desporto. Publicou três livros de ficção: "Crónica dos Bons Malandros", em 1980, que teve grande sucesso e deu origem a uma longa-metragem de Fernando Lopes; "Histórias do Fim da Rua", em 1983; e "À Noite... Read More →


Saturday September 24, 2016 19:30 - 20:30
POUSADA DO CASTELO

20:30

21:00

A ilha desconhecida

A ILHA DESCONHECIDA

Espetáculo de teatro, a partir de “ O Conto da Ilha Desconhecida” de José Saramago

Coprodução: Fundação José Saramago | Trigo Limpo teatro ACERT

 

A Fundação José Saramago em coprodução com o Trigo Limpo teatro ACERT irão estrear no 2º FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos um espetáculo onde se celebra as palavras do Nobel português.

Este espetáculo terá 8 apresentações neste Festival, prosseguindo digressão nacional e internacional nos anos de 2016 e 2017.

Como é que uma ilha poderá ser a utopia que há em cada um de nós?

Como é que a utopia pode ser o desconhecido que se procura pelo prazer da navegação e o desprendimento pela calculista ancoragem?

Imagine-se um pensamento de uma Mulher da Limpeza: “Se não sais de ti, não chegas a saber quem és.”

Imagine-se que um Homem que Queria um Barco sonhou com a Mulher da Limpeza e lhe segredou: “Gostar é provavelmente a melhor maneira de ter, ter deve ser a pior maneira de gostar.”

Agora, imagine-se que estamos no lugar deste Homem e desta Mulher que temos diante de nós três portas: a dos obséquios, a das petições e a das decisões. Qual delas seremos tentados a abrir?

No seu conto, José Saramago convida-nos a uma viagem em “que é necessário sair da ilha para ver a ilha, que não nos vemos se não nos saímos de nós”. Habitar teatralmente esta aventura onde a metáfora se espraia na areia das palavras é desafiante. Parabolizar teatral e musicalmente uma narrativa que, sendo complexa, não se pode desligar da singeleza do pensamento que a originou, constitui um desafio artístico aliciante.  A palavra teatral e musicada é o roteiro para a construção de personagens oníricas, fantasiosa e poético-amorosas. A música, território de eleição dos intérpretes, pisca o olho sedutor ao argumento, deixando-o fluir encantatoriamente. A cenografia e os figurinos são enxertias de uma só planta.

Esta adaptação teatral do conto de José Saramago são as palavras de um livro que é palco.

Espetáculo criado especialmente para o FOLIO - Festival Literário Internacional de Óbidos para apresentações adaptadas a espaços ao ar-livre.

O Trigo Limpo teatro ACERT, após ter compartilhado com a Fundação José Saramago a maravilhosa aventura de “A Viagem do Elefante” que, desde 2013, continua e continuará a circular junto das comunidades onde ancora, aceitou afectuosamente este convite para partilhar, em co-produção “O Conto da Ilha Desconhecida”.

 

Ficha Técnica

A ILHA DESCONHECIDA

Coprodução: Fundação José Saramago e Trigo Limpo teatro ACERT

A partir de “ O Conto da Ilha Desconhecida” de José Saramago

Adaptação e encenação: José Rui Martins

Interpretação: Catarina Moura e Luís Pedro Madeira

Música: Luís Pedro Madeira

Cenografia: ZéTavares

Desenho de Luz: Paulo Neto

Figurinos, tapeçaria e adereços: Cláudia Ribeiro | Casa de Figurinos

Adereços: Sofia Silva

Costureira: Marlene Rodrigues

Pesquisa e coordenação literária: Sérgio Letria e Sara Figueiredo

Montagem e operação de luz: Rui Sérgio Henriques

Assistentes de produção: Joana Cavaleiro e Ricardo Viel

Carpintaria de cena: Filipe Simões

Fotografia: Ricardo Chaves

 


Quem vem ao FOLIO?
avatar for ACERT

ACERT

A Associação Cultural e Recreativa de Tondela foi formada em 1979. Desde cedo assumiu-se portadora de um sentido de atuação pluridisciplinar, em termos das áreas artísticas, assentando a sua vertente criativa no núcleo que lhe deu origem: O TRIGO LIMPO teatro ACERT. Esta singularidade, um grupo de teatro na génese de uma... Read More →



Saturday September 24, 2016 21:00 - 22:00
JARDIM SARAMAGO

21:00

Os Editores Propõem - Apresentação do Livro – “Estranha guerra de uso comum” de Paulo Faria

Os Editores Propõem  - Apresentação do Livro – “Estranha guerra de uso comum” de Paulo Faria (Editora Ítaca) – Apresentação Margarida Vale de Gato 


Quem vem ao FOLIO?
PF

Paulo Faria

Paulo Faria nasceu em 1967, em Lisboa. Licenciou-se em Biologia por mero acidente. É, há longos anos, tradutor literário, tendo traduzido obras de autores como George Orwell, Jack Kerouac, James Joyce, Don DeLillo e Cormac McCarthy. Viajou em busca das nascentes de algumas das obras que traduziu, o que o levou ao Tennessee, ao Texas, ao Novo México. Venceu, em 2015, o Grande Prémio de Tradução... Read More →
MV

Margarida Vale de Gato

autora de Mulher ao Mar (2010, 2013) e Desligar e Voltar a Ligar (2011, com Rui Costa). Tradutora literária e professora de Estudos Americanos (FLUL). Interesse pela economia paralela, pela moeda complementar e pelos bancos com vista para o campo. Disponibilidade para viajar.


Saturday September 24, 2016 21:00 - 22:00
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

21:00

Jón Kalman Stefánsson e José Riço Direitinho - "Nova literatura nórdica e as razões do fascínio que vem suscitando"
Jón Kalman Stefánsson conversa com José Riço Direitinho sobre a nova literatura nórdica e as razões do fascínio que vem suscitando.

Quem vem ao FOLIO?
avatar for José Riço Direitinho

José Riço Direitinho

José Direitinho é formado em Agronomia, mas foi na escrita que descobriu a sua paixão. Nasceu em Lisboa, em 1965, e com 20 anos já escrevia no suplemento para jovens escritores do Diário de Notícias. Com um estilo literário bastante intenso e nostálgico, publicou a sua primeira obra A Casa do Fim, em 1992. Em 1999 viajou até ao Rio de Janeiro, onde participou na Bienal do Livro... Read More →
avatar for Jón Kalman Stefánsson

Jón Kalman Stefánsson

Jón Kalman Stefánsson (Reiquiavique, 1963) é considerado uma das vozes mais originais e importantes da literatura europeia contemporânea. As suas obras foram distinguidas com numerosos prémios, entre os quais se contam o prestigiado prémio de literatura islandesa, o prémio P. O. Enquist, em 2011, e o Grinzane Bottari Lattes (Itália), tendo sido igualmente nomeado finalista do prémio... Read More →


Saturday September 24, 2016 21:00 - 22:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

21:30

Vocal Brand LX-Factory
Vocal Brand LX-Factory Histórias cantadas com músicas do mundo.
Direcção de Luís Bragança Gil

Saturday September 24, 2016 21:30 - 23:00
LIVRARIA SANTIAGO Largo de São Tiago do Castelo, 2510-106 Óbidos

00:00

Folio Tardio - DJ Halyne
Terraço do espaço Ó

Sunday September 25, 2016 00:00 - Monday September 26, 2016 01:30
ESPAÇO "Ó" Rua da Vila 18, Porta do Vale 16, 2510-089 Óbidos

00:36

Comboio Literário | Óbidos - Lisboa
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h17 e às 00h35. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 


Sunday September 25, 2016 00:36 - 02:10
Estação CP Óbidos Óbidos

01:00

A Casa dos Poetas vai à Livraria: DJ Ricardo Mariano
Sunday September 25, 2016 01:00 - 02:00
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos
 
Sunday, September 25
 

10:25

Comboio Literário | Lisboa - Óbidos
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h16 e às 00h36. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 
NOTA: Há transporte FOLIO entre a estação de comboio de Óbidos e a Vila Literária



Sunday September 25, 2016 10:25 - Sunday October 2, 2016 04:00
Lisboa Estação do Rossio

11:00

Maria Filomena Molder sobre Amadeo e Flaubert

O Conto de Flaubert A lenda de São Julião, o hospitaleiro e o livro único de Amadeo

Em Abril de 1877, Gustave Flaubert publicou um pequeno volume intitulado Três Contos, em rigor, a sua última obra acabada. O segundo conto chama-se “A lenda de São Julião, o hospitaleiro”. Foi o primeiro a ser escrito, e numa celeridade inhabitual, entre Setembro de1875 e Fevereiro de 1876. É provável que isso se deva à familiaridade longuíssima e intensa que ele teve com a história do santo: “Esta é a história de São Julião Hospitaleiro, mais ou menos como é contada num vitral de igreja, na minha terra”. Nestas palavras finais do conto Flaubert convida o leitor a uma investigação hermenêutica. 

Executadas durante a sua estadia na Bretanha no Verão de 1912 (muito provavelmente concluídas em Paris), ano de uma fertilidade imensa para o pintor, a cópia integral a pincel e a ilustração de Amadeo Souza-Cardoso correspondem àquele desafio, ao mesmo tempo que escapam à condenação que Flaubert fazia de qualquer propósito ilustrativo da sua obra e, em particular, deste conto. 

Neste contexto, trata-se precisamente de considerar as subtis e secretas interferências que se soltam das palavras copiadas a pincel, dos desenhos e das pinturas, que compõem o “exemplar-único original” de Amadeo, procurando a sua decifração. Eis o que se fará.

 

 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Maria Filomena Molder

Maria Filomena Molder

Maria Filomena Molder nasceu em 1950 e é professora catedrática aposentada da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. É doutorada desde 1992, tendo desenvolvido a tese sobre O Pensamento morfológico de Goethe. Escreve para revistas literárias e na área da filosofia, como a Filosofia e Epistemologia, Prelo ou a Lere também para publicações sobre... Read More →


Sunday September 25, 2016 11:00 - 12:00
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

11:00

Ambulância Literária
Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
CERCA DO CASTELO

11:00

Tempo Pintado - revisitar Ruy Belo

Tempo pintado, revisitar Ruy Belo

Peças cerâmicas povoam a casa de Ruy Belo. É uma presença que continua a existir junto dos livros de quase todas as divisões da casa. São como figuras que com esses mesmos livros estabelecem um diálogo enigmático, talvez sobre lugares, sobre as mãos que moldaram aquelas personagens e objetos, talvez sobre o conteúdo dos livros, sobre poemas, sobre a vida, sobre o mundo. Outras peças respondem pela sua função imediata, de apoio ao quotidiano da casa. Pratos, canecas, travessas, todos os dias nos transportam em memória para lugares distantes, como se nos seus desenhos sobre fundo branco se configurasse uma geografia imaginária que, inevitavelmente, nos ergue para os universos da palavra, não necessariamente para os poemas ou outras formas, mas para a possibilidade da livre expressão do pensamento.

Os objetos cerâmicos representados nestas fotografias foram adquiridos por Ruy Belo em Óbidos e na sua região.

 

Duarte Belo

Setembro 2016



Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
GALERIA PELOURINHO Largo de São Pedro, 2510-086 ÓBIDOS

11:00

Filipe Seems por António Jorge Gonçalves e Nuno Artur Silva
Quem vem ao FOLIO?
avatar for António Jorge Gonçalves

António Jorge Gonçalves

Ilustrador, caricaturista, designer gráfico, cenógrafo e professor, é na BD que tem o seu trabalho de maior destaque. Nasceu em Lisboa há 51 anos, licenciou-se em Design Gráfico e fez o Mestrado em Theatre Design em Londres. Foi ainda professor no IADE, RESTART e na Universidade Nova de Lisboa. Sendo a banda desenhada a sua forma de expressão de... Read More →
avatar for Nuno Artur Silva

Nuno Artur Silva

Nuno Artur Silva, curador da primeira edição da área da Folia, em 2015. É autor e produtor de livros, peças de teatro, séries e programas de televisão, sobretudo nas áreas da comédia e da poesia. Foi fundador, editor e diretor da Produções Fictícias, agência criativa, do jornal ‘O Inimigo Público e do Canal Q, canal cabo de... Read More →



Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
CAPELA DE SÃO MARTINHO Largo de São João de Deus, Óbidos

11:00

11:00

Escritores de Afonso Cruz

ESCRITORES

Uma exposição de Afonso Cruz

 Esta é uma exposição de ilustrações de escritores de várias gerações, desde o Renascimento à contemporaneidade, executadas inicialmente para a feira do livro de Bogotá - aquando da participação portuguesa como país convidado -, e representando autores tão diversos como Camões, Vergílio Ferreira ou Raúl Brandão.

Insistindo no vínculo entre leitores e escritores, pretende-se estimular a leitura, o conhecimento e reconhecimento dos escritores lusófonos, dando-lhes forma e protagonismo.

Foi agora transformada num espaço de convívio entre leitores e autores, na esperança de que haja a intimidade de uma sala. Façamos de conta que visitamos a casa de uma tia-avó e que nos sentamos junto ao aparador, bebemos um chá (ou uma ginjinha), conversamos com toda a literatura que nos envolve, com os retratos de pessoas que amamos e que exibimos em molduras velhas, para bem da nossa felicidade e da possibilidade de continuarmos a ser um diálogo, independentemente das limitações espácio-temporais que a física impõe.

A literatura, imanente e transcendente, estará nessa sala, no aparador da tia-avó, chegando a nós com a mesma facilidade com que chega ao cantinho mais remoto do universo. Dois cantinhos que nunca ninguém terá capacidade de varrer.


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Afonso Cruz

Afonso Cruz

Escritor, ilustrador e músico, Afonso Cruz é uma referência no panorama nacional do romance e da ilustração. Reconhecido também pelos seus trabalhos na ilustração infantil, Afonso Cruz foi várias vezes premiado pelo seu trabalho com, por exemplo, o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco 2010, o Prémio Literário Maria Rosa Colaço 2009, o Prémio... Read More →



Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
FOYER CASA DA MÚSICA R. Josefa de Óbidos 01, 2510-000 Óbidos

11:00

Júlio Pomar: Dom Quixote
Cervantes é a mais continuada cumplicidade literária de Júlio Pomar, que tem na sua obra, desde sempre, as fontes literárias e a ilustração como uma das grandes pistas de criação.De Sidónio Muralha, Alves Redol e Cardoso Pires, em 1949, depois Camilo, Tolstoi, Dante e Rabelais, até Camões e Pessoa, Pöe, Homero, a lista é longa, separando-se sempre mais a interpretação dopretexto ilustativo para viver por si mesmo na autonomia do desenho oudo quadro. É a abertura para caminhos da imaginação,por via da ficção e do mito, que alterna com a observação do real e seus espectáculos: cenas do trabalho, retratos e corpos, Índios da Amazónia, etc. Começou essa relação com Cervantes por um convite para ilustrar as «Novelas Exemplares», em1958 (ed. Folio). Mas foi «D. Quixote» que ocupou o artista em sucessivas etapas, ultrapassando as encomendas para fazer dos heróisou anti-heróis, e de diferentes episódios narrativos, temas pessoais, abordados em múltiplos modos de fazer. Em 1959-61, com as pequenas pinturas sobre cartão para uma edição Bertrand, Quixote apareceu Quixote num ciclo de seis gravuras, cinco pinturas e esculturas de ferros soldados. Quando em 1997 surgiu a ideia de reunir essa produção numa só exposição (Gandarinha, Cascais), a revisão da obra feita proporcionou a vontade de acrescentar-lhe uma variação sobre o episódio dos carneiros, em tela de muito grande formato. Dela se editou uma versão em serigrafia, agora exposta. Outra releitura do Quixote aconteceu já em 2005, para uma edição do Expresso em 10 partes semanais, que Pomar tomou como razão de mais um mergulho no desenho, sempre praticado com variada regularidade. Foram reencontros (ou recomeços) assumidos em plena liberdade decriação, acompanhando a par e passo a paginação dos cadernos por Henrique Cayatte. E outra série de pinturas quixotescas surgiu com estes desenhos.


Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
MUSEU MUNICIPAL Rua Direita 97, Óbidos

11:00

O LAGARTO de J. Borges
A segunda edição do FOLIO recebe em estreia mundial uma exposição que junta as palavras de José Saramago ao inconfundível traço do artistapopular brasileiro J. Borges. A partir de um texto escrito em 1973 pelo Prémio Nobel português,O Lagarto, J. Borges criou um conjunto de xilogravuras que propõem uma nova leitura para a história de uma misteriosa criatura que surge no Chiado, em Lisboa. Em Óbidos, serão expostas pela primeira vez as peças em madeira talhadas pelo renomadoartista brasileiro para o livro, assim como as suas impressões originais. Também no decorrer do FOLIO será apresentada a primeira edição de O Lagarto, com a chancela da Porto Editora, no dia 22 às 18h30. 

Museu Abílio - Hall e piso 0 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for José Francisco Borges

José Francisco Borges

Mais conhecido como J. Borges é um dos mestres da literatura de Cordel, xilogravurista e um dos artistas populares brasileiros mais conceituados na América Latina e no mundo. Nasceu em1935 em Pernambuco e, aos 21 anos, iniciou-se na escrita de folhetos de cordel e, pouco depois, na xilogravura. Logo o seu trabalho impressionou colecionadores e marchands e, desde então, soma vários prémios e... Read More →


Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
MUSEU ABÍLIO

11:00

Retratos de autores, encontros nos caminhos da vida - Carlos Freire

Retratos de autores,
encontros nos caminhos da vida.

Meus anos de jovem fotógrafo em Paris se passaram da melhor maneira possível, dou-me conta disso ao concentrar minha memória para escrever este texto destinado à imprensa portuguesa informando-a sobre esta exposição de retratos de escritores na Folio 2016 em Óbidos.

Em 1973 comecei minha vida em fotografia. Um começo sem hesitações visto minha vontade de ganhar o que necessitava para sobreviver em Paris, realizando retratos de escritores de meu gosto, autores que eu havia lido em sua maioria, e vendendo as fotografias desses escritores por mim selecionados para editores, revistas literárias e páginas culturais de jornais franceses.

Deu certo, pois durante alguns anos trabalhei muito nesse campo, e o ampliei, pois tive a oportunidade de trabalhar com páginas culturais e editores em Londres. Nunca fui fotojornalista, meu ritmo de trabalho, lento e contemplativo, recusou naturalmente essa profissão, que requer um outro tipo de atitude, de temperamento. Atitude mais metódica, a dos fotojornalistas, mais objetiva.

Meus encontros me formaram, desde a adolescência, meus caminhos foram aqueles do imprevisto. Sem medo.

Algumas das fotografias mostradas aqui em Óbidos, na Folio 2016 são resultado de encomendas ( Iris Murdoch, Marguerite Duras, Roland Barthes).

A grande maioria foram feitas por minha iniciativa. Quase todas foram verdadeiros encontros. Dos autores mostrados aqui em Óbidos, dois foram grandes amigos, Mary McCarthy e Lawrence Durrell. Outros, como Emil Cioran, Julio Cortazar e Carole Dunlop, eram escritores que eu frequentei, eram próximos de mim, eu os via com frequência.

Esta mostra aqui na Folio é a ponta do iceberg.

Durante anos tive o grande prazer de poder ganhar minha vida retratando artistas de quase todos os meios de expressão: escritores, ensaístas, poetas, pintores, escultores, arquitetos, atrizes, atores, fotógrafos, cineastas, músicos.

Dentre alguns desses artistas e criadores:

Francis Bacon, Daniel Barenboim, Orson Welles, Susan Sontag, Alain Resnais, Annie Ernaux, Vieira Da Silva,Michel Leiris, Jorge Amado, Alvaro Siza, Willy Ronis,Carlos Fuentes, Roberto Rossellini, Oscar Niemeyer, André Kertèsz, Dominique Sanda, Jeanne Moreau, Manoel De Oliveira, Pierre Clementi, Klaus Kinski, Jean-Luc Godard, Marceline Loridan, Andy Wharol  e tantos outros, durante muitos anos de encontros em fotografia.

Fiz uns poucos livros, catálogos e brochuras de apresentações de minhas diversas exposições, mas com bons autores, que eu admiro: Jorge Amado,  Charles Morazé, Cesare De Seta, Lydie Lachenal, Charles Malamud, Pierre Vidal Naquet, Lawrence Durrell, Jacques Lacarrière, Adonis, Alain Jouffroy, Driss Benzekri, Marc Fumaroli, Renzo Piano.

Sem subvenções, em total liberdade, percorri dois terços de minha trajetória realizando minhas fotografias.

Quem sabe, mais do que isso...sem me aproximar de quem não devia. Livre, e espero, coerente nesse percurso.

Minha ultima exposição, anterior à atual em Óbidos, foi em 2014 e 2015 em Paris, no Mois de la Photo, se chamava "Carlos Freire dans la Sicile de Vincenzo Consolo". Mostrada na Galerie Dina Vierny durante seis meses, com minhas fotografias da Sicília e textos do escritor Vincenzo Consolo, grande escritor siciliano, homem integro e lúcido, um caro amigo.

Atualmente trabalho na belíssima cidade do Porto. Com Álvaro Siza, que me honrou em aceitar de realizar um livro comigo.

Feliz e honrado estou também de participar da Folio 2016 aqui em Óbidos mostrando uma pequena parte de minhas fotografias de escritores.

Fotografias feitas com simplicidade, e sem outra pretensão que a de registar um momento preciso da vida desses seres excepcionais que são os escritores, que nos oferecem tanto prazer de leitura com seus talentos.

Carlos Freire, agosto de 2016              
Siracusa, Sicília.   

 

(DR: Doris Lessing, Londres 1996 copyright Carlos Freire)


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Freire

Carlos Freire

Carlos Freire nasceu no Rio de Janeiro, em 1945. A viver em Paris desde 1968, onde iniciou, pouco depois, o seu trabalho como fotógrafo para revistas como a Magazine Littéraire, a Art Presse The Times- Hoje, o carioca que virou parisiense soma hoje já mais de 700 retratos–sobretudo de grandes vultos da Cultura –, exposições aplaudidas pela crítica mundial e... Read More →



Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

11:00

Utopia, Hoje
*Inauguração oficial com os artistas  dia 24 de setembro, sábado, às 16h00

A exposição “Utopia hoje” apresenta as propostas de 10 artistas que interpretam, de forma livre e autoral, as obras de dois nomes maiores da nossa literatura Fernando Pessoa e José Saramago. Ainda que escritas em épocas distintas, “Mensagem” e “A Jangada de Pedra”, símbolos da nossa memória cultural contemporânea, abordam temas identitários e podem sugerir, nesse sentido, uma reflexão sobre Portugal.Apresentados em dois núcleos distintos, e que pretendem suscitar um diálogo entre as obras de Pessoa e Saramago na perspectiva da Utopia, tema do FOLIO 2016, cada um dos artistas concentrou a sua alma e pensamento nos aspectos que mais lhe interessavam, sejam estéticos, históricos, geográficos ou políticos, apresentando múltiplas leituras e interpretações, que não devem ser entendidas como ilustrações, porque estão para além dos textos literários, ainda que criadas a partir deles. De Cláudio Garrudo, Joanna Latka, Marta Ubach, Pauliana Valente Pimentel, e Teresa Gonçalves Lobo são as obras referentes à “Mensagem” de Fernando Pessoa”, enquanto Augusto Brázio, Hélio Luís, Paula Almozara, Rui Soares Costa, e Tiago Casanova partem da obra “A Jangada de Pedra” de José Saramago.A exposição “Utopia hoje” tem a curadoria de Ana Matos e foi especialmente concebida para esta 2ª edição do FOLIO, numa parceria entre Casa Fernando Pessoa, Fundação José Saramago e Galeria das Salgadeiras. 500 anos passados da publicação de “Utopia” de Thomas More, 82 anos da “Mensagem” de Fernando Pessoa e 30 anos de “A Jangada de Pedra” de José Saramago, que sentidos encontraremos, hoje, para a palavra Utopia? O não-lugar, no seu sentido etimológico, a projecção de um mundo que reclamamos melhor, porque mais justo? Com esta exposição, propõem-se, pois, reflexões de cariz estético e artístico, mas também político e social em torno da temática da utopia.

Ana Matos
(Curadora da exposição e directora da Galeria das Salgadeiras)  

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ana Matos

Ana Matos

Lisboa, 1972. Vive e trabalha em Lisboa. | Fundadora e directora da Galeria das Salgadeiras fundada a 4 de Julho de 2003. | Co-Fundadora do “Bairro das Artes — A Rentrée Cultural da Sétima Colina de Lisboa”, criado em 2010. | Co-Fundadora e Membro da “Isto não é um Cachimbo. Associação”, fundada em 2014. | Curadora da Fundação José Saramago. | Mestre em... Read More →


Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
MUSEU ABÍLIO

11:00

LÚMEN - Instalação Rui Horta

LÚMEN

Instalação Rui Horta

O espaço como contexto mas, simultaneamente, o texto da obra. O corpo como mediador, lugar da revelação, território entre o transcendental e o concreto. Luz e Video, que convocam a imaterialidade para a experiência do visitante.

LÚMEN é um encontro improvável mas lógico, um convite para investir a Igreja do Espírito Santo e o desafio de deslocar o espaço sacral para o território da arte.

Rui Horta


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Rui Horta

Rui Horta

Coreógrafo e bailarino, Rui Horta nasceu em Lisboa e logo aos 17 anos começou a dançar no Ballet Gulbenkian. Viveu depois em Nova Iorque, onde completou a sua formação, foi professor e intérprete durante vários anos. Na Alemanha, dirigiu o Soap Dance Theatre Frankfurt, sendo o seu trabalho considerado uma referência na dança europeia e apresentado nos mais importantes teatros e festivais de... Read More →


Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
IGREJA DA MISERICÓRDIA Largo da Misericórdia

11:00

Feira do Livro de Saldos
Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
TENDA MAIS

11:00

Estreitando Margens

Inauguração da exposição de fotografia Desmargens, sobre o tema da Utopia

 



Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
ESPAÇO CLEPUL Residência José Joaquim dos Santos

11:00

Desnorte de Gilson Lopes
Quem vem ao FOLIO?
avatar for Gilson Lopes

Gilson Lopes

Tem mais de 30 anos de experiência nos campos da Ilustração, do design e da publicidade. Como ilustrador, colaborou com revistas importantes, no Brasil e em Portugal. Como diretor de arte, trabalhou em diversas agências de publicidade, nacionais e multinacionais. Teve grandes mestres e conheceu ou trabalhou com pessoas notáveis. Na publicidade, ganhou prémios no Brasil, EUA e Europa. Viveu altos e baixos... Read More →


Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

11:00

Muro - Exposição The Cooked Book
Muro - Exposição The Cooked Book  - Vila Joya Cr-eat-ivity 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →


Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
ENTRADA DA VILA

11:00

Muro - Exposição The Cooked Book
Muro - Exposição The Cooked Book  - Vila Joya Cr-eat-ivity 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →


Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
ENTRADA DA VILA

11:00

Porto Cartoon

PortoCartoon: Utopia com Humor

O tema do PortoCartoon 2016 está em sintonia com o FOLIO 2016.

Em Óbidos, pode ser vista uma seleção com os melhores desenhos do humor internacional sobre Entendimento Mundial/Utopia.

Mesmo que se apele ao entendimento mundial, os lápis do humor deslizam para as crateras do desentendimento, ou seja para a denúncia das contradições do poder, em diferentes instâncias.

O desenho vencedor é muito forte. O sino é bem maior que os barcos do desespero. Por mais que o toquem, a insensibilidade estelar tem sido evidente numa Europa que foge para os paraísos fiscais, insensível aos gritos de humanidade. Thomas More referia há 500 anos, na sua Utopia, que "a desonestidade da ganância de alguns converteu-se em calamidade". 

A calamidade não acabou. Pelo contrário, espalhou-se. 

O sino, insensível aos desesperos da humanidade, assinala bem os tempos que vivemos hoje.

Uma das exceções mais assinaláveis à linha do 'desentendimento global' é a participação de Plantu (estrela de Le Monde). Clarividente no apelo, ele faz uma homenagem ao entendimento utópico. Com esta particularidade: grita em português “Viva a Utopia”.

Outros artistas, aliás, repegaram na imagem antiga da ilha da utopia para as suas sátiras. Com incisão.

Ninguém pode ficar indiferente a estas mensagens. De arte e riso.

É a excelência do cartoon. Utopia com humor.

 

Luiz Humberto Marcos,

Diretor do Museu Nacional da Imprensa


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Museu Nacional da Imprensa

Museu Nacional da Imprensa

O Museu Nacional da Imprensa/Jornais e Artes Gráficas é propriedade de uma entidade cultural privada, sem fins lucrativos, a AMI Associação Museu da Imprensa, reconhecida pelo Estado como instituição de Utilidade Pública, com manifesto interesse cultural e abrangida pela lei do Mecenato Cultural. Está também reconhecida como instituição relevante para o... Read More →


Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
ESPAÇO "Ó" Rua da Vila 18, Porta do Vale 16, 2510-089 Óbidos

11:00

Utopia Colectiva
Exposição cartazes FOLIO – do ponto de vista da Utopia do público

O Folio 2016 é Utopia. O Cartaz do Folio uma tela perfeita.

Utopia: o cartaz ideal, imaginário, fantástico.


Há um folha de papel que dobrando-se desenha a letra F, por trás dela o espaço é branco. É o espaço da Utopia.

 O João Vilhena e o Afonso Cruz  pintaram o mote. A utopia que no Folio nasce do branco. Do meio de nós. Do meio do Folio.

Mas porque é ideal, imaginário e fantástico todos somos(temos) uma. Nunca um evento teve cartazes que fossem todos originais. Três, quatro, dez ou cem cartazes.  Os que todos quiserem fazer. 

No mundo social a comunidade que ama o Folio tem uma tela de utopia só para ela. Para cada um. Que á a tela matriz da Utopia coletiva. O Folio oferece a tela digital e todos devolvem nela as suas utopias.

 

Cartazes originais que depois serão expostos em formato A4 cobrindo as paredes de uma sala durante o Folio.

 

in Folio mais : a sala da Utopia.

 

Nela todos se podem fotografar durante o FOLIO ao lado da sua utopia. Junto da de todos os outros.  E repetir a partilha, ideal, fantástica, imaginária.

 

JMdiogo

 

Organizadores
avatar for José Manuel Diogo

José Manuel Diogo

Diretor de Comunicação, Folio
O Diretor de comunicação do Folio, José Manuel Diogo é um autor e colunista português. Especialista em media intelligence, informação e gestão de comunicação. Estudou Jornalismo e Engenharia Mecânica na Universidade de Coimbra, em Coimbra, frequentou o curso XXXV PADE – Programa de Alta Direcção de Empresas da AESE e Pós graduado pelo... Read More →



Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
ESPAÇO CRIATIVO ANDRÉ REINOSO

11:00

Visualizações Da Influência Da "Canção Do Exílio"

Inserida na programação - UTOPIA - Matemática e Literatura


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Joshua Enslen

Joshua Enslen

Joshua Enslen é professor associado de Português na Academia Militar de Westpoint nos Estados Unidos, onde começou a lecionar após completar o seu doutoramento em Línguas Românicas na Universidade de Georgia. Em 2008 publicou Embodying the Nation: Literature and Diplomacy in Brazil– a sua dissertação – e já escreveu diversos ensaios para revistas e jornais sobre escritores... Read More →



Sunday September 25, 2016 11:00 - 21:00
RESIDÊNCIA JOSEFA D'ÓBIDOS

11:00

Os livreiros propõem: Feira de alfarrabistas - Feira do livro antigo, de consulta e instrução
Os livreiros propõem: Feira de Alfarrabistas - Feira do Livro Antigo, de Consulta e Instrução Organização: Livrarias Artes e Letras e Letra Livre


Sunday September 25, 2016 11:00 - 22:00
PRAÇA DE SANTA MARIA

11:00

Wine Garden - FOLIALQ

CONCEITO FoliALQ

WINE GARDEN by ALQ

Câmara Municipal de Alenquer

Poderão esperar da nossa parte uma tenda a imitar uma taberna “moderna” e com design de interior interessante, gerida por um parceiro do Município e em estreita relação com os nossos produtores da ROTA DOS VINHOS DE LISBOA. Estaremos disponíveis em todos os dias do eventos, no horário sugerido na nossa reunião, com ligeiros ajustes para um horário mais curto ou mais prolongado a partir dos primeiros dias do eventos e de acordo com a vontade do público e visitantes. Neste espaço estará igualmente a tempo inteiro um ou dois técnicos da autarquia para prestar todas as informações necessárias sobre os vinhos de Alenquer as nossas relações com a literatura. Neste espaço deverá igualmente estar uma pequena livraria com edições do Município de Alenquer para podermos igualmente transformar o espaço num pequeno mas simpático espaço literário e que servirá de fundo a algumas apresentações de obras recém editadas pelo nosso Município sobre o vinho e sobre outros aspetos culturais do nosso concelho.

A ideia base do espaço, para além da taberna no interior da tenda, será a de montar no exterior uma esplanada vínica, que possibilite a todos os visitantes disfrutar do evento na generalidade, retemperando forças neste local com recurso aos vinhos e petiscos que estarão à venda quer ao copo, quer em garrafa.

Temos previsto igualmente fazer alguns pequenos apontamentos musicais com músicos do concelho e de récita de poesia com escritores do concelho, que transformem esta esplanada vínica num local culturalmente ativo e acolhedor.  

Por último lançaremos o desafio aos nossos produtores para estarem presentes em cada dia do evento no sentido de poderem fazer algumas apresentações e provas de vinhos. Na certeza de que a sua presença trará a cada vinho um élan especial. Claro que como estaremos em plena época de vindimas e vinificação não podemos nesta fase quantificar a presença destes mas obviamente que alguns terão todo o gosto em estar presentes ou fazerem-se representar por seus colaboradores.



Sunday September 25, 2016 11:00 - Monday September 26, 2016 01:00
CERCA DO CASTELO

12:00

Estórias Contadas: A HISTÓRIA DA CAROCHINHA

“A HISTÓRIA DA CAROCHINHA”

Veto Teatro Oficina

Com A “História da Carochinha”, o Veto Teatro Oficina, recria o conto tradicional apresentando-o numa versão suportada pelo recurso a marionetas, apenas com o apoio da música feita no momento.

O bonecreiro mostra os bonecos, despidos de efeitos surpresa, narrando ele próprio a história enquanto elemento vivo do espetáculo.

A magia está presente no diálogo que se estabelece com o público e no jogo entre o que se mostra e o que se esconde.

Contadores: Nuno Domingos; Paulo Domingos e Francisco Selqueira



Sunday September 25, 2016 12:00 - 13:00
TENDA MAIS

12:30

"Curso do Silêncio" com João Barrento
Miguel Gonçalves Mendes "Curso do Silêncio" - com João Barrento 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for João Barrento

João Barrento

Natural de Alter do Chão, João Barrento (1940) é crítico, tradutor literário de língua alemã, ensaísta e cronista. É autor de diversos artigos e ensaios sobre a literatura alemã, portuguesa, inglesa, literatura comparada e teoria da literatura e tradução, tendo publicado em revistas da especialidade e nos jornais Expressoe Público. Recebeu vários prémios nas áreas da tradução e crítica literária.
avatar for Miguel Gonçalves Mendes

Miguel Gonçalves Mendes

Nasceu na Covilhã em 1978 e já trabalhou como ator, diretor, produtor e realizador. Fez nascer o projeto José e Pilar, o documentário sobre o Nobel da Literatura José Saramago, que arrecadou vários prémios e ainda o levou a representar Portugal na categoria de Melhor Filme em Língua Estrangeira nos Óscares, em 2012. Realizou Autografia, uma longa-metragem documental sobre a vida do... Read More →


Sunday September 25, 2016 12:30 - 13:30
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

14:30

Vila Joya VIP Lounge

O projeto do Cooked Book não é sobre comida, é sobre sentimentos e emoções comestíveis, que juntou o Vila Joya, a Ivity e as suas deliciosas histórias - cr-EAT-ivity - numa receita única.

Cada prato tem uma história, cada Chef é um escritor, cada "livro cozinhado" é um pedaço da cultura cr-EAT-ive. O "livro cozinhado" é uma experiência visual concebida a partir do coração da cozinha do Vila Joya, para celebrar todos os Chefes do mundo, que escrevem a história da Gastronomia, todos os dias.

Sabor é tudo para o Chefe Koshina e a sua equipa. Sabor visual é tudo para o Chef-Designer Paulo e a sua equipa. Quando um Chef-Designer invade uma cozinha premiada com duas estrelas Michelin, quebra as regras e vai para além dos próprios alimentos - isso é cr-EAT-ivity.

Enquanto cruzam as muitas disciplinas de cr-EAT-ivity, Chef-Designers e Chefs de Cozinha fazem o mesmo, mas de maneiras diferentes. Escrevem histórias, reescrevem as memórias, equilibram sabores e ligam sensações. Cortam, fatiam, fervem, congelam. É brutal, é sensível. É um encontro cr-EAT-ive, que contraria o óbvio para tirar o máximo proveito dos nossos sabores mentais.

Para fazer parte do FOLIO, quisemos criar algo muito especial, nunca visto. Um livro de receitas teria sido fantástico, mas não era novidade. Enquanto pensávamos em livros de receitas e Chefs, em literatura, em livros e palavras, começámos a pensar como iríamos confeccionar esta receita. Depois de uma maravilhosa refeição com a equipa de design da Ivity, percebemos o seguinte: cada prato tem a sua própria história, escrita pelo seu Chef. Assim, todos Chefs no mundo são escritores. As suas palavras são os ingredientes deliciosos que lhes são oferecidos pela natureza, as receitas confeccionadas fazem a história, e o menu é o livro do Chefe, que é escrito principalmente com amor.

 ----

Varanda Pelourinho - Vila Joya Vip Lounge

Pelourinho room - Cooked Book launch talk

Padaria - Cooked Book live experience


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →
avatar for Dieter Koschina

Dieter Koschina

Vila Joya
Natural da Áustria, o Chef Dieter Koschina, lançou o Vila Joya na lista dos 50 melhores restaurantes no Mundo. Este restaurante premiado com duas estrelas Michelin, combina produtos locais com técnicas de cozinha do Norte da Europa.



Sunday September 25, 2016 14:30 - 23:00
Vila Joya VIP Lounge

15:00

"Autografia" apresentado por Emília Pinto de Almeida
Miguel Gonçalves Mendes "Autografia" apresentado por Emília Pinto de Almeida 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Emília Pinto de Almeida

Emília Pinto de Almeida

É Mestre em Filosofia e doutora em História de Arte com especialização em Teoria da Arte pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Dedica-se ao estudo da arte contemporânea e já publicou vários artigos em revistas académicas, bem como ensaios sobre literatura. É ainda investigadora-colaboradora do Laboratório de Estudos... Read More →
avatar for Miguel Gonçalves Mendes

Miguel Gonçalves Mendes

Nasceu na Covilhã em 1978 e já trabalhou como ator, diretor, produtor e realizador. Fez nascer o projeto José e Pilar, o documentário sobre o Nobel da Literatura José Saramago, que arrecadou vários prémios e ainda o levou a representar Portugal na categoria de Melhor Filme em Língua Estrangeira nos Óscares, em 2012. Realizou Autografia, uma longa-metragem documental sobre a vida do... Read More →


Sunday September 25, 2016 15:00 - 16:00
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

15:00

Conversa com Jutta Bauer e Pia Krämer

Tomando como ponto de partida a apresentação do Álbum Ilustrado A Rainha das Cores lançado recentemente pela editora O Bichinho de Conto, Jutta Bauer e Pia Krämer dão voz e sentido a um encontro entre a cor e a utopia da narrativa de imagem.


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Jutta Bauer

Jutta Bauer

Nasceu em 1955, estudou design em Hamburgo onde vive e trabalha como ilustradora até aos dias de hoje. É uma das mais prestigiadas ilustradoras na Alemanha e no mundo e tem merecido ao longo dos anos várias distinções e prémios. As suas ilustrações têm percorrido o mundo em mostras coletivas e individuais. Foi premiada pela IBBY em 1994; recebeu o German Youth Literature Prize... Read More →


Sunday September 25, 2016 15:00 - 16:00
GALERIA NOVA OGIVA Rua Direita 2510-086 ÓBIDOS

15:00

Richard Zimler, Ana Margarida de Carvalho e Lúcia Bettencourt. Moderação, Helena Vasconcelos - "Como se constrói um romance histórico"
Richard Zimler, Ana Margarida de Carvalho e Lúcia Bettencourt aprenderam a escutar os silêncios do passado; nesta conversa, moderada por Helena Vasconcelos vai falar-se de como se constrói um romance histórico – da sua actualidade e do seu futuro

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Lúcia Bettencourt

Lúcia Bettencourt

Lúcia Bettencourt nasceu em 1969 e é uma escritora brasileira, doutora em literatura comparada pela Universidade Federal Fluminense, dá aulas e promove oficinas de contos no Brasil e no estrangeiro. É autora de A Secretária de Borges, vencedor do Prémio Sesc de Literatura 2005 e mais dois prémios: o I Osman Lins de Contos, de 2005 e o 10º Josué Guimarães, obtido na Jornada de... Read More →
avatar for Ana Margarida de Carvalho

Ana Margarida de Carvalho

Ana Margarida de Carvalho nasceu em Lisboa, onde se licenciou em Direito e se viria a tornar jornalista. Ganhou vários prémios enquanto jornalista, entre os quais o Prémio Gazeta Revelação do Clube de Jornalistas de Lisboa, do Clube de Jornalistas do Porto e da Casa de Imprensa. Passou pela redação da SIC e publicou artigos na revista Ler, no Jornal de Letras, na entretanto extinta... Read More →
avatar for Helena Vasconcelos

Helena Vasconcelos

Helena Vasconcelos é escritora e jornalista, natural de Lisboa e com a infância passada em Goa e Moçambique. Formou-se em Filologia Germânica na Universidade Clássica de Lisboa e em História de Arte pela ARCO. Já passou pelo semanário O Independente, sendo que neste momento colabora com a ELLE e com o Público. Apoia a leitura nas Bibliotecas Municipais com a Culturgest de Lisboa... Read More →
avatar for Richard Zimler

Richard Zimler

Nasceu em Nova Iorque em 1956 e é formado em Religião Comparada na Duke University e fez um mestrado de Jornalismo em Stanford. Foi jornalista durante quase uma década na região de São Francisco e desde 1990 que vive no Porto, onde lecionou jornalismo. Em 1996 publicou o romance histórico O Último Cabalista de Lisboa, um best-seller internacional que lançou a carreira de Zimler. É... Read More →


Sunday September 25, 2016 15:00 - 16:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

15:00

Estórias Contadas: O PESCADOR E A SEREIA

“O PESCADOR E A SEREIA”

Esta é uma história construída a partir de diversas histórias do imaginário popular. O ato de contar é partilhado com o público que assume os diversos personagens tornando-se interprete e cúmplice na ação.

A amizade e o amor mesmo quando impossível são os ingredientes de uma trama que relaciona mar e terra, pobreza e riqueza, sonho e fantasia.

Contador: António Júlio Santos

 

VETO Teatro Oficina

Nascido em 1969, é herdeiro de uma tradição de teatro em Santarém, tendo até 1973, se dedicado ao trabalho para crianças. É neste ano que, já com o nome de Veto Teatro Oficina, que estreou um espetáculo de grande ousadia política, dirigido e representado por Gomes Vidal, Carlos Oliveira, Maria João, Hélder Santos, Nuno Domingos, José Ramos e António Batalha.

As produções do Veto já foram apresentadas nos Estados Unidos, Republica Checa, Inglaterra, França, Finlândia, Espanha e Brasil. Em Portugal, percorreram todo o continente e ilhas, num total de mais de 250 teatros em todo o país

Quem vem ao FOLIO?

Sunday September 25, 2016 15:00 - 16:30
TENDA MAIS

15:00

Casa dos Poetas - Programação Raquel Nobre Guerra e Valério Romão
Quem vem ao FOLIO?
PB

Patrícia Baltazar

Nasceu lírica no Ano da Serpente em 1977. Foi um parto difícil. Não nasceu, não trabalha, não vive em Lisboa. Não tem habilitações académicas. Foi várias secretárias executivas, coordenadora de coisas, formadora de outras tantas, empregada doméstica, baby-sitter, barowomen e, às vezes, DJ. Fez parte de uma banda esquisita nos anos 90. Vive... Read More →
JC

João Concha

Nasceu em Évora, 1980. Vive e trabalha entre Lisboa e Londres, entre a escrita e as artes visuais. É um dos editores da INÚTIL, revista de poesia e imagem. Em 2013 fundou a 'não (edições)', chancela da qual é editor.
CS

Catarina Santiago Costa

Nasceu em Lisboa, em 1975. Frequentou o curso de Comunicação Social na Universidade da Beira Interior (Covilhã) e licenciou-se em Filosofia pela Universidade Católica Portuguesa (Lisboa). Ambos os seus livros, Estufa (2015) e Tártaro (2016), foram publicados pela editora Douda Correria.
RM

Ricardo Marques

Nasceu em Sintra (1983). Escreve e traduz poesia. Investiga e dá aulas de literatura.
RM

Rosalina Marshall

Nascida em Lisboa em 1976, estudou Filosofia na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com pós-graduação em tradução pelo Chartered Institute of Linguists. Publicou os livros Manucure (2013), Ginecologia. Considerações em defesa da virgindade de Nossa Senhora (2014) e Clorântida (2015). Tem uma gata que mora em casa de uma amiga no Senhor Roubado.
RT

Ricardo Tiago Moura

Junho, 1978. Publicou os livros Um gato para dois (Hariemuj, 2013), Epístolas a D. (não edições, 2013), Espaço aéreo (Arqueria, 2014) e pequena indústria (Tea for One, 2016). Tem publicado dispersamente poemas em revistas e antologias. Dedica-se também à colagem. Vive em Køge, Dinamarca
ND

Nunes da Rocha

Nascido em Lisboa, em 1957 e, sendo caso, gajo que não confunde o bife à milanesa com o bife ali na mesa.


Sunday September 25, 2016 15:00 - Monday September 26, 2016 00:00
CASA DOS POETAS

16:00

Utopia – Matemática e Literatura - "Matemática e literatura do renascimento"

UTOPIA – Matemática e Literatura: Debate com Carlota Simões (Universidade de Coimbra) e Carlos Pereira dos Santos

Tema: matemática e literatura do renascimento 


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Pereira dos Santos

Carlos Pereira dos Santos

Carlos Pereira dos Santos é doutorado em Matemática pela Universidade de Lisboa. É co-autor de A Matemática do Código d'Vinci da Editora Gradiva e dos projectos da revista Visão/Público Jogos com História e Jogos do Mundo. É actualmente investigador e colaborador do Colégio de São Tomás onde ajuda na implementação do método de Singapura... Read More →
avatar for Carlota Simões

Carlota Simões

Doutorada em Matemática pela Universidade de Twente, Países Baixos, é professora no Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra. É autora de "Descobre a Matemática" e co-autora de "Descobre o Som", da colecção Ciência a Brincar da Editorial Bizâncio. Actualmente é Vice-Directora do Museu da Ciência da Universidade... Read More →


Sunday September 25, 2016 16:00 - 17:00
GALERIA L

16:00

Os Editores propõem: "Um momento meu" - Apresentação do livro de Paulo Caiado
Os editores propõem: "Um momento meu" - Apresentação do livro de Paulo Caiado
Editora Marcador

Sunday September 25, 2016 16:00 - 17:00
LIVRARIA SANTIAGO Largo de São Tiago do Castelo, 2510-106 Óbidos

16:30

“Três Exemplos das Novelas Exemplares” de Miguel de Cervantes

TRÊS EXEMPLOS DAS NOVELAS EXEMPLARES

de Miguel de Cervantes

Tradução de Aquilino Ribeiro

 

Leituras pelos ARTISTAS UNIDOS

16.30 RINCONETE E CORTADILLO por Jorge Silva Melo

18.00 COLÓQUIO DE CÃES (excertos) por Américo Silva, André Pardal, António Simão, João Meireles, Jorge Silva Melo, Pedro Carraca e Tiago Matias

19.00 UM VELHO DE ZELOS por Américo Silva, André Pardal, António Simão, João Meireles, Jorge Silva Melo, Pedro Carraca e Tiago Matias

 

Ladrões, pulhas, pelintras, fraldiqueiros, fidalgos sem cheta, vadios, guitarristas, mendigos, malfeitores, gente reles, aventureiros, trapaceiros, enganadores e enganados, presumidos, e velhos ciumentos – e também cães! – atropelam-se pelas ruas sujas de Sevilha nestas doze novelas morais (mas qual moral?) que Miguel de Cervantes foi escrevendo entre 1590 e 1612,  à maneira “italiana”.

 

A isto se aplicou meu engenho, por aqui me leva minha inclinação, e mais que dou a entender, e é assim, que sou o primeiro que novelei em língua castelhana, que as muitas novelas que nela andam impressas, todas são traduzidas de línguas estrangeiras, e estas são minhas próprias, não imitadas nem furtadas; meu génio as engendrou, e pariu-as minha pena, e vão crescendo aos braços da imprensa.

Miguel de Cervantes

 

Sim, Cervantes experimentou muito.

Escreveu teatro, comédias, entremeses e tragédias, poesias, sempre atento às mudanças que a literatura ia conquistando: se há autor que poderíamos para sempre considerar experimental, é D. Miguel, imparável. E escreveu o Quijote. 

Com as Novelas Exemplares, queria apresentar uma espécie de narrativa ligeira, concentrada no efeito e na velocidade. E queria responder à moda das novelas italianas que infestavam Espanha.  Estava seguro do valor da obra e consciente da qualidade do próprio trabalho. O “exemplares” do título tanto pode indicar que as novelas suscitam lições de moral, como também pode ser uma forma nada discreta de anunciar que outros escritores podem usar o seu estilo como exemplo.

Depois de ter feito a sua esplendida tradução do Quixote, o romancista Aquilino Ribeiro (1885/1963) traduziu em 1958 as Novelas Exemplares, tradução agora reeditada pela Bertrand.


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Jorge Silva Melo

Jorge Silva Melo

Jorge Silva Melo (1948) nasceu em Lisboa e estudou na London Film School. Foi crítico de teatro em publicações como O Tempo e o Modo, A Capitale o Jornal de Letras. Trabalhou na área de produção com João César Monteiro, Paulo Rocha, António Pedro Vasconcelos e Alberto Seixas Santos. Em 1973 funde e dirige o Teatro da Cornucópia com Luís Miguel Cintra e aqui trabalha como... Read More →



Sunday September 25, 2016 16:30 - 17:30
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

17:00

"Nada tenho de meu" apresentado por Tatiana Salem Levy
Miguel Gonçalves Mendes "Nada tenho de meu", apresentado por Tatiana Salem Levy 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Tatiana Salem Levy

Tatiana Salem Levy

O sexo na literatura foi um dos temas fortes da primeira edição do festival literário e Tatiana Salem Levy não se inibiu de falar abertamente sobre estes dois intensos prazeres. Nascida em Lisboa em 1979, a escritora de sotaque brasileiro venceu o Prémio São Paulo Literatura 2008 com o seu primeiro romance, A Chave de Casa. Os seus romances estão traduzidos e editados em... Read More →
avatar for Miguel Gonçalves Mendes

Miguel Gonçalves Mendes

Nasceu na Covilhã em 1978 e já trabalhou como ator, diretor, produtor e realizador. Fez nascer o projeto José e Pilar, o documentário sobre o Nobel da Literatura José Saramago, que arrecadou vários prémios e ainda o levou a representar Portugal na categoria de Melhor Filme em Língua Estrangeira nos Óscares, em 2012. Realizou Autografia, uma longa-metragem documental sobre a vida do... Read More →


Sunday September 25, 2016 17:00 - 18:00
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

17:00

Mário de Si – Performance inspirada na correspondência entre Pessoa e Sá Carneiro
Mário deSi
Perfomance inspirada na correspondência entre Pessoa e Sá Carneiro
Coordenação Pedro Giestas

Anatomia da Identidade que recentemente nasceu em Óbidos, apresenta o seu primeiro trabalho coletivo com este espetáculo. Celebrar a vida é umdos grandes objetivos deste projeto por isso, apresentamos um poeta, que, tendo-se retirado da vida por vontade própria, sempre viveu em busca louca, e sempre insatisfeita pela beleza a celebrar. Mário deSá Carneiro foi para este grupo um homem louco que causou curiosidade, a estória que queremos contar é a do momento emque essa loucura foi familiar a cada umde nós. Mário do outro lado do espelho, eu e outro.

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Pedro Giestas

Pedro Giestas

Pedro Giestas é natural de Vouzela, de onde saiu para frequentar o Conservatório de Teatro no Bairro Alto em Lisboa em 1990. Criador do Teatro Invisível, tem desde então desenvolvido projetos que visam sobretudo levar o teatro junto de povoações do interior do país. De destacar Amar uma Pipoca e a participação na peça O Beijo da Mulher... Read More →


Sunday September 25, 2016 17:00 - 18:00
RUAS DE ÓBIDOS

17:00

Utopia Cromática – Concerto a seis mãos para piano e pincéis

Quem sofre de um certo tipo de sinestesia vê cores quando ouve som. Uma cor diferente por cada nota. E, de facto, som e cor são ambos tipos de vibração de lados opostos de um vasto espectro que compreende a nossa realidade física e talvez também a nossa realidade espiritual.

A Utopia Cromática leva-nos a um lugar de encontro entre som e cor, uma ilha improvável onde um piano é testemunho um diálogo vibratório e dinâmico entre teclas e pinceis, entre timbre e pigmentos e entre ritmo e movimento. Esta conversa sobre tensão, intenção, intensidade, assistido e afagado pelas 6 mãos de Fernando Santos (piano), Paulo Galindro (pincel soprano) e Marc Parchow (trincha tenor). Ao som de uma polifonia cromática desenvolve-se um improviso estudado que lentamente cria o elo entre a cor que vemos e o som que ouvimos.

Esperamos que deste efémero encontro simbiótico brota em torno do transformado Utopiano um público decerto capaz de ver a música e de ouvir as cores.

 


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Paulo Galindro

Paulo Galindro

Nasceu como as uvas, sem cabelo, fruto da bela colheita que foi 1970. O cabelo foi-lhe crescendo ao som das enormes impressoras da gráfica onde o seu pai trabalhava... e onde o cheiro das tintas lhe adubou os sonhos. Anos mais tarde, acalentando o desejo secreto de ser astronauta, licenciou-se em arquitectura, foi pai de dois filhos e ilustrou uma pilha de livros. É um facto que ainda não é astronauta, mas dizem por... Read More →
avatar for Marc Parchow

Marc Parchow

Nasceu em Paris, no Verão quente de 1976, onde se sujeitou a uma elevada concentração de criatividade, que mais tarde o viria a prejudicar na escolha de emprego, tornando-o indiferente a uma carreira lucrativa como informático. Sobrevive desde então como ilustrador e designer. Co-fundou a editora Qual Albatroz, e está a montar uma oficina de serigrafia e práticas artesanais.
avatar for Fernando António dos Santos

Fernando António dos Santos

Nasceu na República do Congo, em 1958. Iniciou a sua formação musical muito jovem na cidade da Figueira da Foz, que vem prolongando autodidacticamente até aos dias de hoje. | Com o tempo, a sua música tornou-se a expressão electromagnética de um algoritmo que ressoa com o momento presente.


Sunday September 25, 2016 17:00 - 18:00
LARGO DE SANTIAGO

17:00

Marçal Aquino e Patrícia Müller. Moderação, Ricardo Costa - "Guionismo e literatura"
Marçal Aquino e Patrícia Müller falam sobre guionismo e literatura, com moderação de Ricardo Costa

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Marçal Aquino

Marçal Aquino

Escritor, jornalista e guionista, Marçal Aquino nasceu no interior de São Paulo, em 1958. Em 1984 estreia-se no mundo literário com um livro de poemas, sendo que nos anos seguintes publica livros de contos como O Amor e Outros Objetos, vencedor do Prémio Jabuti em 2000. Como jornalista, passou pelas redações do Gazeta Esportiva, O Estado de São Paulo e na secção policial do Jornal... Read More →
avatar for Ricardo Costa

Ricardo Costa

Ricardo Costa é o atual Diretor de Informação da SIC, teçevisão pertencente ao grupo Impresa, grupo que também detém publicações como o Expresso e a Visão. Irmão de António Costa, Primeiro Ministro português, nasceu em 1968. Frequentou o curso de Ciências de Comunicação na Universidade Nova de Lisboa, mas não chegou a conclui-lo... Read More →
avatar for Patrícia Müller

Patrícia Müller

Patrícia Müller (1978) é natural de Lisboa e estudou Ciências da Comunicação na Universidade de Lisboa. Começou como jornalista na revista Elle e em 2000 inicia-se na televisão. Escreve filmes, séries, telefilmes, novelas, primeiro na TVI e depois para a SIC. Escreveu Mar de Paixão, Mar Salgado, Poderosas, Rosa Fogo, sendo que esta última foi nomeada para um Emmy... Read More →


Sunday September 25, 2016 17:00 - 18:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

17:55

Comboio Literário | Lisboa - Óbidos
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h17 e às 00h35. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 
NOTA: Há transporte FOLIO entre a estação de comboio de Óbidos e a Vila Literária 


Sunday September 25, 2016 17:55 - 19:00
Lisboa Estação do Rossio

18:00

“Três Exemplos das Novelas Exemplares” de Miguel de Cervantes

TRÊS EXEMPLOS DAS NOVELAS EXEMPLARES

de Miguel de Cervantes

Tradução de Aquilino Ribeiro

 

Leituras pelos ARTISTAS UNIDOS

16.30 RINCONETE E CORTADILLO por Jorge Silva Melo

18.00 COLÓQUIO DE CÃES (excertos) por Américo Silva, André Pardal, António Simão, João Meireles, Jorge Silva Melo, Pedro Carraca e Tiago Matias

19.00 UM VELHO DE ZELOS por Américo Silva, André Pardal, António Simão, João Meireles, Jorge Silva Melo, Pedro Carraca e Tiago Matias

 

Ladrões, pulhas, pelintras, fraldiqueiros, fidalgos sem cheta, vadios, guitarristas, mendigos, malfeitores, gente reles, aventureiros, trapaceiros, enganadores e enganados, presumidos, e velhos ciumentos – e também cães! – atropelam-se pelas ruas sujas de Sevilha nestas doze novelas morais (mas qual moral?) que Miguel de Cervantes foi escrevendo entre 1590 e 1612,  à maneira “italiana”.

 

A isto se aplicou meu engenho, por aqui me leva minha inclinação, e mais que dou a entender, e é assim, que sou o primeiro que novelei em língua castelhana, que as muitas novelas que nela andam impressas, todas são traduzidas de línguas estrangeiras, e estas são minhas próprias, não imitadas nem furtadas; meu génio as engendrou, e pariu-as minha pena, e vão crescendo aos braços da imprensa.

Miguel de Cervantes

 

Sim, Cervantes experimentou muito.

Escreveu teatro, comédias, entremeses e tragédias, poesias, sempre atento às mudanças que a literatura ia conquistando: se há autor que poderíamos para sempre considerar experimental, é D. Miguel, imparável. E escreveu o Quijote.

Com as Novelas Exemplares, queria apresentar uma espécie de narrativa ligeira, concentrada no efeito e na velocidade. E queria responder à moda das novelas italianas que infestavam Espanha.  Estava seguro do valor da obra e consciente da qualidade do próprio trabalho. O “exemplares” do título tanto pode indicar que as novelas suscitam lições de moral, como também pode ser uma forma nada discreta de anunciar que outros escritores podem usar o seu estilo como exemplo.

Depois de ter feito a sua esplendida tradução do Quixote, o romancista Aquilino Ribeiro (1885/1963) traduziu em 1958 as Novelas Exemplares, tradução agora reeditada pela Bertrand.


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Pedro Carraca

Pedro Carraca

Nascido em 1973, Pedro Carraca tirou o curso no Instituto Franco-Português. Já trabalhou com António Feio, Luís Miguel Cintra, Fernanda Lapa, entre muitos outros. O ator, que integra o grupo Artistas Unidos desde 1995, já participou em várias peças e filmes. No grande ecrã participou em Quando Troveja (1999), O Grande Kilapy (2012) e Avé Maria (2006). Nos palcos, fez parte do elenco de... Read More →
avatar for Tiago Matias

Tiago Matias

Tiago Matias é ator de teatro e televisão. Pisou o palco pela primeira vez em 2000 na Companhia de Teatro de Sintra. Aqui interpretou nomes que incluem Tchekóv, Nuno Bragança, Maquiavel e Bernardo Soares/Fernando Pessoa, com encenadores como João de Mello Alvim e Nuno Correia Pinto. Já no Teatro da Cornucópia, trabalhou com veterano Luis Miguel Cintra e com Christine Laurent, integrando o elenco de... Read More →
avatar for João Meireles

João Meireles

João Meireles é ator e formou-se no Instituto de Formação, Investigação e Criação Teatral, em Lisboa. Fez parte do Teatro Universitário de Évora, onde trabalhou com Luis Varela, Fernando Mora Ramos e Manuel Borralho. Desde 1995 que integra o coletivo do grupo Artistas Unidos onde contracenou em peças de Shakespeare, Brecht, e Goethe e também assumiu o papel de... Read More →
avatar for Jorge Silva Melo

Jorge Silva Melo

Jorge Silva Melo (1948) nasceu em Lisboa e estudou na London Film School. Foi crítico de teatro em publicações como O Tempo e o Modo, A Capitale o Jornal de Letras. Trabalhou na área de produção com João César Monteiro, Paulo Rocha, António Pedro Vasconcelos e Alberto Seixas Santos. Em 1973 funde e dirige o Teatro da Cornucópia com Luís Miguel Cintra e aqui trabalha como... Read More →
avatar for André Pardal

André Pardal

Ator de teatro, cinema e televisão, André Pardal nasceu em Cascais em 1986. É licenciado em Teatro pela Escola Superior de Teatro e Cinema, para além de contar com uma série de formações na representação. O ator multifacetado teve a sua estreia teatral em Arte, com encenação de António Feio, participando entretanto em peças como Solércia, Romeu e... Read More →
avatar for Américo Silva

Américo Silva

Américo Silva é ator e trabalha sobretudo no teatro e no cinema. Formou-se no Instituto de Formação, Investigação e Criação Teatral e na Escola Superior de Teatro e Cinema, onde se especializou em Teatro. Estreou-se nos palcos da Sociedade Guilherme Cossoul emA Morte no Bairro, de Alfonso Sastre. Colaborador dos Artistas Unidos desde 1996, já participou nas peças... Read More →
avatar for António Simão

António Simão

António Simão é ator, encenador e produtor. Faz parte do grupo de teatro Artistas Unidos desde 1995 e entrou ainda em filmes como António, um Rapaz de Lisboa, de Jorge Silva Melo, adaptado a partir da peça de teatro homónima. Em vários palcos do país, como o Teatro da Trindade, Teatro Taborda, Teatro D. Maria II, Fundação Calouste Gulbenkian, Teatro da Politécnica, entre... Read More →



Sunday September 25, 2016 18:00 - 19:00
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

18:30

O Mundo Ideal - Utopias Religiosas

Há mais de um século que a visão evolucionista da sociedade nos disse que as religiões tenderiam para o desaparecimento; As sociedades mais evoluídas deixariam, mesmo, a prática religiosa, imagem de uma maturidade mais elevada que superaria totalmente a superstição.

Contudo, o apelo do factor religioso não deixou de ter ecos na nossa sociedade, onde nas últimas dezenas de anos vemos um “regresso do sagrado”, quer através das formas religiosas mais tradicionais, quer através de formas vindas de outras culturas e geografias.

Na frase que pela tradição bíblica Moisés nos lança como mote para este debate, vemos ecoar a origem das religiões monoteístas do Mediterrâneo: Abraão. Migrante, fugitivo ou refugiado, aquele que é o Profeta comum a Judeus, Cristãos e Muçulmanos lança o apelo da busca, da procura, da satisfação, não apenas na relação com o divino, mas também com a melhoria das condições de vida, a procura de alimento, de paz e de dignidade.

Através de códigos, como o Decálogo, ou de interditos alimentares e sociais, ou mesmo, através de regras para o funcionamento da finança, na sua origem, vemos as Religiões Abraâmicas como espaço de justiça social, de desenvolvimento e de afirmação de direitos.

Mas, regressados da História aos dias de hoje, onde reside a centelha de Utopia no desafio religioso? Como podem ser as religiões um espaço mental de busca do que nunca se encontrará mas não se deixa de buscar?

Entre o conservadorismo de instituições e de grupos que recusam a mudança, ou como motor transformador e criativo, onde colocamos hoje o pensamento e a prática religiosa, depois de tanta bibliografia já se produzido afirmando os dois opostos e tantas mais variantes a essa visão extremada entre o positivo e o negativo?

 


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Yonatan ben Avraham

Yonatan ben Avraham

Presidente da Associação de Amizade Portugal-Israel
avatar for Rachid Ismael

Rachid Ismael

Director do Colégio Islâmico de Palmela
JR

Jaime Ramos

Templo Ecuménico Universalista
avatar for Abdool Vakil

Abdool Vakil

Presidente da Comunidade Islâmica de Lisboa
avatar for Frei Fernando Ventura

Frei Fernando Ventura

Frei Fernando Ventura, franciscano capuchinho, nasceu em 1959. Teólogo e biblista, foi professor de Ciências Religiosas no ISCRA em Aveiro. É intérprete na Comissão Teológica Internacional da Santa Sé. Colabora, como tradutor, com diversos organismos internacionais, como a Ordem dos Capuchinhos, a OFS e a Federação Bíblica Mundial. Pertence ao quadro de redactores da revista... Read More →
avatar for Richard Zimler

Richard Zimler

Nasceu em Nova Iorque em 1956 e é formado em Religião Comparada na Duke University e fez um mestrado de Jornalismo em Stanford. Foi jornalista durante quase uma década na região de São Francisco e desde 1990 que vive no Porto, onde lecionou jornalismo. Em 1996 publicou o romance histórico O Último Cabalista de Lisboa, um best-seller internacional que lançou a carreira de Zimler. É... Read More →


Sunday September 25, 2016 18:30 - 19:30
THE LITERARY MAN HOTEL

19:00

Juan Pablo Villalobos e Luiz Ruffato. Moderação, Isabel Lucas - "Novos rumos para as literaturas sul-americanas"
Juan Pablo Villalobos e Luís Ruffato conversam sobre os novos rumos para as literaturas sul-americanas, com moderação de Isabel Lucas. 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Isabel Lucas

Isabel Lucas

Licenciada em Comunicação Social pela Universidade Nova de Lisboa. É jornalista e crítica literária. Escreve no jornal Público, colabora regularmente nas revistas Ler e na Up. É autora do livro "Conversas com Vicente Jorge Silva" (Temas e Debates, 2013), co-autora dos livros "Anne Teresa de Keersmaeker em Lisboa" (EGEAC, 2012) e "Uma Coisa Concreta", sobre os 20 anos da Companhia de Dança de... Read More →
avatar for Luiz Ruffato

Luiz Ruffato

Luiz Ruffato (1961) é natural de Minas Gerais, no Brasil, e licenciou-se em Comunicação Social. De si mesmo, diz que já foi pipoqueiro, caixeiro de botequim, jornalista, sócio de assessoria de imprensa, gerente de lanchonete, vendedor de livros...͟. Escritor de referência na literatura contemporânea brasileira começou por publicar contos como Histórias de Remorsos e Rancorese Eles eram... Read More →
avatar for Juan Pablo Villalobos

Juan Pablo Villalobos

O escritor nasceu em Guadalajara, no México, e vive atualmente em Barcelona. Escreve regularmente para imprensa e as suas obras foram traduzidas em 15 línguas. 'Down the Rabbit Hole', a sua obra de estreia, foi aclamada pela crítica latina. Os seus trabalhos mais recentes incluem os livros'Festa no covile Se vivêssemos em um Lugar Normal', parte de uma trilogia sobre o México que ficou completa em 2015 com a... Read More →


Sunday September 25, 2016 19:00 - 20:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

19:30

“Três Exemplos das Novelas Exemplares” de Miguel de Cervantes

TRÊS EXEMPLOS DAS NOVELAS EXEMPLARES

de Miguel de Cervantes

Tradução de Aquilino Ribeiro

 

Leituras pelos ARTISTAS UNIDOS

16.30 RINCONETE E CORTADILLO por Jorge Silva Melo

18.00 COLÓQUIO DE CÃES (excertos) por Américo Silva, André Pardal, António Simão, João Meireles, Jorge Silva Melo, Pedro Carraca e Tiago Matias

19.00 UM VELHO DE ZELOS por Américo Silva, André Pardal, António Simão, João Meireles, Jorge Silva Melo, Pedro Carraca e Tiago Matias

 

Ladrões, pulhas, pelintras, fraldiqueiros, fidalgos sem cheta, vadios, guitarristas, mendigos, malfeitores, gente reles, aventureiros, trapaceiros, enganadores e enganados, presumidos, e velhos ciumentos – e também cães! – atropelam-se pelas ruas sujas de Sevilha nestas doze novelas morais (mas qual moral?) que Miguel de Cervantes foi escrevendo entre 1590 e 1612,  à maneira “italiana”.

 

A isto se aplicou meu engenho, por aqui me leva minha inclinação, e mais que dou a entender, e é assim, que sou o primeiro que novelei em língua castelhana, que as muitas novelas que nela andam impressas, todas são traduzidas de línguas estrangeiras, e estas são minhas próprias, não imitadas nem furtadas; meu génio as engendrou, e pariu-as minha pena, e vão crescendo aos braços da imprensa.

Miguel de Cervantes

 

Sim, Cervantes experimentou muito.

Escreveu teatro, comédias, entremeses e tragédias, poesias, sempre atento às mudanças que a literatura ia conquistando: se há autor que poderíamos para sempre considerar experimental, é D. Miguel, imparável. E escreveu o Quijote.

Com as Novelas Exemplares, queria apresentar uma espécie de narrativa ligeira, concentrada no efeito e na velocidade. E queria responder à moda das novelas italianas que infestavam Espanha.  Estava seguro do valor da obra e consciente da qualidade do próprio trabalho. O “exemplares” do título tanto pode indicar que as novelas suscitam lições de moral, como também pode ser uma forma nada discreta de anunciar que outros escritores podem usar o seu estilo como exemplo.

Depois de ter feito a sua esplendida tradução do Quixote, o romancista Aquilino Ribeiro (1885/1963) traduziu em 1958 as Novelas Exemplares, tradução agora reeditada pela Bertrand.


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Pedro Carraca

Pedro Carraca

Nascido em 1973, Pedro Carraca tirou o curso no Instituto Franco-Português. Já trabalhou com António Feio, Luís Miguel Cintra, Fernanda Lapa, entre muitos outros. O ator, que integra o grupo Artistas Unidos desde 1995, já participou em várias peças e filmes. No grande ecrã participou em Quando Troveja (1999), O Grande Kilapy (2012) e Avé Maria (2006). Nos palcos, fez parte do elenco de... Read More →
avatar for Tiago Matias

Tiago Matias

Tiago Matias é ator de teatro e televisão. Pisou o palco pela primeira vez em 2000 na Companhia de Teatro de Sintra. Aqui interpretou nomes que incluem Tchekóv, Nuno Bragança, Maquiavel e Bernardo Soares/Fernando Pessoa, com encenadores como João de Mello Alvim e Nuno Correia Pinto. Já no Teatro da Cornucópia, trabalhou com veterano Luis Miguel Cintra e com Christine Laurent, integrando o elenco de... Read More →
avatar for João Meireles

João Meireles

João Meireles é ator e formou-se no Instituto de Formação, Investigação e Criação Teatral, em Lisboa. Fez parte do Teatro Universitário de Évora, onde trabalhou com Luis Varela, Fernando Mora Ramos e Manuel Borralho. Desde 1995 que integra o coletivo do grupo Artistas Unidos onde contracenou em peças de Shakespeare, Brecht, e Goethe e também assumiu o papel de... Read More →
avatar for Jorge Silva Melo

Jorge Silva Melo

Jorge Silva Melo (1948) nasceu em Lisboa e estudou na London Film School. Foi crítico de teatro em publicações como O Tempo e o Modo, A Capitale o Jornal de Letras. Trabalhou na área de produção com João César Monteiro, Paulo Rocha, António Pedro Vasconcelos e Alberto Seixas Santos. Em 1973 funde e dirige o Teatro da Cornucópia com Luís Miguel Cintra e aqui trabalha como... Read More →
avatar for André Pardal

André Pardal

Ator de teatro, cinema e televisão, André Pardal nasceu em Cascais em 1986. É licenciado em Teatro pela Escola Superior de Teatro e Cinema, para além de contar com uma série de formações na representação. O ator multifacetado teve a sua estreia teatral em Arte, com encenação de António Feio, participando entretanto em peças como Solércia, Romeu e... Read More →
avatar for Américo Silva

Américo Silva

Américo Silva é ator e trabalha sobretudo no teatro e no cinema. Formou-se no Instituto de Formação, Investigação e Criação Teatral e na Escola Superior de Teatro e Cinema, onde se especializou em Teatro. Estreou-se nos palcos da Sociedade Guilherme Cossoul emA Morte no Bairro, de Alfonso Sastre. Colaborador dos Artistas Unidos desde 1996, já participou nas peças... Read More →
avatar for António Simão

António Simão

António Simão é ator, encenador e produtor. Faz parte do grupo de teatro Artistas Unidos desde 1995 e entrou ainda em filmes como António, um Rapaz de Lisboa, de Jorge Silva Melo, adaptado a partir da peça de teatro homónima. Em vários palcos do país, como o Teatro da Trindade, Teatro Taborda, Teatro D. Maria II, Fundação Calouste Gulbenkian, Teatro da Politécnica, entre... Read More →



Sunday September 25, 2016 19:30 - 20:30
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

20:30

21:00

A ilha desconhecida

A ILHA DESCONHECIDA

Espetáculo de teatro, a partir de “ O Conto da Ilha Desconhecida” de José Saramago

Coprodução: Fundação José Saramago | Trigo Limpo teatro ACERT

 

A Fundação José Saramago em coprodução com o Trigo Limpo teatro ACERT irão estrear no 2º FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos um espetáculo onde se celebra as palavras do Nobel português.

Este espetáculo terá 8 apresentações neste Festival, prosseguindo digressão nacional e internacional nos anos de 2016 e 2017.

Como é que uma ilha poderá ser a utopia que há em cada um de nós?

Como é que a utopia pode ser o desconhecido que se procura pelo prazer da navegação e o desprendimento pela calculista ancoragem?

Imagine-se um pensamento de uma Mulher da Limpeza: “Se não sais de ti, não chegas a saber quem és.”

Imagine-se que um Homem que Queria um Barco sonhou com a Mulher da Limpeza e lhe segredou: “Gostar é provavelmente a melhor maneira de ter, ter deve ser a pior maneira de gostar.”

Agora, imagine-se que estamos no lugar deste Homem e desta Mulher que temos diante de nós três portas: a dos obséquios, a das petições e a das decisões. Qual delas seremos tentados a abrir?

No seu conto, José Saramago convida-nos a uma viagem em “que é necessário sair da ilha para ver a ilha, que não nos vemos se não nos saímos de nós”. Habitar teatralmente esta aventura onde a metáfora se espraia na areia das palavras é desafiante. Parabolizar teatral e musicalmente uma narrativa que, sendo complexa, não se pode desligar da singeleza do pensamento que a originou, constitui um desafio artístico aliciante.  A palavra teatral e musicada é o roteiro para a construção de personagens oníricas, fantasiosa e poético-amorosas. A música, território de eleição dos intérpretes, pisca o olho sedutor ao argumento, deixando-o fluir encantatoriamente. A cenografia e os figurinos são enxertias de uma só planta.

Esta adaptação teatral do conto de José Saramago são as palavras de um livro que é palco.

Espetáculo criado especialmente para o FOLIO - Festival Literário Internacional de Óbidos para apresentações adaptadas a espaços ao ar-livre.

O Trigo Limpo teatro ACERT, após ter compartilhado com a Fundação José Saramago a maravilhosa aventura de “A Viagem do Elefante” que, desde 2013, continua e continuará a circular junto das comunidades onde ancora, aceitou afectuosamente este convite para partilhar, em co-produção “O Conto da Ilha Desconhecida”.

 

Ficha Técnica

A ILHA DESCONHECIDA

Coprodução: Fundação José Saramago e Trigo Limpo teatro ACERT

A partir de “ O Conto da Ilha Desconhecida” de José Saramago

Adaptação e encenação: José Rui Martins

Interpretação: Catarina Moura e Luís Pedro Madeira

Música: Luís Pedro Madeira

Cenografia: ZéTavares

Desenho de Luz: Paulo Neto

Figurinos, tapeçaria e adereços: Cláudia Ribeiro | Casa de Figurinos

Adereços: Sofia Silva

Costureira: Marlene Rodrigues

Pesquisa e coordenação literária: Sérgio Letria e Sara Figueiredo

Montagem e operação de luz: Rui Sérgio Henriques

Assistentes de produção: Joana Cavaleiro e Ricardo Viel

Carpintaria de cena: Filipe Simões

Fotografia: Ricardo Chaves

 


Quem vem ao FOLIO?
avatar for ACERT

ACERT

A Associação Cultural e Recreativa de Tondela foi formada em 1979. Desde cedo assumiu-se portadora de um sentido de atuação pluridisciplinar, em termos das áreas artísticas, assentando a sua vertente criativa no núcleo que lhe deu origem: O TRIGO LIMPO teatro ACERT. Esta singularidade, um grupo de teatro na génese de uma... Read More →



Sunday September 25, 2016 21:00 - 22:00
JARDIM SARAMAGO

21:00

Sérgio Godinho, Aline Frazão e Pierre Aderne. Moderação, Nuno Pacheco - "Escrevendo canções, cantando estórias. construindo utopias"
 Sérgio Godinho, Aline Frazão e Pierre Aderne. Escrevendo canções, cantando estórias. construindo utopias. Uma conversa moderada por Nuno Pacheco

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Pierre Aderne

Pierre Aderne

Nascido em França, filho de pai português professor de literatura e uma mãe brasileira arte educadora, Pierre Aderne foi criado no Brasil e está a viver em Portugal desde 2011. O cantor, compositor e documentarista brasileiro tem cinco discos lançados no Brasil, Europa, Japão e Estados Unidos, e tem levado a sua música por palcos portugueses há 10 anos.  | Em Portugal, Pierre foi... Read More →
avatar for Aline Frazão

Aline Frazão

Cantora, compositora, guitarrista e produtora. Aline Frazão nasceu em Luanda, em 1988, e atualmente vive em Lisboa. Estreou-se na música com o seu primeiro álbum,Clave Bantu, onde participam vários artistas, músicos e escritores como José Eduardo Agualusa e Ondjaki. O seu terceiro e último álbum intitula-se de Insular, foi editado em Portugal e Angola... Read More →
avatar for Sérgio Godinho

Sérgio Godinho

Cantor, compositor, escritor (para adultos e crianças), actor (de teatro e cinema), realizador, Sérgio Godinho é, para citar uma das suas canções clássicas, o verdadeiro “homem dos sete instrumentos”. Mas, numa carreira artística de invejável longevidade, que se prolonga há mais de 40 anos de modo quase intocável, foi o seu trabalho enquanto cantor-compositor que... Read More →


Sunday September 25, 2016 21:00 - 22:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

00:35

Comboio Literário | Óbidos - Lisboa
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h17 e às 00h35. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 


Monday September 26, 2016 00:35 - 02:30
Estação CP Óbidos Óbidos
 
Monday, September 26
 

10:25

Comboio Literário | Lisboa - Óbidos
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h16 e às 00h36. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 
NOTA: Há transporte FOLIO entre a estação de comboio de Óbidos e a Vila Literária


Monday September 26, 2016 10:25 - 12:00
Lisboa Estação do Rossio

11:00

Oficina FOLIO EDUCA: Consciência e utopia nas literaturas africanas de língua portuguesa

Sinopse

É proposta uma atividade sobre autores de obras literárias, africanos, organizada em duas partes de 90 min. cada, a primeira de manhã, dedicada a alunos do Ensino Secundário, a segunda no mesmo dia, à tarde, dedicada a professores de qualquer nível de ensino ou área curricular. As escolas interessadas deverão inscrever-se, e o grupo de 5 especialistas deslocar-se-á à escola, que custeará as despesas de deslocação, e uma refeição.

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Maria Raquel Álvares

Maria Raquel Álvares

Licenciada em Filologia Românica, investigadora no Centre de Recherche sur L’Imaginaire em Chambéry, estudos no doutoramento em Chambéry e Grenoble (DEA), mestre em Literatura Afro-brasileira e doutoranda em Literaturas Africanas (Literatura Cabo-verdiana). Professora do Ensino Secundário e investigadora doutoranda no CLEPUL da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, entregou recentemente a tese de... Read More →
avatar for Glória de Brito

Glória de Brito

É investigadora no CLEPUL, integrada no Grupo 2: Culturas e Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, e docente na USALMA (Universidade Sénior de Almada). É doutorada em Estudos Portugueses, Brasileiros e da África Lusófona pela Universidade Paris-Sorbonne/Paris IV, mestre em Literatura e Cultura Portuguesas dos Países Africanos de Expressão Portuguesa pela FSCH, Universidade Nova de... Read More →
avatar for Carla Ferreira

Carla Ferreira

É investigadora no Grupo 2 do CEPUL – Culturas e Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e coordenadora de um projeto de investigação sobre Literatura e ensino das literaturas africanas de língua portuguesa. Possui Doutoramento em Estudos da Literatura e da Cultura, especialidade em Ensino da Literatura e Mestrado em Estudos Românicos &ndash... Read More →
avatar for Ana Paula Tavares

Ana Paula Tavares

Ana Paula Tavares nasceu em Angola, em 1952. É historiadora com doutoramento em História e Antropologia. Em Portugal publicou, de poesia: O Lago da Lua; Dizes-me Coisas Amargas como os Frutos - Prémio Mário António de Poesia 2004, da Fundação Calouste Gulbenkian -, Ex-Votose Manual para Amantes Desesperados - Prémio Nacional de Cultura e Artes de Angola. Publicou ainda A... Read More →



Monday September 26, 2016 11:00 - 12:30
ESCOLA A SELECIONAR

11:00

Tempo Pintado - revisitar Ruy Belo

Tempo pintado, revisitar Ruy Belo

Peças cerâmicas povoam a casa de Ruy Belo. É uma presença que continua a existir junto dos livros de quase todas as divisões da casa. São como figuras que com esses mesmos livros estabelecem um diálogo enigmático, talvez sobre lugares, sobre as mãos que moldaram aquelas personagens e objetos, talvez sobre o conteúdo dos livros, sobre poemas, sobre a vida, sobre o mundo. Outras peças respondem pela sua função imediata, de apoio ao quotidiano da casa. Pratos, canecas, travessas, todos os dias nos transportam em memória para lugares distantes, como se nos seus desenhos sobre fundo branco se configurasse uma geografia imaginária que, inevitavelmente, nos ergue para os universos da palavra, não necessariamente para os poemas ou outras formas, mas para a possibilidade da livre expressão do pensamento.

Os objetos cerâmicos representados nestas fotografias foram adquiridos por Ruy Belo em Óbidos e na sua região.

 

Duarte Belo

Setembro 2016



Monday September 26, 2016 11:00 - 21:00
GALERIA PELOURINHO Largo de São Pedro, 2510-086 ÓBIDOS

11:00

Filipe Seems por António Jorge Gonçalves e Nuno Artur Silva
Quem vem ao FOLIO?
avatar for António Jorge Gonçalves

António Jorge Gonçalves

Ilustrador, caricaturista, designer gráfico, cenógrafo e professor, é na BD que tem o seu trabalho de maior destaque. Nasceu em Lisboa há 51 anos, licenciou-se em Design Gráfico e fez o Mestrado em Theatre Design em Londres. Foi ainda professor no IADE, RESTART e na Universidade Nova de Lisboa. Sendo a banda desenhada a sua forma de expressão de... Read More →
avatar for Nuno Artur Silva

Nuno Artur Silva

Nuno Artur Silva, curador da primeira edição da área da Folia, em 2015. É autor e produtor de livros, peças de teatro, séries e programas de televisão, sobretudo nas áreas da comédia e da poesia. Foi fundador, editor e diretor da Produções Fictícias, agência criativa, do jornal ‘O Inimigo Público e do Canal Q, canal cabo de... Read More →



Monday September 26, 2016 11:00 - 21:00
CAPELA DE SÃO MARTINHO Largo de São João de Deus, Óbidos

11:00

11:00

Escritores de Afonso Cruz

ESCRITORES

Uma exposição de Afonso Cruz

 Esta é uma exposição de ilustrações de escritores de várias gerações, desde o Renascimento à contemporaneidade, executadas inicialmente para a feira do livro de Bogotá - aquando da participação portuguesa como país convidado -, e representando autores tão diversos como Camões, Vergílio Ferreira ou Raúl Brandão.

Insistindo no vínculo entre leitores e escritores, pretende-se estimular a leitura, o conhecimento e reconhecimento dos escritores lusófonos, dando-lhes forma e protagonismo.

Foi agora transformada num espaço de convívio entre leitores e autores, na esperança de que haja a intimidade de uma sala. Façamos de conta que visitamos a casa de uma tia-avó e que nos sentamos junto ao aparador, bebemos um chá (ou uma ginjinha), conversamos com toda a literatura que nos envolve, com os retratos de pessoas que amamos e que exibimos em molduras velhas, para bem da nossa felicidade e da possibilidade de continuarmos a ser um diálogo, independentemente das limitações espácio-temporais que a física impõe.

A literatura, imanente e transcendente, estará nessa sala, no aparador da tia-avó, chegando a nós com a mesma facilidade com que chega ao cantinho mais remoto do universo. Dois cantinhos que nunca ninguém terá capacidade de varrer.


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Afonso Cruz

Afonso Cruz

Escritor, ilustrador e músico, Afonso Cruz é uma referência no panorama nacional do romance e da ilustração. Reconhecido também pelos seus trabalhos na ilustração infantil, Afonso Cruz foi várias vezes premiado pelo seu trabalho com, por exemplo, o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco 2010, o Prémio Literário Maria Rosa Colaço 2009, o Prémio... Read More →



Monday September 26, 2016 11:00 - 21:00
FOYER CASA DA MÚSICA R. Josefa de Óbidos 01, 2510-000 Óbidos

11:00

Júlio Pomar: Dom Quixote
Cervantes é a mais continuada cumplicidade literária de Júlio Pomar, que tem na sua obra, desde sempre, as fontes literárias e a ilustração como uma das grandes pistas de criação.De Sidónio Muralha, Alves Redol e Cardoso Pires, em 1949, depois Camilo, Tolstoi, Dante e Rabelais, até Camões e Pessoa, Pöe, Homero, a lista é longa, separando-se sempre mais a interpretação dopretexto ilustativo para viver por si mesmo na autonomia do desenho oudo quadro. É a abertura para caminhos da imaginação,por via da ficção e do mito, que alterna com a observação do real e seus espectáculos: cenas do trabalho, retratos e corpos, Índios da Amazónia, etc. Começou essa relação com Cervantes por um convite para ilustrar as «Novelas Exemplares», em1958 (ed. Folio). Mas foi «D. Quixote» que ocupou o artista em sucessivas etapas, ultrapassando as encomendas para fazer dos heróisou anti-heróis, e de diferentes episódios narrativos, temas pessoais, abordados em múltiplos modos de fazer. Em 1959-61, com as pequenas pinturas sobre cartão para uma edição Bertrand, Quixote apareceu Quixote num ciclo de seis gravuras, cinco pinturas e esculturas de ferros soldados. Quando em 1997 surgiu a ideia de reunir essa produção numa só exposição (Gandarinha, Cascais), a revisão da obra feita proporcionou a vontade de acrescentar-lhe uma variação sobre o episódio dos carneiros, em tela de muito grande formato. Dela se editou uma versão em serigrafia, agora exposta. Outra releitura do Quixote aconteceu já em 2005, para uma edição do Expresso em 10 partes semanais, que Pomar tomou como razão de mais um mergulho no desenho, sempre praticado com variada regularidade. Foram reencontros (ou recomeços) assumidos em plena liberdade decriação, acompanhando a par e passo a paginação dos cadernos por Henrique Cayatte. E outra série de pinturas quixotescas surgiu com estes desenhos.


Monday September 26, 2016 11:00 - 21:00
MUSEU MUNICIPAL Rua Direita 97, Óbidos

11:00

Retratos de autores, encontros nos caminhos da vida - Carlos Freire

Retratos de autores,
encontros nos caminhos da vida.

Meus anos de jovem fotógrafo em Paris se passaram da melhor maneira possível, dou-me conta disso ao concentrar minha memória para escrever este texto destinado à imprensa portuguesa informando-a sobre esta exposição de retratos de escritores na Folio 2016 em Óbidos.

Em 1973 comecei minha vida em fotografia. Um começo sem hesitações visto minha vontade de ganhar o que necessitava para sobreviver em Paris, realizando retratos de escritores de meu gosto, autores que eu havia lido em sua maioria, e vendendo as fotografias desses escritores por mim selecionados para editores, revistas literárias e páginas culturais de jornais franceses.

Deu certo, pois durante alguns anos trabalhei muito nesse campo, e o ampliei, pois tive a oportunidade de trabalhar com páginas culturais e editores em Londres. Nunca fui fotojornalista, meu ritmo de trabalho, lento e contemplativo, recusou naturalmente essa profissão, que requer um outro tipo de atitude, de temperamento. Atitude mais metódica, a dos fotojornalistas, mais objetiva.

Meus encontros me formaram, desde a adolescência, meus caminhos foram aqueles do imprevisto. Sem medo.

Algumas das fotografias mostradas aqui em Óbidos, na Folio 2016 são resultado de encomendas ( Iris Murdoch, Marguerite Duras, Roland Barthes).

A grande maioria foram feitas por minha iniciativa. Quase todas foram verdadeiros encontros. Dos autores mostrados aqui em Óbidos, dois foram grandes amigos, Mary McCarthy e Lawrence Durrell. Outros, como Emil Cioran, Julio Cortazar e Carole Dunlop, eram escritores que eu frequentei, eram próximos de mim, eu os via com frequência.

Esta mostra aqui na Folio é a ponta do iceberg.

Durante anos tive o grande prazer de poder ganhar minha vida retratando artistas de quase todos os meios de expressão: escritores, ensaístas, poetas, pintores, escultores, arquitetos, atrizes, atores, fotógrafos, cineastas, músicos.

Dentre alguns desses artistas e criadores:

Francis Bacon, Daniel Barenboim, Orson Welles, Susan Sontag, Alain Resnais, Annie Ernaux, Vieira Da Silva,Michel Leiris, Jorge Amado, Alvaro Siza, Willy Ronis,Carlos Fuentes, Roberto Rossellini, Oscar Niemeyer, André Kertèsz, Dominique Sanda, Jeanne Moreau, Manoel De Oliveira, Pierre Clementi, Klaus Kinski, Jean-Luc Godard, Marceline Loridan, Andy Wharol  e tantos outros, durante muitos anos de encontros em fotografia.

Fiz uns poucos livros, catálogos e brochuras de apresentações de minhas diversas exposições, mas com bons autores, que eu admiro: Jorge Amado,  Charles Morazé, Cesare De Seta, Lydie Lachenal, Charles Malamud, Pierre Vidal Naquet, Lawrence Durrell, Jacques Lacarrière, Adonis, Alain Jouffroy, Driss Benzekri, Marc Fumaroli, Renzo Piano.

Sem subvenções, em total liberdade, percorri dois terços de minha trajetória realizando minhas fotografias.

Quem sabe, mais do que isso...sem me aproximar de quem não devia. Livre, e espero, coerente nesse percurso.

Minha ultima exposição, anterior à atual em Óbidos, foi em 2014 e 2015 em Paris, no Mois de la Photo, se chamava "Carlos Freire dans la Sicile de Vincenzo Consolo". Mostrada na Galerie Dina Vierny durante seis meses, com minhas fotografias da Sicília e textos do escritor Vincenzo Consolo, grande escritor siciliano, homem integro e lúcido, um caro amigo.

Atualmente trabalho na belíssima cidade do Porto. Com Álvaro Siza, que me honrou em aceitar de realizar um livro comigo.

Feliz e honrado estou também de participar da Folio 2016 aqui em Óbidos mostrando uma pequena parte de minhas fotografias de escritores.

Fotografias feitas com simplicidade, e sem outra pretensão que a de registar um momento preciso da vida desses seres excepcionais que são os escritores, que nos oferecem tanto prazer de leitura com seus talentos.

Carlos Freire, agosto de 2016              
Siracusa, Sicília.   

 

(DR: Doris Lessing, Londres 1996 copyright Carlos Freire)


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Freire

Carlos Freire

Carlos Freire nasceu no Rio de Janeiro, em 1945. A viver em Paris desde 1968, onde iniciou, pouco depois, o seu trabalho como fotógrafo para revistas como a Magazine Littéraire, a Art Presse The Times- Hoje, o carioca que virou parisiense soma hoje já mais de 700 retratos–sobretudo de grandes vultos da Cultura –, exposições aplaudidas pela crítica mundial e... Read More →



Monday September 26, 2016 11:00 - 21:00
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

11:00

Utopia, Hoje
*Inauguração oficial com os artistas  dia 24 de setembro, sábado, às 16h00

A exposição “Utopia hoje” apresenta as propostas de 10 artistas que interpretam, de forma livre e autoral, as obras de dois nomes maiores da nossa literatura Fernando Pessoa e José Saramago. Ainda que escritas em épocas distintas, “Mensagem” e “A Jangada de Pedra”, símbolos da nossa memória cultural contemporânea, abordam temas identitários e podem sugerir, nesse sentido, uma reflexão sobre Portugal.Apresentados em dois núcleos distintos, e que pretendem suscitar um diálogo entre as obras de Pessoa e Saramago na perspectiva da Utopia, tema do FOLIO 2016, cada um dos artistas concentrou a sua alma e pensamento nos aspectos que mais lhe interessavam, sejam estéticos, históricos, geográficos ou políticos, apresentando múltiplas leituras e interpretações, que não devem ser entendidas como ilustrações, porque estão para além dos textos literários, ainda que criadas a partir deles. De Cláudio Garrudo, Joanna Latka, Marta Ubach, Pauliana Valente Pimentel, e Teresa Gonçalves Lobo são as obras referentes à “Mensagem” de Fernando Pessoa”, enquanto Augusto Brázio, Hélio Luís, Paula Almozara, Rui Soares Costa, e Tiago Casanova partem da obra “A Jangada de Pedra” de José Saramago.A exposição “Utopia hoje” tem a curadoria de Ana Matos e foi especialmente concebida para esta 2ª edição do FOLIO, numa parceria entre Casa Fernando Pessoa, Fundação José Saramago e Galeria das Salgadeiras. 500 anos passados da publicação de “Utopia” de Thomas More, 82 anos da “Mensagem” de Fernando Pessoa e 30 anos de “A Jangada de Pedra” de José Saramago, que sentidos encontraremos, hoje, para a palavra Utopia? O não-lugar, no seu sentido etimológico, a projecção de um mundo que reclamamos melhor, porque mais justo? Com esta exposição, propõem-se, pois, reflexões de cariz estético e artístico, mas também político e social em torno da temática da utopia.

Ana Matos
(Curadora da exposição e directora da Galeria das Salgadeiras)  

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ana Matos

Ana Matos

Lisboa, 1972. Vive e trabalha em Lisboa. | Fundadora e directora da Galeria das Salgadeiras fundada a 4 de Julho de 2003. | Co-Fundadora do “Bairro das Artes — A Rentrée Cultural da Sétima Colina de Lisboa”, criado em 2010. | Co-Fundadora e Membro da “Isto não é um Cachimbo. Associação”, fundada em 2014. | Curadora da Fundação José Saramago. | Mestre em... Read More →


Monday September 26, 2016 11:00 - 21:00
MUSEU ABÍLIO

11:00

LÚMEN - Instalação Rui Horta

LÚMEN

Instalação Rui Horta

O espaço como contexto mas, simultaneamente, o texto da obra. O corpo como mediador, lugar da revelação, território entre o transcendental e o concreto. Luz e Video, que convocam a imaterialidade para a experiência do visitante.

LÚMEN é um encontro improvável mas lógico, um convite para investir a Igreja do Espírito Santo e o desafio de deslocar o espaço sacral para o território da arte.

Rui Horta


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Rui Horta

Rui Horta

Coreógrafo e bailarino, Rui Horta nasceu em Lisboa e logo aos 17 anos começou a dançar no Ballet Gulbenkian. Viveu depois em Nova Iorque, onde completou a sua formação, foi professor e intérprete durante vários anos. Na Alemanha, dirigiu o Soap Dance Theatre Frankfurt, sendo o seu trabalho considerado uma referência na dança europeia e apresentado nos mais importantes teatros e festivais de... Read More →


Monday September 26, 2016 11:00 - 21:00
IGREJA DA MISERICÓRDIA Largo da Misericórdia

11:00

Feira do Livro de Saldos
Monday September 26, 2016 11:00 - 21:00
TENDA MAIS

11:00

11:00

Estreitando Margens

Inauguração da exposição de fotografia Desmargens, sobre o tema da Utopia

 



Monday September 26, 2016 11:00 - 21:00
ESPAÇO CLEPUL Residência José Joaquim dos Santos

11:00

Desnorte de Gilson Lopes
Quem vem ao FOLIO?
avatar for Gilson Lopes

Gilson Lopes

Tem mais de 30 anos de experiência nos campos da Ilustração, do design e da publicidade. Como ilustrador, colaborou com revistas importantes, no Brasil e em Portugal. Como diretor de arte, trabalhou em diversas agências de publicidade, nacionais e multinacionais. Teve grandes mestres e conheceu ou trabalhou com pessoas notáveis. Na publicidade, ganhou prémios no Brasil, EUA e Europa. Viveu altos e baixos... Read More →


Monday September 26, 2016 11:00 - 21:00
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

11:00

Muro - Exposição The Cooked Book
Muro - Exposição The Cooked Book  - Vila Joya Cr-eat-ivity 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →


Monday September 26, 2016 11:00 - 21:00
ENTRADA DA VILA

11:00

Porto Cartoon

PortoCartoon: Utopia com Humor

O tema do PortoCartoon 2016 está em sintonia com o FOLIO 2016.

Em Óbidos, pode ser vista uma seleção com os melhores desenhos do humor internacional sobre Entendimento Mundial/Utopia.

Mesmo que se apele ao entendimento mundial, os lápis do humor deslizam para as crateras do desentendimento, ou seja para a denúncia das contradições do poder, em diferentes instâncias.

O desenho vencedor é muito forte. O sino é bem maior que os barcos do desespero. Por mais que o toquem, a insensibilidade estelar tem sido evidente numa Europa que foge para os paraísos fiscais, insensível aos gritos de humanidade. Thomas More referia há 500 anos, na sua Utopia, que "a desonestidade da ganância de alguns converteu-se em calamidade". 

A calamidade não acabou. Pelo contrário, espalhou-se. 

O sino, insensível aos desesperos da humanidade, assinala bem os tempos que vivemos hoje.

Uma das exceções mais assinaláveis à linha do 'desentendimento global' é a participação de Plantu (estrela de Le Monde). Clarividente no apelo, ele faz uma homenagem ao entendimento utópico. Com esta particularidade: grita em português “Viva a Utopia”.

Outros artistas, aliás, repegaram na imagem antiga da ilha da utopia para as suas sátiras. Com incisão.

Ninguém pode ficar indiferente a estas mensagens. De arte e riso.

É a excelência do cartoon. Utopia com humor.

 

Luiz Humberto Marcos,

Diretor do Museu Nacional da Imprensa


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Museu Nacional da Imprensa

Museu Nacional da Imprensa

O Museu Nacional da Imprensa/Jornais e Artes Gráficas é propriedade de uma entidade cultural privada, sem fins lucrativos, a AMI Associação Museu da Imprensa, reconhecida pelo Estado como instituição de Utilidade Pública, com manifesto interesse cultural e abrangida pela lei do Mecenato Cultural. Está também reconhecida como instituição relevante para o... Read More →


Monday September 26, 2016 11:00 - 21:00
ESPAÇO "Ó" Rua da Vila 18, Porta do Vale 16, 2510-089 Óbidos

11:00

Utopia Colectiva
Exposição cartazes FOLIO – do ponto de vista da Utopia do público

O Folio 2016 é Utopia. O Cartaz do Folio uma tela perfeita.

Utopia: o cartaz ideal, imaginário, fantástico.


Há um folha de papel que dobrando-se desenha a letra F, por trás dela o espaço é branco. É o espaço da Utopia.

 O João Vilhena e o Afonso Cruz  pintaram o mote. A utopia que no Folio nasce do branco. Do meio de nós. Do meio do Folio.

Mas porque é ideal, imaginário e fantástico todos somos(temos) uma. Nunca um evento teve cartazes que fossem todos originais. Três, quatro, dez ou cem cartazes.  Os que todos quiserem fazer. 

No mundo social a comunidade que ama o Folio tem uma tela de utopia só para ela. Para cada um. Que á a tela matriz da Utopia coletiva. O Folio oferece a tela digital e todos devolvem nela as suas utopias.

 

Cartazes originais que depois serão expostos em formato A4 cobrindo as paredes de uma sala durante o Folio.

 

in Folio mais : a sala da Utopia.

 

Nela todos se podem fotografar durante o FOLIO ao lado da sua utopia. Junto da de todos os outros.  E repetir a partilha, ideal, fantástica, imaginária.

 

JMdiogo

 

Organizadores
avatar for José Manuel Diogo

José Manuel Diogo

Diretor de Comunicação, Folio
O Diretor de comunicação do Folio, José Manuel Diogo é um autor e colunista português. Especialista em media intelligence, informação e gestão de comunicação. Estudou Jornalismo e Engenharia Mecânica na Universidade de Coimbra, em Coimbra, frequentou o curso XXXV PADE – Programa de Alta Direcção de Empresas da AESE e Pós graduado pelo... Read More →



Monday September 26, 2016 11:00 - 21:00
ESPAÇO CRIATIVO ANDRÉ REINOSO

11:00

Visualizações Da Influência Da "Canção Do Exílio"

Inserida na programação - UTOPIA - Matemática e Literatura


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Joshua Enslen

Joshua Enslen

Joshua Enslen é professor associado de Português na Academia Militar de Westpoint nos Estados Unidos, onde começou a lecionar após completar o seu doutoramento em Línguas Românicas na Universidade de Georgia. Em 2008 publicou Embodying the Nation: Literature and Diplomacy in Brazil– a sua dissertação – e já escreveu diversos ensaios para revistas e jornais sobre escritores... Read More →



Monday September 26, 2016 11:00 - 21:00
RESIDÊNCIA JOSEFA D'ÓBIDOS

11:00

Wine Garden - FOLIALQ

CONCEITO FoliALQ

WINE GARDEN by ALQ

Câmara Municipal de Alenquer

Poderão esperar da nossa parte uma tenda a imitar uma taberna “moderna” e com design de interior interessante, gerida por um parceiro do Município e em estreita relação com os nossos produtores da ROTA DOS VINHOS DE LISBOA. Estaremos disponíveis em todos os dias do eventos, no horário sugerido na nossa reunião, com ligeiros ajustes para um horário mais curto ou mais prolongado a partir dos primeiros dias do eventos e de acordo com a vontade do público e visitantes. Neste espaço estará igualmente a tempo inteiro um ou dois técnicos da autarquia para prestar todas as informações necessárias sobre os vinhos de Alenquer as nossas relações com a literatura. Neste espaço deverá igualmente estar uma pequena livraria com edições do Município de Alenquer para podermos igualmente transformar o espaço num pequeno mas simpático espaço literário e que servirá de fundo a algumas apresentações de obras recém editadas pelo nosso Município sobre o vinho e sobre outros aspetos culturais do nosso concelho.

A ideia base do espaço, para além da taberna no interior da tenda, será a de montar no exterior uma esplanada vínica, que possibilite a todos os visitantes disfrutar do evento na generalidade, retemperando forças neste local com recurso aos vinhos e petiscos que estarão à venda quer ao copo, quer em garrafa.

Temos previsto igualmente fazer alguns pequenos apontamentos musicais com músicos do concelho e de récita de poesia com escritores do concelho, que transformem esta esplanada vínica num local culturalmente ativo e acolhedor.  

Por último lançaremos o desafio aos nossos produtores para estarem presentes em cada dia do evento no sentido de poderem fazer algumas apresentações e provas de vinhos. Na certeza de que a sua presença trará a cada vinho um élan especial. Claro que como estaremos em plena época de vindimas e vinificação não podemos nesta fase quantificar a presença destes mas obviamente que alguns terão todo o gosto em estar presentes ou fazerem-se representar por seus colaboradores.



Monday September 26, 2016 11:00 - Tuesday September 27, 2016 01:00
CERCA DO CASTELO

11:00

O LAGARTO de J. Borges
A segunda edição do FOLIO recebe em estreia mundial uma exposição que junta as palavras de José Saramago ao inconfundível traço do artistapopular brasileiro J. Borges. A partir de um texto escrito em 1973 pelo Prémio Nobel português,O Lagarto, J. Borges criou um conjunto de xilogravuras que propõem uma nova leitura para a história de uma misteriosa criatura que surge no Chiado, em Lisboa. Em Óbidos, serão expostas pela primeira vez as peças em madeira talhadas pelo renomadoartista brasileiro para o livro, assim como as suas impressões originais. Também no decorrer do FOLIO será apresentada a primeira edição de O Lagarto, com a chancela da Porto Editora, no dia 22 às 18h30. 

Museu Abílio - Hall e piso 0 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for José Francisco Borges

José Francisco Borges

Mais conhecido como J. Borges é um dos mestres da literatura de Cordel, xilogravurista e um dos artistas populares brasileiros mais conceituados na América Latina e no mundo. Nasceu em1935 em Pernambuco e, aos 21 anos, iniciou-se na escrita de folhetos de cordel e, pouco depois, na xilogravura. Logo o seu trabalho impressionou colecionadores e marchands e, desde então, soma vários prémios e... Read More →


Monday September 26, 2016 11:00 - Wednesday October 26, 2016 21:00
MUSEU ABÍLIO

14:30

Remédios Literários Consultas de Biblioterapia
Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ella Berthoud

Ella Berthoud

Ella Berthoud started reading on a journey from Tehran to London, on the parcel shelf of a Wolsey 1300 when she was five. She spent the next thirteen years reading books in inappropriate places like ski-lifts and trampolines. She studied English Literature at Cambridge University, where she read as many novels as she could at once. She continued on to University of East London where she studied Fine Art, and combined her twin passions of... Read More →
avatar for Susan Elderkin

Susan Elderkin

Susan Elderkin is the author of two critically-acclaimed novels, Sunset over Chocolate Mountains and The Voices. One of Granta’s 20 Best Young British Novelists in 2003, she also works as a critic and has taught creative writing on the MA courses at Birkbeck and Goldsmith’s. The Novel Cure: An A-Z of Literary Remedies by Ella Berthoud and Susan Elderkin is published by Canongate.


Monday September 26, 2016 14:30 - 16:00
AMBULÂNCIA LITERÁRIA

14:30

Vila Joya VIP Lounge

O projeto do Cooked Book não é sobre comida, é sobre sentimentos e emoções comestíveis, que juntou o Vila Joya, a Ivity e as suas deliciosas histórias - cr-EAT-ivity - numa receita única.

Cada prato tem uma história, cada Chef é um escritor, cada "livro cozinhado" é um pedaço da cultura cr-EAT-ive. O "livro cozinhado" é uma experiência visual concebida a partir do coração da cozinha do Vila Joya, para celebrar todos os Chefes do mundo, que escrevem a história da Gastronomia, todos os dias.

Sabor é tudo para o Chefe Koshina e a sua equipa. Sabor visual é tudo para o Chef-Designer Paulo e a sua equipa. Quando um Chef-Designer invade uma cozinha premiada com duas estrelas Michelin, quebra as regras e vai para além dos próprios alimentos - isso é cr-EAT-ivity.

Enquanto cruzam as muitas disciplinas de cr-EAT-ivity, Chef-Designers e Chefs de Cozinha fazem o mesmo, mas de maneiras diferentes. Escrevem histórias, reescrevem as memórias, equilibram sabores e ligam sensações. Cortam, fatiam, fervem, congelam. É brutal, é sensível. É um encontro cr-EAT-ive, que contraria o óbvio para tirar o máximo proveito dos nossos sabores mentais.

Para fazer parte do FOLIO, quisemos criar algo muito especial, nunca visto. Um livro de receitas teria sido fantástico, mas não era novidade. Enquanto pensávamos em livros de receitas e Chefs, em literatura, em livros e palavras, começámos a pensar como iríamos confeccionar esta receita. Depois de uma maravilhosa refeição com a equipa de design da Ivity, percebemos o seguinte: cada prato tem a sua própria história, escrita pelo seu Chef. Assim, todos Chefs no mundo são escritores. As suas palavras são os ingredientes deliciosos que lhes são oferecidos pela natureza, as receitas confeccionadas fazem a história, e o menu é o livro do Chefe, que é escrito principalmente com amor.

 ----

Varanda Pelourinho - Vila Joya Vip Lounge

Pelourinho room - Cooked Book launch talk

Padaria - Cooked Book live experience


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →
avatar for Dieter Koschina

Dieter Koschina

Vila Joya
Natural da Áustria, o Chef Dieter Koschina, lançou o Vila Joya na lista dos 50 melhores restaurantes no Mundo. Este restaurante premiado com duas estrelas Michelin, combina produtos locais com técnicas de cozinha do Norte da Europa.



Monday September 26, 2016 14:30 - 23:00
Vila Joya VIP Lounge

15:00

Eduardo Lourenço sobre Vergílio Ferreira
Aula Eduardo Lourenço sobre Vergílio Ferreira 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Eduardo Lourenço

Eduardo Lourenço

São Pedro de Rio Seco, Guarda, Portugal, 1923. Conclui a Licenciatura em Histórico-Filosóficas na Universidade de Coimbra em 1946, onde fica como professor assistente até 1953. Até 1958 é Leitor de Língua e Cultura Portuguesa nas Universidades de Hamburgo, Heidelberg e Montpellier, tendo passado pela Universidade Estadual da Baia, no Brasil, como professor convidado em... Read More →


Monday September 26, 2016 15:00 - 16:00
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

15:00

Oficina FOLIO EDUCA: Consciência e utopia nas literaturas africanas de língua portuguesa

Sinopse

É proposta uma atividade sobre autores de obras literárias, africanos, organizada em duas partes de 90 min. cada, a primeira de manhã, dedicada a alunos do Ensino Secundário, a segunda no mesmo dia, à tarde, dedicada a professores de qualquer nível de ensino ou área curricular. As escolas interessadas deverão inscrever-se, e o grupo de 5 especialistas deslocar-se-á à escola, que custeará as despesas de deslocação, e uma refeição.

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Maria Raquel Álvares

Maria Raquel Álvares

Licenciada em Filologia Românica, investigadora no Centre de Recherche sur L’Imaginaire em Chambéry, estudos no doutoramento em Chambéry e Grenoble (DEA), mestre em Literatura Afro-brasileira e doutoranda em Literaturas Africanas (Literatura Cabo-verdiana). Professora do Ensino Secundário e investigadora doutoranda no CLEPUL da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, entregou recentemente a tese de... Read More →
avatar for Glória de Brito

Glória de Brito

É investigadora no CLEPUL, integrada no Grupo 2: Culturas e Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, e docente na USALMA (Universidade Sénior de Almada). É doutorada em Estudos Portugueses, Brasileiros e da África Lusófona pela Universidade Paris-Sorbonne/Paris IV, mestre em Literatura e Cultura Portuguesas dos Países Africanos de Expressão Portuguesa pela FSCH, Universidade Nova de... Read More →
avatar for Carla Ferreira

Carla Ferreira

É investigadora no Grupo 2 do CEPUL – Culturas e Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e coordenadora de um projeto de investigação sobre Literatura e ensino das literaturas africanas de língua portuguesa. Possui Doutoramento em Estudos da Literatura e da Cultura, especialidade em Ensino da Literatura e Mestrado em Estudos Românicos &ndash... Read More →
avatar for Ana Paula Tavares

Ana Paula Tavares

Ana Paula Tavares nasceu em Angola, em 1952. É historiadora com doutoramento em História e Antropologia. Em Portugal publicou, de poesia: O Lago da Lua; Dizes-me Coisas Amargas como os Frutos - Prémio Mário António de Poesia 2004, da Fundação Calouste Gulbenkian -, Ex-Votose Manual para Amantes Desesperados - Prémio Nacional de Cultura e Artes de Angola. Publicou ainda A... Read More →



Monday September 26, 2016 15:00 - 16:30
ESCOLA A SELECIONAR

15:17

Comboio Literário | Óbidos - Lisboa
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h17 e às 00h35. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 


Monday September 26, 2016 15:17 - 17:30
Estação CP Óbidos Óbidos

16:00

O Amazonismo na música e Literariedade de Osmar Júnior”

“O Amazonismo na música e Literariedade de Osmar Júnior”, com a presença do artista.

A música de Osmar Júnior perlustra as devastações, as extinções, a biopirataria e a morte das culturas tradicionais da Amazônia


Quem vem ao FOLIO?

Monday September 26, 2016 16:00 - 21:00
ESPAÇO CLEPUL Residência José Joaquim dos Santos

16:30

Os Editores propõem: "Este é o tempo" - Conversa à volta do mundo e da vida
Quem vem ao FOLIO?
avatar for Vítor Gonçalves

Vítor Gonçalves

Vítor Gonçalves Loureiro nasceu em Viseu em 1969. | Iniciou a carreira de jornalista na RTP, em 1992, tendo-se especializado em assuntos de política nacional. Foi repórter parlamentar durante quatro anos. Em 2000, foi nomeado editor de política nacional. É apresentador e coordenador do programa televisivo de debate político Parlamento. É licenciado em Comunicação Social... Read More →
avatar for Adriano Moreira

Adriano Moreira

Jurista, político e professor universitário português nascido em 1922. Assumindo cargos públicos desde jovem, tendo sido figura destacada do Estado Novo no âmbito da política colonial: foi ministro do Ultramar, fundou e dirigiu institutos de estudos africanos, presidiu à Sociedade de Geografia de Lisboa, entre outros cargos. Depois do 25 de Abril, tornou-se uma das personalidades de... Read More →



Monday September 26, 2016 16:30 - 17:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

17:00

“Balada da Praia dos Cães” de José Fonseca e Costa
"Balada da Praia dos Cães” de José Fonseca e Costa – apresentado por Ana Margarida de Carvalho 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ana Margarida de Carvalho

Ana Margarida de Carvalho

Ana Margarida de Carvalho nasceu em Lisboa, onde se licenciou em Direito e se viria a tornar jornalista. Ganhou vários prémios enquanto jornalista, entre os quais o Prémio Gazeta Revelação do Clube de Jornalistas de Lisboa, do Clube de Jornalistas do Porto e da Casa de Imprensa. Passou pela redação da SIC e publicou artigos na revista Ler, no Jornal de Letras, na entretanto extinta... Read More →


Monday September 26, 2016 17:00 - 18:00
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

17:00

17:55

Comboio Literário | Lisboa - Óbidos
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h17 e às 00h35. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 
NOTA: Há transporte FOLIO entre a estação de comboio de Óbidos e a Vila Literária 


Monday September 26, 2016 17:55 - 19:00
Lisboa Estação do Rossio

18:00

Tertúlia FOLIO EDUCA: Tecnologia, Utopia, Leitura e Educação

Sinopse:

Na Utopia de More, a imprensa é destacada como uma tecnologia valiosa, produto das competências e conhecimentos desenvolvidos pelo povo, e associada à cidade, à felicidade e à qualidade de vida dos seus habitantes, que todos trabalham a terra e todos se dedicam, livremente, à cultura. Como pensar hoje educação, felicidade, tecnologias e vida sustentável?

 


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Maria do Rosário Caldeira

Maria do Rosário Caldeira

Licenciada em Ensino de Português – Inglês. | Pós-Graduada em Ciências Documentais – Variante Biblioteca e Documentação, e em Gestão da Informação e Bibliotecas Escolares. | Mestre em Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação e Formação. | Professora do Agrupamento de Escolas Miguel Torga, Bragança... Read More →
avatar for Maria Antónia Moreno Mulas

Maria Antónia Moreno Mulas

Possui Bacharelato em Documentação e Diploma em Biblioteconomia e Ciência da Informação da Universidade de Salamanca. É coordenadora de Programas de Leitura e Social Media, no Centro de Desarrollo Sociocultural da Fundación Germán Sánchez Ruipérez, Peñaranda de Bracamonte (Salamanca), onde trabalha desde 2000 e onde está localizada a Biblioteca Municipal da... Read More →
avatar for Ana Novo

Ana Novo

Professora Auxiliar no Departamento de Humanidades da Universidade Aberta desde 2013, exercendo a docência na área das Ciências da Informação. É Coordenadora da Licenciatura em Ciências da Informação e Documentação e da Pós-graduação em Ciências da Informação desta Universidade. Como profissional da informação... Read More →
avatar for Ana Cristina Silva

Ana Cristina Silva

Doutorada em Psicologia da Educação, especializou-se na área da aprendizagem da leitura e da escrita, desenvolvendo investigação neste domínio com obra científica publicada em Portugal e no estrangeiro. É professora no ISPA Instituto de Psicologia Aplicada, Lisboa. Publicou até ao momento dez romances: Mariana, Todas as Cartas (2002), A Mulher Transparente (2003), Bela (2005... Read More →


Monday September 26, 2016 18:00 - 19:30
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

19:00

O Mundo Ideal: O Entendimento Global
O Mundo Ideal: O do Entendimento Global Ano Internacional do Entendimento Global IYGU Convidados: - Comendador Rui Nabeiro - José Eduardo Agualusa - Luíz Oosterbeek Moderação: Celeste Afonso

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Comendador Nabeiro

Comendador Nabeiro

Rui Nabeiro nasceu em Campo Maior a 28 de Março de 1931.  Hoje, é um dos empresários mais conhecidos no nosso país, não apenas por ser o presidente da Delta Cafés, mas também por todas as actividades de carácter humanitário em que sempre participou de uma forma bastante activa. Começou a trabalhar aos 13 anos (1944), com um tio, na Torrefacção Camelo, e pouco... Read More →
avatar for Luiz Oosterbeek

Luiz Oosterbeek

Professor Coordenador e Pró-Presidente do Instituto Politécnico de Tomar. Membro dacoordenação do Ano Internacional do Entendimento Global. Secretário-Geral do ConselhoInternacional de Filosofia e Ciências Humanas e da União Internacional das Ciências Pré-Históricas e Proto-Históricas, Vice-Presidente de HERITY International, Conselheiro do FórumCultural Mundial... Read More →

Organizadores
CA

Celeste Afonso

Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Óbidos

Curadores
avatar for José Eduardo Agualusa

José Eduardo Agualusa

FOLIO AUTORES
José Eduardo Agualusa [Alves da Cunha] nasceu no Huambo, Angola, em 1960. Estudou Silvicultura e Agronomia em Lisboa, Portugal. Os seus livros estão traduzidos em 25 idiomas. Escreveu várias peças de teatro: “Geração W”, “Aquela Mulher”, “Chovem amores na Rua do Matador” e “A Caixa Preta”, estas duas últimas juntamente com Mia Couto. Beneficiou de... Read More →

Monday September 26, 2016 19:00 - 21:00
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

19:30

Remédios Literários – Sessão de Abertura e apresentação do Livro
Remédios Literários – Sessão de Abertura e Apresentação do Livro “Novel Cure” / “Remédios Literários” - com Ella Berthoud e Susan Elderkin 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ella Berthoud

Ella Berthoud

Ella Berthoud started reading on a journey from Tehran to London, on the parcel shelf of a Wolsey 1300 when she was five. She spent the next thirteen years reading books in inappropriate places like ski-lifts and trampolines. She studied English Literature at Cambridge University, where she read as many novels as she could at once. She continued on to University of East London where she studied Fine Art, and combined her twin passions of... Read More →
avatar for Susan Elderkin

Susan Elderkin

Susan Elderkin is the author of two critically-acclaimed novels, Sunset over Chocolate Mountains and The Voices. One of Granta’s 20 Best Young British Novelists in 2003, she also works as a critic and has taught creative writing on the MA courses at Birkbeck and Goldsmith’s. The Novel Cure: An A-Z of Literary Remedies by Ella Berthoud and Susan Elderkin is published by Canongate.


Monday September 26, 2016 19:30 - 20:30
LIVRARIA SANTIAGO Largo de São Tiago do Castelo, 2510-106 Óbidos

21:30

Jornalismo, Utopia e Política

Jornalismo utopia e....

Não fazia sentido celebrar a utopia sem pensar em jornalismo, lugar primeiro onde se fixaram as narrativas, e também as utopias, que muitas vezes, com o passar do tempo se transformaram na História conhecida.

O mundo mudou. Com a imprensa, as utopias tornaram-se conhecidas; depois, com a rádio e a televisão, as utopias tornaram-se globais; agora, quando todo o conhecimento está disponível em toda a parte, serão as utopias lugares comuns? Ou precisam de se reinventar num mundo onde parece não haver impossíveis?

Como pensam os jornalistas que, dia a dia, escolhem os acontecimentos que na manhã seguinte, logo à tarde, ou neste minuto vão estar ao alcance de todos. Como é que a utopia os impacta. Será que ela existe? Ainda existe? Como é que se gere?

Falar de jornalismo e utopia em cada uma das áreas editorias em que se organizam os órgãos de comunicação social, é falar das escolhas que acontecem na ponta da caneta, no clicar da tecla, no microfone e na câmara. 

“Jornalismo, utopia e...”  - Política, Economia, Sociedade, Desporto, Cultura e a Rádio - são conversas de 50 minutos sem pausa para café. Diálogos simples, operativos, práticos, experiencialistas. São um telex, um take, um mail, um som, um post, um vivo.

Entre 26 e 30 de setembro. Em Óbidos.


Moderador
avatar for José Manuel Diogo

José Manuel Diogo

Diretor de Comunicação, Folio
O Diretor de comunicação do Folio, José Manuel Diogo é um autor e colunista português. Especialista em media intelligence, informação e gestão de comunicação. Estudou Jornalismo e Engenharia Mecânica na Universidade de Coimbra, em Coimbra, frequentou o curso XXXV PADE – Programa de Alta Direcção de Empresas da AESE e Pós graduado pelo... Read More →

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Henrique Monteiro

Henrique Monteiro

Pertenceu à direção do jornal entre 1995 e 2005, tendo sido Diretor entre 2005 e 2011. Antes tinha sido editor da secção Sociedade e da Revista. Foi repórter em guerras a sério e em guerras políticas. Nasceu em 1956, é jornalista desde 1979 e entrou no Expresso em 1989. É ainda Diretor Geral Adjunto de Informação do Grupo Impresa e, pelo menos duas vezes por... Read More →
avatar for António José Teixeira

António José Teixeira

É jornalista. Fez vida na rádio: Altitude, Comercial e TSF. Cresceu nos jornais: Diário de Lisboa, Diário de Notícias e Jornal de Notícias. Dedicou-se alguns anos à SIC Notícias e à SIC. Gosta de pensar que a liberdade e a tolerância são os nossos maiores valores. E de citar Soyinka: "A maior ameaça à nossa liberdade é a ausência de sentido... Read More →


Monday September 26, 2016 21:30 - 22:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

23:00

CantoOndo
Portugalidade aliada às sonoridades mediterrânicas e à tradição 

Monday September 26, 2016 23:00 - 23:30
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

00:35

Comboio Literário | Óbidos - Lisboa
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h17 e às 00h35. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 


Tuesday September 27, 2016 00:35 - 02:30
Estação CP Óbidos Óbidos
 
Tuesday, September 27
 

10:25

Comboio Literário | Lisboa - Óbidos
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h16 e às 00h36. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 
NOTA: Há transporte FOLIO entre a estação de comboio de Óbidos e a Vila Literária


Tuesday September 27, 2016 10:25 - 12:00
Lisboa Estação do Rossio

11:00

O LAGARTO de J. Borges
A segunda edição do FOLIO recebe em estreia mundial uma exposição que junta as palavras de José Saramago ao inconfundível traço do artistapopular brasileiro J. Borges. A partir de um texto escrito em 1973 pelo Prémio Nobel português,O Lagarto, J. Borges criou um conjunto de xilogravuras que propõem uma nova leitura para a história de uma misteriosa criatura que surge no Chiado, em Lisboa. Em Óbidos, serão expostas pela primeira vez as peças em madeira talhadas pelo renomadoartista brasileiro para o livro, assim como as suas impressões originais. Também no decorrer do FOLIO será apresentada a primeira edição de O Lagarto, com a chancela da Porto Editora, no dia 22 às 18h30. 

Museu Abílio - Hall e piso 0 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for José Francisco Borges

José Francisco Borges

Mais conhecido como J. Borges é um dos mestres da literatura de Cordel, xilogravurista e um dos artistas populares brasileiros mais conceituados na América Latina e no mundo. Nasceu em1935 em Pernambuco e, aos 21 anos, iniciou-se na escrita de folhetos de cordel e, pouco depois, na xilogravura. Logo o seu trabalho impressionou colecionadores e marchands e, desde então, soma vários prémios e... Read More →


Tuesday September 27, 2016 11:00 - 11:30
MUSEU ABÍLIO

11:00

Oficina FOLIO EDUCA: À (re)conquista do mundo

Sinopse

Se, como já dizia o poeta, a utopia é como a linha do horizonte, inalcançável, que se afasta um passo a cada passo que damos ao seu encontro, ela é também aquilo que temos dentro que nos faz continuar sempre a caminhar. Um fulgor interior que não permite que deixemos de sonhar. Num tempo em que fortes ventos de mudança abalam a História, é, pois, urgente empenhar alma e coração num futuro feliz, livre, justo e sustentável para o mundo. É altura de sonhar o impossível.

Em Utopia, escrito em plena época dos Descobrimentos e das Conquistas das terras e das gentes do Novo Mundo das Américas pelos europeus (1516), Thomas More descreveu essa ilha exemplar ainda hoje inspiradora em tantos aspetos, e que ofereceu o nome a todo o ideal de sociedade. Este livro servirá de alavanca propulsora desta oficina onde, ao arrepio de todas as leis, simularemos, à pequena escala da vila de Óbidos, a reconquista do mundo. Desta vez, com poesia em bandeiras de utopia


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Luís Germano

Luís Germano

Professor bibliotecário do Agrupamento de Escolas de Óbidos. Bacharelato em Educação Pré-Escolar, Pós-Graduação em Ciências da Informação e Documentação. Licenciatura em Som e Imagem.
avatar for Susana Rodrigues Pires

Susana Rodrigues Pires

Nasceu em Lisboa. É, porém, de Almada que é natural, orgulhando-se ainda das suas duas costelas alentejanas. | Licenciou-se em História, com especialização em História Cultural e das Mentalidades, em 2007, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas - Universidade Nova de Lisboa, onde fez também, entre 2008 e 2010, o Curso Complementar de Formação em Filosofia. Concluiu... Read More →



Tuesday September 27, 2016 11:00 - 12:30
ESCOLA EB JOSEFA DE ÓBIDOS

11:00

Tempo Pintado - revisitar Ruy Belo

Tempo pintado, revisitar Ruy Belo

Peças cerâmicas povoam a casa de Ruy Belo. É uma presença que continua a existir junto dos livros de quase todas as divisões da casa. São como figuras que com esses mesmos livros estabelecem um diálogo enigmático, talvez sobre lugares, sobre as mãos que moldaram aquelas personagens e objetos, talvez sobre o conteúdo dos livros, sobre poemas, sobre a vida, sobre o mundo. Outras peças respondem pela sua função imediata, de apoio ao quotidiano da casa. Pratos, canecas, travessas, todos os dias nos transportam em memória para lugares distantes, como se nos seus desenhos sobre fundo branco se configurasse uma geografia imaginária que, inevitavelmente, nos ergue para os universos da palavra, não necessariamente para os poemas ou outras formas, mas para a possibilidade da livre expressão do pensamento.

Os objetos cerâmicos representados nestas fotografias foram adquiridos por Ruy Belo em Óbidos e na sua região.

 

Duarte Belo

Setembro 2016



Tuesday September 27, 2016 11:00 - 21:00
GALERIA PELOURINHO Largo de São Pedro, 2510-086 ÓBIDOS

11:00

Filipe Seems por António Jorge Gonçalves e Nuno Artur Silva
Quem vem ao FOLIO?
avatar for António Jorge Gonçalves

António Jorge Gonçalves

Ilustrador, caricaturista, designer gráfico, cenógrafo e professor, é na BD que tem o seu trabalho de maior destaque. Nasceu em Lisboa há 51 anos, licenciou-se em Design Gráfico e fez o Mestrado em Theatre Design em Londres. Foi ainda professor no IADE, RESTART e na Universidade Nova de Lisboa. Sendo a banda desenhada a sua forma de expressão de... Read More →
avatar for Nuno Artur Silva

Nuno Artur Silva

Nuno Artur Silva, curador da primeira edição da área da Folia, em 2015. É autor e produtor de livros, peças de teatro, séries e programas de televisão, sobretudo nas áreas da comédia e da poesia. Foi fundador, editor e diretor da Produções Fictícias, agência criativa, do jornal ‘O Inimigo Público e do Canal Q, canal cabo de... Read More →



Tuesday September 27, 2016 11:00 - 21:00
CAPELA DE SÃO MARTINHO Largo de São João de Deus, Óbidos

11:00

11:00

Escritores de Afonso Cruz

ESCRITORES

Uma exposição de Afonso Cruz

 Esta é uma exposição de ilustrações de escritores de várias gerações, desde o Renascimento à contemporaneidade, executadas inicialmente para a feira do livro de Bogotá - aquando da participação portuguesa como país convidado -, e representando autores tão diversos como Camões, Vergílio Ferreira ou Raúl Brandão.

Insistindo no vínculo entre leitores e escritores, pretende-se estimular a leitura, o conhecimento e reconhecimento dos escritores lusófonos, dando-lhes forma e protagonismo.

Foi agora transformada num espaço de convívio entre leitores e autores, na esperança de que haja a intimidade de uma sala. Façamos de conta que visitamos a casa de uma tia-avó e que nos sentamos junto ao aparador, bebemos um chá (ou uma ginjinha), conversamos com toda a literatura que nos envolve, com os retratos de pessoas que amamos e que exibimos em molduras velhas, para bem da nossa felicidade e da possibilidade de continuarmos a ser um diálogo, independentemente das limitações espácio-temporais que a física impõe.

A literatura, imanente e transcendente, estará nessa sala, no aparador da tia-avó, chegando a nós com a mesma facilidade com que chega ao cantinho mais remoto do universo. Dois cantinhos que nunca ninguém terá capacidade de varrer.


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Afonso Cruz

Afonso Cruz

Escritor, ilustrador e músico, Afonso Cruz é uma referência no panorama nacional do romance e da ilustração. Reconhecido também pelos seus trabalhos na ilustração infantil, Afonso Cruz foi várias vezes premiado pelo seu trabalho com, por exemplo, o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco 2010, o Prémio Literário Maria Rosa Colaço 2009, o Prémio... Read More →



Tuesday September 27, 2016 11:00 - 21:00
FOYER CASA DA MÚSICA R. Josefa de Óbidos 01, 2510-000 Óbidos

11:00

Júlio Pomar: Dom Quixote
Cervantes é a mais continuada cumplicidade literária de Júlio Pomar, que tem na sua obra, desde sempre, as fontes literárias e a ilustração como uma das grandes pistas de criação.De Sidónio Muralha, Alves Redol e Cardoso Pires, em 1949, depois Camilo, Tolstoi, Dante e Rabelais, até Camões e Pessoa, Pöe, Homero, a lista é longa, separando-se sempre mais a interpretação dopretexto ilustativo para viver por si mesmo na autonomia do desenho oudo quadro. É a abertura para caminhos da imaginação,por via da ficção e do mito, que alterna com a observação do real e seus espectáculos: cenas do trabalho, retratos e corpos, Índios da Amazónia, etc. Começou essa relação com Cervantes por um convite para ilustrar as «Novelas Exemplares», em1958 (ed. Folio). Mas foi «D. Quixote» que ocupou o artista em sucessivas etapas, ultrapassando as encomendas para fazer dos heróisou anti-heróis, e de diferentes episódios narrativos, temas pessoais, abordados em múltiplos modos de fazer. Em 1959-61, com as pequenas pinturas sobre cartão para uma edição Bertrand, Quixote apareceu Quixote num ciclo de seis gravuras, cinco pinturas e esculturas de ferros soldados. Quando em 1997 surgiu a ideia de reunir essa produção numa só exposição (Gandarinha, Cascais), a revisão da obra feita proporcionou a vontade de acrescentar-lhe uma variação sobre o episódio dos carneiros, em tela de muito grande formato. Dela se editou uma versão em serigrafia, agora exposta. Outra releitura do Quixote aconteceu já em 2005, para uma edição do Expresso em 10 partes semanais, que Pomar tomou como razão de mais um mergulho no desenho, sempre praticado com variada regularidade. Foram reencontros (ou recomeços) assumidos em plena liberdade decriação, acompanhando a par e passo a paginação dos cadernos por Henrique Cayatte. E outra série de pinturas quixotescas surgiu com estes desenhos.


Tuesday September 27, 2016 11:00 - 21:00
MUSEU MUNICIPAL Rua Direita 97, Óbidos

11:00

Retratos de autores, encontros nos caminhos da vida - Carlos Freire

Retratos de autores,
encontros nos caminhos da vida.

Meus anos de jovem fotógrafo em Paris se passaram da melhor maneira possível, dou-me conta disso ao concentrar minha memória para escrever este texto destinado à imprensa portuguesa informando-a sobre esta exposição de retratos de escritores na Folio 2016 em Óbidos.

Em 1973 comecei minha vida em fotografia. Um começo sem hesitações visto minha vontade de ganhar o que necessitava para sobreviver em Paris, realizando retratos de escritores de meu gosto, autores que eu havia lido em sua maioria, e vendendo as fotografias desses escritores por mim selecionados para editores, revistas literárias e páginas culturais de jornais franceses.

Deu certo, pois durante alguns anos trabalhei muito nesse campo, e o ampliei, pois tive a oportunidade de trabalhar com páginas culturais e editores em Londres. Nunca fui fotojornalista, meu ritmo de trabalho, lento e contemplativo, recusou naturalmente essa profissão, que requer um outro tipo de atitude, de temperamento. Atitude mais metódica, a dos fotojornalistas, mais objetiva.

Meus encontros me formaram, desde a adolescência, meus caminhos foram aqueles do imprevisto. Sem medo.

Algumas das fotografias mostradas aqui em Óbidos, na Folio 2016 são resultado de encomendas ( Iris Murdoch, Marguerite Duras, Roland Barthes).

A grande maioria foram feitas por minha iniciativa. Quase todas foram verdadeiros encontros. Dos autores mostrados aqui em Óbidos, dois foram grandes amigos, Mary McCarthy e Lawrence Durrell. Outros, como Emil Cioran, Julio Cortazar e Carole Dunlop, eram escritores que eu frequentei, eram próximos de mim, eu os via com frequência.

Esta mostra aqui na Folio é a ponta do iceberg.

Durante anos tive o grande prazer de poder ganhar minha vida retratando artistas de quase todos os meios de expressão: escritores, ensaístas, poetas, pintores, escultores, arquitetos, atrizes, atores, fotógrafos, cineastas, músicos.

Dentre alguns desses artistas e criadores:

Francis Bacon, Daniel Barenboim, Orson Welles, Susan Sontag, Alain Resnais, Annie Ernaux, Vieira Da Silva,Michel Leiris, Jorge Amado, Alvaro Siza, Willy Ronis,Carlos Fuentes, Roberto Rossellini, Oscar Niemeyer, André Kertèsz, Dominique Sanda, Jeanne Moreau, Manoel De Oliveira, Pierre Clementi, Klaus Kinski, Jean-Luc Godard, Marceline Loridan, Andy Wharol  e tantos outros, durante muitos anos de encontros em fotografia.

Fiz uns poucos livros, catálogos e brochuras de apresentações de minhas diversas exposições, mas com bons autores, que eu admiro: Jorge Amado,  Charles Morazé, Cesare De Seta, Lydie Lachenal, Charles Malamud, Pierre Vidal Naquet, Lawrence Durrell, Jacques Lacarrière, Adonis, Alain Jouffroy, Driss Benzekri, Marc Fumaroli, Renzo Piano.

Sem subvenções, em total liberdade, percorri dois terços de minha trajetória realizando minhas fotografias.

Quem sabe, mais do que isso...sem me aproximar de quem não devia. Livre, e espero, coerente nesse percurso.

Minha ultima exposição, anterior à atual em Óbidos, foi em 2014 e 2015 em Paris, no Mois de la Photo, se chamava "Carlos Freire dans la Sicile de Vincenzo Consolo". Mostrada na Galerie Dina Vierny durante seis meses, com minhas fotografias da Sicília e textos do escritor Vincenzo Consolo, grande escritor siciliano, homem integro e lúcido, um caro amigo.

Atualmente trabalho na belíssima cidade do Porto. Com Álvaro Siza, que me honrou em aceitar de realizar um livro comigo.

Feliz e honrado estou também de participar da Folio 2016 aqui em Óbidos mostrando uma pequena parte de minhas fotografias de escritores.

Fotografias feitas com simplicidade, e sem outra pretensão que a de registar um momento preciso da vida desses seres excepcionais que são os escritores, que nos oferecem tanto prazer de leitura com seus talentos.

Carlos Freire, agosto de 2016              
Siracusa, Sicília.   

 

(DR: Doris Lessing, Londres 1996 copyright Carlos Freire)


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Freire

Carlos Freire

Carlos Freire nasceu no Rio de Janeiro, em 1945. A viver em Paris desde 1968, onde iniciou, pouco depois, o seu trabalho como fotógrafo para revistas como a Magazine Littéraire, a Art Presse The Times- Hoje, o carioca que virou parisiense soma hoje já mais de 700 retratos–sobretudo de grandes vultos da Cultura –, exposições aplaudidas pela crítica mundial e... Read More →



Tuesday September 27, 2016 11:00 - 21:00
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

11:00

Utopia, Hoje
*Inauguração oficial com os artistas  dia 24 de setembro, sábado, às 16h00

A exposição “Utopia hoje” apresenta as propostas de 10 artistas que interpretam, de forma livre e autoral, as obras de dois nomes maiores da nossa literatura Fernando Pessoa e José Saramago. Ainda que escritas em épocas distintas, “Mensagem” e “A Jangada de Pedra”, símbolos da nossa memória cultural contemporânea, abordam temas identitários e podem sugerir, nesse sentido, uma reflexão sobre Portugal.Apresentados em dois núcleos distintos, e que pretendem suscitar um diálogo entre as obras de Pessoa e Saramago na perspectiva da Utopia, tema do FOLIO 2016, cada um dos artistas concentrou a sua alma e pensamento nos aspectos que mais lhe interessavam, sejam estéticos, históricos, geográficos ou políticos, apresentando múltiplas leituras e interpretações, que não devem ser entendidas como ilustrações, porque estão para além dos textos literários, ainda que criadas a partir deles. De Cláudio Garrudo, Joanna Latka, Marta Ubach, Pauliana Valente Pimentel, e Teresa Gonçalves Lobo são as obras referentes à “Mensagem” de Fernando Pessoa”, enquanto Augusto Brázio, Hélio Luís, Paula Almozara, Rui Soares Costa, e Tiago Casanova partem da obra “A Jangada de Pedra” de José Saramago.A exposição “Utopia hoje” tem a curadoria de Ana Matos e foi especialmente concebida para esta 2ª edição do FOLIO, numa parceria entre Casa Fernando Pessoa, Fundação José Saramago e Galeria das Salgadeiras. 500 anos passados da publicação de “Utopia” de Thomas More, 82 anos da “Mensagem” de Fernando Pessoa e 30 anos de “A Jangada de Pedra” de José Saramago, que sentidos encontraremos, hoje, para a palavra Utopia? O não-lugar, no seu sentido etimológico, a projecção de um mundo que reclamamos melhor, porque mais justo? Com esta exposição, propõem-se, pois, reflexões de cariz estético e artístico, mas também político e social em torno da temática da utopia.

Ana Matos
(Curadora da exposição e directora da Galeria das Salgadeiras)  

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ana Matos

Ana Matos

Lisboa, 1972. Vive e trabalha em Lisboa. | Fundadora e directora da Galeria das Salgadeiras fundada a 4 de Julho de 2003. | Co-Fundadora do “Bairro das Artes — A Rentrée Cultural da Sétima Colina de Lisboa”, criado em 2010. | Co-Fundadora e Membro da “Isto não é um Cachimbo. Associação”, fundada em 2014. | Curadora da Fundação José Saramago. | Mestre em... Read More →


Tuesday September 27, 2016 11:00 - 21:00
MUSEU ABÍLIO

11:00

LÚMEN - Instalação Rui Horta

LÚMEN

Instalação Rui Horta

O espaço como contexto mas, simultaneamente, o texto da obra. O corpo como mediador, lugar da revelação, território entre o transcendental e o concreto. Luz e Video, que convocam a imaterialidade para a experiência do visitante.

LÚMEN é um encontro improvável mas lógico, um convite para investir a Igreja do Espírito Santo e o desafio de deslocar o espaço sacral para o território da arte.

Rui Horta


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Rui Horta

Rui Horta

Coreógrafo e bailarino, Rui Horta nasceu em Lisboa e logo aos 17 anos começou a dançar no Ballet Gulbenkian. Viveu depois em Nova Iorque, onde completou a sua formação, foi professor e intérprete durante vários anos. Na Alemanha, dirigiu o Soap Dance Theatre Frankfurt, sendo o seu trabalho considerado uma referência na dança europeia e apresentado nos mais importantes teatros e festivais de... Read More →


Tuesday September 27, 2016 11:00 - 21:00
IGREJA DA MISERICÓRDIA Largo da Misericórdia

11:00

Feira do Livro de Saldos
Tuesday September 27, 2016 11:00 - 21:00
TENDA MAIS

11:00

11:00

Estreitando Margens

Inauguração da exposição de fotografia Desmargens, sobre o tema da Utopia

 



Tuesday September 27, 2016 11:00 - 21:00
ESPAÇO CLEPUL Residência José Joaquim dos Santos

11:00

Desnorte de Gilson Lopes
Quem vem ao FOLIO?
avatar for Gilson Lopes

Gilson Lopes

Tem mais de 30 anos de experiência nos campos da Ilustração, do design e da publicidade. Como ilustrador, colaborou com revistas importantes, no Brasil e em Portugal. Como diretor de arte, trabalhou em diversas agências de publicidade, nacionais e multinacionais. Teve grandes mestres e conheceu ou trabalhou com pessoas notáveis. Na publicidade, ganhou prémios no Brasil, EUA e Europa. Viveu altos e baixos... Read More →


Tuesday September 27, 2016 11:00 - 21:00
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

11:00

Muro - Exposição The Cooked Book
Muro - Exposição The Cooked Book  - Vila Joya Cr-eat-ivity 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →


Tuesday September 27, 2016 11:00 - 21:00
ENTRADA DA VILA

11:00

Porto Cartoon

PortoCartoon: Utopia com Humor

O tema do PortoCartoon 2016 está em sintonia com o FOLIO 2016.

Em Óbidos, pode ser vista uma seleção com os melhores desenhos do humor internacional sobre Entendimento Mundial/Utopia.

Mesmo que se apele ao entendimento mundial, os lápis do humor deslizam para as crateras do desentendimento, ou seja para a denúncia das contradições do poder, em diferentes instâncias.

O desenho vencedor é muito forte. O sino é bem maior que os barcos do desespero. Por mais que o toquem, a insensibilidade estelar tem sido evidente numa Europa que foge para os paraísos fiscais, insensível aos gritos de humanidade. Thomas More referia há 500 anos, na sua Utopia, que "a desonestidade da ganância de alguns converteu-se em calamidade". 

A calamidade não acabou. Pelo contrário, espalhou-se. 

O sino, insensível aos desesperos da humanidade, assinala bem os tempos que vivemos hoje.

Uma das exceções mais assinaláveis à linha do 'desentendimento global' é a participação de Plantu (estrela de Le Monde). Clarividente no apelo, ele faz uma homenagem ao entendimento utópico. Com esta particularidade: grita em português “Viva a Utopia”.

Outros artistas, aliás, repegaram na imagem antiga da ilha da utopia para as suas sátiras. Com incisão.

Ninguém pode ficar indiferente a estas mensagens. De arte e riso.

É a excelência do cartoon. Utopia com humor.

 

Luiz Humberto Marcos,

Diretor do Museu Nacional da Imprensa


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Museu Nacional da Imprensa

Museu Nacional da Imprensa

O Museu Nacional da Imprensa/Jornais e Artes Gráficas é propriedade de uma entidade cultural privada, sem fins lucrativos, a AMI Associação Museu da Imprensa, reconhecida pelo Estado como instituição de Utilidade Pública, com manifesto interesse cultural e abrangida pela lei do Mecenato Cultural. Está também reconhecida como instituição relevante para o... Read More →


Tuesday September 27, 2016 11:00 - 21:00
ESPAÇO "Ó" Rua da Vila 18, Porta do Vale 16, 2510-089 Óbidos

11:00

Utopia Colectiva
Exposição cartazes FOLIO – do ponto de vista da Utopia do público

O Folio 2016 é Utopia. O Cartaz do Folio uma tela perfeita.

Utopia: o cartaz ideal, imaginário, fantástico.


Há um folha de papel que dobrando-se desenha a letra F, por trás dela o espaço é branco. É o espaço da Utopia.

 O João Vilhena e o Afonso Cruz  pintaram o mote. A utopia que no Folio nasce do branco. Do meio de nós. Do meio do Folio.

Mas porque é ideal, imaginário e fantástico todos somos(temos) uma. Nunca um evento teve cartazes que fossem todos originais. Três, quatro, dez ou cem cartazes.  Os que todos quiserem fazer. 

No mundo social a comunidade que ama o Folio tem uma tela de utopia só para ela. Para cada um. Que á a tela matriz da Utopia coletiva. O Folio oferece a tela digital e todos devolvem nela as suas utopias.

 

Cartazes originais que depois serão expostos em formato A4 cobrindo as paredes de uma sala durante o Folio.

 

in Folio mais : a sala da Utopia.

 

Nela todos se podem fotografar durante o FOLIO ao lado da sua utopia. Junto da de todos os outros.  E repetir a partilha, ideal, fantástica, imaginária.

 

JMdiogo

 

Organizadores
avatar for José Manuel Diogo

José Manuel Diogo

Diretor de Comunicação, Folio
O Diretor de comunicação do Folio, José Manuel Diogo é um autor e colunista português. Especialista em media intelligence, informação e gestão de comunicação. Estudou Jornalismo e Engenharia Mecânica na Universidade de Coimbra, em Coimbra, frequentou o curso XXXV PADE – Programa de Alta Direcção de Empresas da AESE e Pós graduado pelo... Read More →



Tuesday September 27, 2016 11:00 - 21:00
ESPAÇO CRIATIVO ANDRÉ REINOSO

11:00

Visualizações Da Influência Da "Canção Do Exílio"

Inserida na programação - UTOPIA - Matemática e Literatura


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Joshua Enslen

Joshua Enslen

Joshua Enslen é professor associado de Português na Academia Militar de Westpoint nos Estados Unidos, onde começou a lecionar após completar o seu doutoramento em Línguas Românicas na Universidade de Georgia. Em 2008 publicou Embodying the Nation: Literature and Diplomacy in Brazil– a sua dissertação – e já escreveu diversos ensaios para revistas e jornais sobre escritores... Read More →



Tuesday September 27, 2016 11:00 - 21:00
RESIDÊNCIA JOSEFA D'ÓBIDOS

11:00

Wine Garden - FOLIALQ

CONCEITO FoliALQ

WINE GARDEN by ALQ

Câmara Municipal de Alenquer

Poderão esperar da nossa parte uma tenda a imitar uma taberna “moderna” e com design de interior interessante, gerida por um parceiro do Município e em estreita relação com os nossos produtores da ROTA DOS VINHOS DE LISBOA. Estaremos disponíveis em todos os dias do eventos, no horário sugerido na nossa reunião, com ligeiros ajustes para um horário mais curto ou mais prolongado a partir dos primeiros dias do eventos e de acordo com a vontade do público e visitantes. Neste espaço estará igualmente a tempo inteiro um ou dois técnicos da autarquia para prestar todas as informações necessárias sobre os vinhos de Alenquer as nossas relações com a literatura. Neste espaço deverá igualmente estar uma pequena livraria com edições do Município de Alenquer para podermos igualmente transformar o espaço num pequeno mas simpático espaço literário e que servirá de fundo a algumas apresentações de obras recém editadas pelo nosso Município sobre o vinho e sobre outros aspetos culturais do nosso concelho.

A ideia base do espaço, para além da taberna no interior da tenda, será a de montar no exterior uma esplanada vínica, que possibilite a todos os visitantes disfrutar do evento na generalidade, retemperando forças neste local com recurso aos vinhos e petiscos que estarão à venda quer ao copo, quer em garrafa.

Temos previsto igualmente fazer alguns pequenos apontamentos musicais com músicos do concelho e de récita de poesia com escritores do concelho, que transformem esta esplanada vínica num local culturalmente ativo e acolhedor.  

Por último lançaremos o desafio aos nossos produtores para estarem presentes em cada dia do evento no sentido de poderem fazer algumas apresentações e provas de vinhos. Na certeza de que a sua presença trará a cada vinho um élan especial. Claro que como estaremos em plena época de vindimas e vinificação não podemos nesta fase quantificar a presença destes mas obviamente que alguns terão todo o gosto em estar presentes ou fazerem-se representar por seus colaboradores.



Tuesday September 27, 2016 11:00 - Wednesday September 28, 2016 01:00
CERCA DO CASTELO

14:30

Remédios Literários Consultas de Biblioterapia
Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ella Berthoud

Ella Berthoud

Ella Berthoud started reading on a journey from Tehran to London, on the parcel shelf of a Wolsey 1300 when she was five. She spent the next thirteen years reading books in inappropriate places like ski-lifts and trampolines. She studied English Literature at Cambridge University, where she read as many novels as she could at once. She continued on to University of East London where she studied Fine Art, and combined her twin passions of... Read More →
avatar for Susan Elderkin

Susan Elderkin

Susan Elderkin is the author of two critically-acclaimed novels, Sunset over Chocolate Mountains and The Voices. One of Granta’s 20 Best Young British Novelists in 2003, she also works as a critic and has taught creative writing on the MA courses at Birkbeck and Goldsmith’s. The Novel Cure: An A-Z of Literary Remedies by Ella Berthoud and Susan Elderkin is published by Canongate.


Tuesday September 27, 2016 14:30 - 16:00
AMBULÂNCIA LITERÁRIA

14:30

Vila Joya VIP Lounge

O projeto do Cooked Book não é sobre comida, é sobre sentimentos e emoções comestíveis, que juntou o Vila Joya, a Ivity e as suas deliciosas histórias - cr-EAT-ivity - numa receita única.

Cada prato tem uma história, cada Chef é um escritor, cada "livro cozinhado" é um pedaço da cultura cr-EAT-ive. O "livro cozinhado" é uma experiência visual concebida a partir do coração da cozinha do Vila Joya, para celebrar todos os Chefes do mundo, que escrevem a história da Gastronomia, todos os dias.

Sabor é tudo para o Chefe Koshina e a sua equipa. Sabor visual é tudo para o Chef-Designer Paulo e a sua equipa. Quando um Chef-Designer invade uma cozinha premiada com duas estrelas Michelin, quebra as regras e vai para além dos próprios alimentos - isso é cr-EAT-ivity.

Enquanto cruzam as muitas disciplinas de cr-EAT-ivity, Chef-Designers e Chefs de Cozinha fazem o mesmo, mas de maneiras diferentes. Escrevem histórias, reescrevem as memórias, equilibram sabores e ligam sensações. Cortam, fatiam, fervem, congelam. É brutal, é sensível. É um encontro cr-EAT-ive, que contraria o óbvio para tirar o máximo proveito dos nossos sabores mentais.

Para fazer parte do FOLIO, quisemos criar algo muito especial, nunca visto. Um livro de receitas teria sido fantástico, mas não era novidade. Enquanto pensávamos em livros de receitas e Chefs, em literatura, em livros e palavras, começámos a pensar como iríamos confeccionar esta receita. Depois de uma maravilhosa refeição com a equipa de design da Ivity, percebemos o seguinte: cada prato tem a sua própria história, escrita pelo seu Chef. Assim, todos Chefs no mundo são escritores. As suas palavras são os ingredientes deliciosos que lhes são oferecidos pela natureza, as receitas confeccionadas fazem a história, e o menu é o livro do Chefe, que é escrito principalmente com amor.

 ----

Varanda Pelourinho - Vila Joya Vip Lounge

Pelourinho room - Cooked Book launch talk

Padaria - Cooked Book live experience


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →
avatar for Dieter Koschina

Dieter Koschina

Vila Joya
Natural da Áustria, o Chef Dieter Koschina, lançou o Vila Joya na lista dos 50 melhores restaurantes no Mundo. Este restaurante premiado com duas estrelas Michelin, combina produtos locais com técnicas de cozinha do Norte da Europa.



Tuesday September 27, 2016 14:30 - 23:00
Vila Joya VIP Lounge

15:00

Fernando Cabral Martins sobre Mário de Sá Carneiro
SÁ-CARNEIRO, ORPHEU E A VANGUARDA

Mário de Sá-Carneiro é o primeiro vanguardista da poesia portuguesa. É também a alma danada de Orpheu, e faz parte, com Fernando Pessoa e Amadeo de Souza-Cardoso, do grupo dos que são vanguardistas sem serem futuristas. A poesia e a prosa de Sá-Carneiro está associada, sobretudo a partir de 1913, à Vanguarda que ele conhece, por experiência directa, em Paris. No entanto, encontram-seem Sá-Carneiro aspectos de tradição, e o Simbolismo do século XIX é para ele tão importante como o Cubismo seu contemporâneo, por exemplo. Mas não há nele uma hesitação entre o antigo e o novo, antes um conflito que se manifesta do princípio ao fim da sua obra e que nunca se resolve, mantendo vivas tendências e atitudes contraditórias. A literatura de Sá-Carneiro corresponde a sensações e ideias que não só têm a ver com formas artísticas mas também com as coisas da vida. Ele cria um género literário novo, que identifica poema, carta, confissão e sonho, tudo ao mesmo tempo. De resto, quer Pessoa quer Almada Negreiros criam também géneros novos, só deles: o Modernismo português, pode dizer-se, é fortemente criador. Para Sá-Carneiro, a imaginação é geométrica, como sempre no caso da Vanguarda. Amadeo, por exemplo, define o Cubismo como uma Dzcaligrafia mental e literáriadz, o que se pode ligar a muitas definições do Sensacionismo dadas por Pessoa por volta de 1915, Sensacionismo ao qual Sá-Carneiro e Almada Negreiros aderem. O Sensacionismo é a poética que propõe a síntese de todas as poéticas. Há mesmo em Sá-Carneiro uma síntese do belo e do incoerente: é aquilo a que chama Dzbeleza erradadz. Escreve numa carta a Pessoa: DzPara mim basta-me a beleza – e mesmo errada, fundamentalmente erradadz. Assim é que a beleza moderna é inteiramente desconhecida dos antigos. E Sá-Carneiro é, por excelência, um inventor de beleza.

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Fernando Cabral Martins

Fernando Cabral Martins

Professor doutor de Literatura Portuguesa na Universidade Nova de Lisboa, é autor de obras de ficção, livros sobre literatura e arte portuguesa entre os quais 'Cesário Verde ou a Transformação do Mundo, O Modernismo em Mário de Sá-Carneiroe Introdução ao Estudo de Fernando Pessoa, este último distinguido com o Prémio Jacinto... Read More →


Tuesday September 27, 2016 15:00 - 16:00
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

15:00

Oficina FOLIO EDUCA: À (re)conquista do mundo

Sinopse

Se, como já dizia o poeta, a utopia é como a linha do horizonte, inalcançável, que se afasta um passo a cada passo que damos ao seu encontro, ela é também aquilo que temos dentro que nos faz continuar sempre a caminhar. Um fulgor interior que não permite que deixemos de sonhar. Num tempo em que fortes ventos de mudança abalam a História, é, pois, urgente empenhar alma e coração num futuro feliz, livre, justo e sustentável para o mundo. É altura de sonhar o impossível.

Em Utopia, escrito em plena época dos Descobrimentos e das Conquistas das terras e das gentes do Novo Mundo das Américas pelos europeus (1516), Thomas More descreveu essa ilha exemplar ainda hoje inspiradora em tantos aspetos, e que ofereceu o nome a todo o ideal de sociedade. Este livro servirá de alavanca propulsora desta oficina onde, ao arrepio de todas as leis, simularemos, à pequena escala da vila de Óbidos, a reconquista do mundo. Desta vez, com poesia em bandeiras de utopia


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Luís Germano

Luís Germano

Professor bibliotecário do Agrupamento de Escolas de Óbidos. Bacharelato em Educação Pré-Escolar, Pós-Graduação em Ciências da Informação e Documentação. Licenciatura em Som e Imagem.
avatar for Susana Rodrigues Pires

Susana Rodrigues Pires

Nasceu em Lisboa. É, porém, de Almada que é natural, orgulhando-se ainda das suas duas costelas alentejanas. | Licenciou-se em História, com especialização em História Cultural e das Mentalidades, em 2007, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas - Universidade Nova de Lisboa, onde fez também, entre 2008 e 2010, o Curso Complementar de Formação em Filosofia. Concluiu... Read More →



Tuesday September 27, 2016 15:00 - 16:30
ESCOLA EB JOSEFA DE ÓBIDOS

15:17

Comboio Literário | Óbidos - Lisboa
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h17 e às 00h35. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 


Tuesday September 27, 2016 15:17 - 17:00
Estação CP Óbidos Óbidos

16:00

16:00

Expressões populares na região da tucujulândia
"Expressões populares na região da tucujulândia", com Marcia Jardim Rodrigues e Marcelino da Costa Alves Júnior seguido de desgustação de produtos do Amapá/Amazónia. (Espaço Clepul) 


Tuesday September 27, 2016 16:00 - 18:00
ESPAÇO CLEPUL Residência José Joaquim dos Santos

17:00

"O Estranho caso do Mário de Sá Carneiro"
"O Estranho caso do Mário de Sá Carneiro" – conversa com Paulo Seabra

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Paulo Seabra

Paulo Seabra

Paulo Seabra (1959) é um realizador português com formação ems artes gráficas, animação, fotografia e vídeo. Para além da realização, Paulo Seabra já trabalhou como músico, fotógrafo, e também na área dos efeitos visuais. Entre os documentários já realizados destacam-se Estética, Propaganda e Utopia no Portugal de... Read More →


Tuesday September 27, 2016 17:00 - 18:00
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

17:55

Comboio Literário | Lisboa - Óbidos
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h17 e às 00h35. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 
NOTA: Há transporte FOLIO entre a estação de comboio de Óbidos e a Vila Literária 


Tuesday September 27, 2016 17:55 - 19:00
Lisboa Estação do Rossio

18:00

Jornalismo, Utopia e Sociedade
Moderador
avatar for José Manuel Diogo

José Manuel Diogo

Diretor de Comunicação, Folio
O Diretor de comunicação do Folio, José Manuel Diogo é um autor e colunista português. Especialista em media intelligence, informação e gestão de comunicação. Estudou Jornalismo e Engenharia Mecânica na Universidade de Coimbra, em Coimbra, frequentou o curso XXXV PADE – Programa de Alta Direcção de Empresas da AESE e Pós graduado pelo... Read More →

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Rui Hortelão

Rui Hortelão

Rui Hortelão nasceu em 1978, em Lisboa. Licenciado em Comunicação Social, pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP), tem um mini-MBA pelo INDEG Business School/ISCTE e é jornalista desde 1997. Foi diretor-adjunto do Diário de Notícias e subdirector do Correio da Manhã. Antes passou pelo Record, 24horas, Focus e foi cronista da Sábado. Como enviado especial... Read More →
avatar for Júlia Pinheiro

Júlia Pinheiro

Apresentadora de televisão , passou pela Rádio, apresentou inúmeros programas nos três canais de televisão nacionais e foi na SIC que encontrou o seu lugar, onde assumiu em 2011 o cargo de Directora de Formatação de Conteúdos e apresentou também o programa diário “Querida Júlia”. | | Em 2009 foi nomeada na categoria Melhor Apresentadora e... Read More →


Tuesday September 27, 2016 18:00 - 19:00
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

18:00

Tertúlia FOLIO EDUCA: Imaginar Território Leitores

Sinopse :

Desenhar utopias nas cidades que há e por haver. A leitura nos edifícios sonhados construídos, como é exemplo o projeto da Maison de La Paix - Lausanne, e em estratégias inovadoras históricas, tais como as Bibliotecas Itinerantes Gulbenkian, 1956- , e atuais, como o Porto Worst Tours, 2014- .


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Gui Castro Felga

Gui Castro Felga

Nascida no Porto. Bairrista-internacionalista, secção DIY or die, departamento de agitação permanente. Licenciada em Arquitetura na FAUP em 2006. Precária durante uns anos. Desempregada durante 'a' crise, sem nunca ter contado para as estatísticas. Trabalhadora auto-organizada desde aí - em ilustração, contrapropaganda, arquitetura, auto construção. Esteve na fontinha... Read More →
avatar for Nuno Marçal

Nuno Marçal

Nasceu em Castelo Branco a 20 de Setembro de 1974. | É bibliotecário, por paixão na Biblioteca Municipal de Proença-a-Nova desde 2003. Desde 2006 exerce funções de Bibliotecário-Ambulante, onde tenta conciliar a Razão e a Paixão ao volante da Bibliomóvel, projecto itinerante de biblioteca, que se desloca pelas | povoações das quatro freguesias do concelho de... Read More →
avatar for Manuel Aires Mateus

Manuel Aires Mateus

Nasceu em Lisboa e formou-se na Faculdade de Arquitetura / Universidade Técnica de Lisboa em 1986. Começou a colaborar com o Arq. Gonçalo Byrne em 1983 e a desenvolver projetos com o seu irmão Francisco em 1988. O Atelier Aires Mateus foi nessa altura constituído pelos dois irmãos apesar de ocupar um espaço dentro do atelier do Arq. Gonçalo Byrne. A crescente escala de projetos... Read More →
avatar for Sandra Monteiro

Sandra Monteiro

Directora do jornal Le Monde diplomatique − edição portuguesa desde Fevereiro de 2005. Antes foi membro do conselho coordenador (Abril de 1999-Janeiro de 2002) e subdirectora (Fevereiro 2002-Janeiro de 2005) do mesmo jornal. | Em Setembro de 2006 participou na criação da cooperativa cultural Outro Modo, estrutura que assumiu a publicação do referido jornal e de cuja direcção... Read More →


Tuesday September 27, 2016 18:00 - 19:30
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

18:30

Remédios Literários - Os livros que marcaram os autores e O sucesso e a arte da leitura

Sinopse:
Durante toda a nossa vida passamos por diversos processos de transformação. Vivê-los ou não é uma escolha que nos compete. Sendo a leitura uma das formas mais audazes de despertar em cada um de nós a verdadeira essência e a capacidade de mudança, é também através que garantimos acesso completo quer aos nossos recursos internos, quer aos vários padrões de sucesso.

Ler, Integrar, Aplicar, Partilhar, expressões que não passam despercebidas a quem utiliza a leitura para atingir a melhor versão de si próprio. Assim, e incidindo no processo da leitura como um dos mais significativos, vou desvendar os segredos que estão por detrás do sucesso através da leitura e de como esta pode mudar a sua vida!

O maior passo que podemos dar é aquele que damos para dentro de nós próprios rumo ao nosso autoconhecimento e ao nosso esplendor. E ler, dá-nos esta clareza.


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ella Berthoud

Ella Berthoud

Ella Berthoud started reading on a journey from Tehran to London, on the parcel shelf of a Wolsey 1300 when she was five. She spent the next thirteen years reading books in inappropriate places like ski-lifts and trampolines. She studied English Literature at Cambridge University, where she read as many novels as she could at once. She continued on to University of East London where she studied Fine Art, and combined her twin passions of... Read More →
avatar for Susan Elderkin

Susan Elderkin

Susan Elderkin is the author of two critically-acclaimed novels, Sunset over Chocolate Mountains and The Voices. One of Granta’s 20 Best Young British Novelists in 2003, she also works as a critic and has taught creative writing on the MA courses at Birkbeck and Goldsmith’s. The Novel Cure: An A-Z of Literary Remedies by Ella Berthoud and Susan Elderkin is published by Canongate.
avatar for César Ferreira

César Ferreira

Toda a vida tem uma história. A minha não é diferente. Oriundo da Ilha da Madeira, a famosa “Pérola do Atlântico”, iniciei a minha viagem pela leitura aos 7 anos. Primeiro pela banda desenhada, depois pela coleção de Júlio Verne e mais tarde pela Bíblia em que descobri, através desta, o poder da narrativa. Foi a partir daí, e até os dias de hoje, que... Read More →


Tuesday September 27, 2016 18:30 - 19:30
THE LITERARY MAN HOTEL

19:00

Apresentação de músicas regionais por músicos da região do Amapá
Apresentação de músicas regionais por músicos da região do Amapá

Tuesday September 27, 2016 19:00 - 21:00
ESPAÇO CLEPUL Residência José Joaquim dos Santos

19:30

Os autores propõem: "Desnorte e Desamparo" Apresentação dos livros de Inês Pedrosa
Os autores propõem: "Desnorte" e "Desamparo" - Apresentação do livro de Inês Pedrosa com Inês Pedrosa e Gilson Lopes
Editora Dom Quixote 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Gilson Lopes

Gilson Lopes

Tem mais de 30 anos de experiência nos campos da Ilustração, do design e da publicidade. Como ilustrador, colaborou com revistas importantes, no Brasil e em Portugal. Como diretor de arte, trabalhou em diversas agências de publicidade, nacionais e multinacionais. Teve grandes mestres e conheceu ou trabalhou com pessoas notáveis. Na publicidade, ganhou prémios no Brasil, EUA e Europa. Viveu altos e baixos... Read More →
avatar for Inês Pedrosa

Inês Pedrosa

Inês Pedrosa nasceu em 1962. Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa, trabalhou na imprensa, na rádio e na televisão. Dirigiu a revista Marie Claire entre 1993 e 1996. Foi diretora da Casa Fernando Pessoa entre 2008 e 2014. Mantém desde há 13 anos uma crónica semanal, primeiro no semanário Expresso e atualmente no semanário Sol. Participa... Read More →


Tuesday September 27, 2016 19:30 - 20:30
TENDA MAIS

21:30

A Cidade Ideal: Parte I
Conversas de Bolso
A Cidade Ideal Parte I
Convidados: Rui Moreira (CÂMARA MUNICIPAL DO PORTO), Álamo de Meneses (CÂMARA MUNICIPAL DE ANGRA DO HEROÍSMO), Humberto Marques (CÂMARA MUNICIPAL DE ÓBIDOS), Michael Vandebril (DIRECTOR DE “ANTWERP BOOK CITY”), Ana Abrunhosa (PRESIDENTE DA CCDR CENTRO) e João Soares (DEPUTADO)
 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ana Abrunhosa

Ana Abrunhosa

Presidente da CCDR CENTRO
avatar for Humberto Marques

Humberto Marques

Mayor, Câmara Municipal de Óbidos
Presidente da Câmara Municipal de Óbidos
avatar for Álamo de Meneses

Álamo de Meneses

Presidente da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo
avatar for Rui Moreira

Rui Moreira

Nasceu no Porto a 8 de Agosto de 1956. Frequentou o Colégio Alemão do Porto, o Liceu Nacional Garcia de Orta e licenciou-se em gestão de empresas em 1978, pela Universidade de Greenwich (Londres, Inglaterra), tendo obtido, nesse ano, o prémio de melhor aluno do curso. Regressado a Portugal e à sua cidade natal, evidenciou-se como uma voz ativa na defesa dos interesses da cidade do Porto e da Região... Read More →
avatar for João Soares

João Soares

João Barroso Soares (Lisboa, São Cristóvão e São Lourenço, 29 de agosto de 1949), normalmente conhecido apenas como João Soares, é um editor literário e político português. Foi Presidente da Câmara Municipal de Lisboa entre 1995 e 2002, e ministro da Cultura do XXI Governo Constitucional de Portugal entre 2015 e 2016.
avatar for Michael Vandebril

Michael Vandebril

Director de “Antwerp Book City”


Tuesday September 27, 2016 21:30 - 22:30
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

22:30

Caixa de Pandora
The art as a living soul, free and unpredictable 

Tuesday September 27, 2016 22:30 - 23:30
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

00:35

Comboio Literário | Óbidos - Lisboa
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h17 e às 00h35. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 


Wednesday September 28, 2016 00:35 - 02:30
Estação CP Óbidos Óbidos
 
Wednesday, September 28
 

10:25

Comboio Literário | Lisboa - Óbidos
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h16 e às 00h36. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 
NOTA: Há transporte FOLIO entre a estação de comboio de Óbidos e a Vila Literária


Wednesday September 28, 2016 10:25 - 12:00
Lisboa Estação do Rossio

11:00

Oficina FOLIO EDUCA: Oceanutópicos

Sinopse

Uma oficina de pensamento, oceano e utopia que promete interpelar os transeuntes e seduzir os jovens de Óbidos para a causa dos Oceanos. Pensamento, Palavra, Escrita, e Construção plástica, numa intervenção pelas ruas.

A oficina Oceanutópicos (batizada assim por votação dos jovens participantes) já começou no Agrupamento de Escolas Reynaldo dos Santos, em Vila Franca de Xira. Uma oficina que cruza a temática do livro Utopia de Thomas Moro com a urgência de pensar o mar. As sessões vêm realizando-se na bela biblioteca escolar da escola mãe do agrupamento e reúnem 20 participantes do 4º,8º e 11º ano num diálogo democrático e participado, transversal às diferentes idades em presença. Optámos pelo trabalho em pequenos grupos de reflexão temática que produziram pequenos textos afirmativos onde se propõem visões de futuro para os mares num exercício de transgressão criativa que vai crescendo a cada nova sessão realizada na biblioteca escolar. Em debate tem estado a forma como vamos partilhar o pensado e escrito pelas ruas de Óbidos, cativando transeuntes e alunos das escolas locais, para o tema da Utopia com sabor a Mar. Peço que nos desculpem por não divulgarmos (ainda) o que estamos a preparar – não queremos estragar a surpresa. 

 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Miguel Horta

Miguel Horta

É um pintor que se dedica à partilha e comunicação com o Outro, daí que a sua intervenção se estenda à mediação cultural (museus, bibliotecas públicas e escolares, bairros problemáticos e estabelecimentos prisionais, ruas e praças). Horta é ainda autor/ilustrador de literatura infantojuvenil (Pinok e Baleote-PNL e Dacoli e Dacolá-PNL... Read More →
avatar for Hermínia Falcão Valente

Hermínia Falcão Valente

Professora bibliotecária do Agrupamento de Escolas Prof. Reynaldo dos Santos. | Coordenadora das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Professor Reynaldo dos Santos, Vila Franca de Xira e professora bibliotecária da Escola Sede do Agrupamento Professora do Ensino Secundário - Grupo 300 | Mestre em Gestão e Administração Educacional – Universidade Aberta de Lisboa | Licenciada em Línguas e... Read More →



Wednesday September 28, 2016 11:00 - 12:30
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

11:00

Tempo Pintado - revisitar Ruy Belo

Tempo pintado, revisitar Ruy Belo

Peças cerâmicas povoam a casa de Ruy Belo. É uma presença que continua a existir junto dos livros de quase todas as divisões da casa. São como figuras que com esses mesmos livros estabelecem um diálogo enigmático, talvez sobre lugares, sobre as mãos que moldaram aquelas personagens e objetos, talvez sobre o conteúdo dos livros, sobre poemas, sobre a vida, sobre o mundo. Outras peças respondem pela sua função imediata, de apoio ao quotidiano da casa. Pratos, canecas, travessas, todos os dias nos transportam em memória para lugares distantes, como se nos seus desenhos sobre fundo branco se configurasse uma geografia imaginária que, inevitavelmente, nos ergue para os universos da palavra, não necessariamente para os poemas ou outras formas, mas para a possibilidade da livre expressão do pensamento.

Os objetos cerâmicos representados nestas fotografias foram adquiridos por Ruy Belo em Óbidos e na sua região.

 

Duarte Belo

Setembro 2016



Wednesday September 28, 2016 11:00 - 21:00
GALERIA PELOURINHO Largo de São Pedro, 2510-086 ÓBIDOS

11:00

Filipe Seems por António Jorge Gonçalves e Nuno Artur Silva
Quem vem ao FOLIO?
avatar for António Jorge Gonçalves

António Jorge Gonçalves

Ilustrador, caricaturista, designer gráfico, cenógrafo e professor, é na BD que tem o seu trabalho de maior destaque. Nasceu em Lisboa há 51 anos, licenciou-se em Design Gráfico e fez o Mestrado em Theatre Design em Londres. Foi ainda professor no IADE, RESTART e na Universidade Nova de Lisboa. Sendo a banda desenhada a sua forma de expressão de... Read More →
avatar for Nuno Artur Silva

Nuno Artur Silva

Nuno Artur Silva, curador da primeira edição da área da Folia, em 2015. É autor e produtor de livros, peças de teatro, séries e programas de televisão, sobretudo nas áreas da comédia e da poesia. Foi fundador, editor e diretor da Produções Fictícias, agência criativa, do jornal ‘O Inimigo Público e do Canal Q, canal cabo de... Read More →



Wednesday September 28, 2016 11:00 - 21:00
CAPELA DE SÃO MARTINHO Largo de São João de Deus, Óbidos

11:00

11:00

Escritores de Afonso Cruz

ESCRITORES

Uma exposição de Afonso Cruz

 Esta é uma exposição de ilustrações de escritores de várias gerações, desde o Renascimento à contemporaneidade, executadas inicialmente para a feira do livro de Bogotá - aquando da participação portuguesa como país convidado -, e representando autores tão diversos como Camões, Vergílio Ferreira ou Raúl Brandão.

Insistindo no vínculo entre leitores e escritores, pretende-se estimular a leitura, o conhecimento e reconhecimento dos escritores lusófonos, dando-lhes forma e protagonismo.

Foi agora transformada num espaço de convívio entre leitores e autores, na esperança de que haja a intimidade de uma sala. Façamos de conta que visitamos a casa de uma tia-avó e que nos sentamos junto ao aparador, bebemos um chá (ou uma ginjinha), conversamos com toda a literatura que nos envolve, com os retratos de pessoas que amamos e que exibimos em molduras velhas, para bem da nossa felicidade e da possibilidade de continuarmos a ser um diálogo, independentemente das limitações espácio-temporais que a física impõe.

A literatura, imanente e transcendente, estará nessa sala, no aparador da tia-avó, chegando a nós com a mesma facilidade com que chega ao cantinho mais remoto do universo. Dois cantinhos que nunca ninguém terá capacidade de varrer.


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Afonso Cruz

Afonso Cruz

Escritor, ilustrador e músico, Afonso Cruz é uma referência no panorama nacional do romance e da ilustração. Reconhecido também pelos seus trabalhos na ilustração infantil, Afonso Cruz foi várias vezes premiado pelo seu trabalho com, por exemplo, o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco 2010, o Prémio Literário Maria Rosa Colaço 2009, o Prémio... Read More →



Wednesday September 28, 2016 11:00 - 21:00
FOYER CASA DA MÚSICA R. Josefa de Óbidos 01, 2510-000 Óbidos

11:00

Júlio Pomar: Dom Quixote
Cervantes é a mais continuada cumplicidade literária de Júlio Pomar, que tem na sua obra, desde sempre, as fontes literárias e a ilustração como uma das grandes pistas de criação.De Sidónio Muralha, Alves Redol e Cardoso Pires, em 1949, depois Camilo, Tolstoi, Dante e Rabelais, até Camões e Pessoa, Pöe, Homero, a lista é longa, separando-se sempre mais a interpretação dopretexto ilustativo para viver por si mesmo na autonomia do desenho oudo quadro. É a abertura para caminhos da imaginação,por via da ficção e do mito, que alterna com a observação do real e seus espectáculos: cenas do trabalho, retratos e corpos, Índios da Amazónia, etc. Começou essa relação com Cervantes por um convite para ilustrar as «Novelas Exemplares», em1958 (ed. Folio). Mas foi «D. Quixote» que ocupou o artista em sucessivas etapas, ultrapassando as encomendas para fazer dos heróisou anti-heróis, e de diferentes episódios narrativos, temas pessoais, abordados em múltiplos modos de fazer. Em 1959-61, com as pequenas pinturas sobre cartão para uma edição Bertrand, Quixote apareceu Quixote num ciclo de seis gravuras, cinco pinturas e esculturas de ferros soldados. Quando em 1997 surgiu a ideia de reunir essa produção numa só exposição (Gandarinha, Cascais), a revisão da obra feita proporcionou a vontade de acrescentar-lhe uma variação sobre o episódio dos carneiros, em tela de muito grande formato. Dela se editou uma versão em serigrafia, agora exposta. Outra releitura do Quixote aconteceu já em 2005, para uma edição do Expresso em 10 partes semanais, que Pomar tomou como razão de mais um mergulho no desenho, sempre praticado com variada regularidade. Foram reencontros (ou recomeços) assumidos em plena liberdade decriação, acompanhando a par e passo a paginação dos cadernos por Henrique Cayatte. E outra série de pinturas quixotescas surgiu com estes desenhos.


Wednesday September 28, 2016 11:00 - 21:00
MUSEU MUNICIPAL Rua Direita 97, Óbidos

11:00

O LAGARTO de J. Borges
A segunda edição do FOLIO recebe em estreia mundial uma exposição que junta as palavras de José Saramago ao inconfundível traço do artistapopular brasileiro J. Borges. A partir de um texto escrito em 1973 pelo Prémio Nobel português,O Lagarto, J. Borges criou um conjunto de xilogravuras que propõem uma nova leitura para a história de uma misteriosa criatura que surge no Chiado, em Lisboa. Em Óbidos, serão expostas pela primeira vez as peças em madeira talhadas pelo renomadoartista brasileiro para o livro, assim como as suas impressões originais. Também no decorrer do FOLIO será apresentada a primeira edição de O Lagarto, com a chancela da Porto Editora, no dia 22 às 18h30. 

Museu Abílio - Hall e piso 0 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for José Francisco Borges

José Francisco Borges

Mais conhecido como J. Borges é um dos mestres da literatura de Cordel, xilogravurista e um dos artistas populares brasileiros mais conceituados na América Latina e no mundo. Nasceu em1935 em Pernambuco e, aos 21 anos, iniciou-se na escrita de folhetos de cordel e, pouco depois, na xilogravura. Logo o seu trabalho impressionou colecionadores e marchands e, desde então, soma vários prémios e... Read More →


Wednesday September 28, 2016 11:00 - 21:00
MUSEU ABÍLIO

11:00

Retratos de autores, encontros nos caminhos da vida - Carlos Freire

Retratos de autores,
encontros nos caminhos da vida.

Meus anos de jovem fotógrafo em Paris se passaram da melhor maneira possível, dou-me conta disso ao concentrar minha memória para escrever este texto destinado à imprensa portuguesa informando-a sobre esta exposição de retratos de escritores na Folio 2016 em Óbidos.

Em 1973 comecei minha vida em fotografia. Um começo sem hesitações visto minha vontade de ganhar o que necessitava para sobreviver em Paris, realizando retratos de escritores de meu gosto, autores que eu havia lido em sua maioria, e vendendo as fotografias desses escritores por mim selecionados para editores, revistas literárias e páginas culturais de jornais franceses.

Deu certo, pois durante alguns anos trabalhei muito nesse campo, e o ampliei, pois tive a oportunidade de trabalhar com páginas culturais e editores em Londres. Nunca fui fotojornalista, meu ritmo de trabalho, lento e contemplativo, recusou naturalmente essa profissão, que requer um outro tipo de atitude, de temperamento. Atitude mais metódica, a dos fotojornalistas, mais objetiva.

Meus encontros me formaram, desde a adolescência, meus caminhos foram aqueles do imprevisto. Sem medo.

Algumas das fotografias mostradas aqui em Óbidos, na Folio 2016 são resultado de encomendas ( Iris Murdoch, Marguerite Duras, Roland Barthes).

A grande maioria foram feitas por minha iniciativa. Quase todas foram verdadeiros encontros. Dos autores mostrados aqui em Óbidos, dois foram grandes amigos, Mary McCarthy e Lawrence Durrell. Outros, como Emil Cioran, Julio Cortazar e Carole Dunlop, eram escritores que eu frequentei, eram próximos de mim, eu os via com frequência.

Esta mostra aqui na Folio é a ponta do iceberg.

Durante anos tive o grande prazer de poder ganhar minha vida retratando artistas de quase todos os meios de expressão: escritores, ensaístas, poetas, pintores, escultores, arquitetos, atrizes, atores, fotógrafos, cineastas, músicos.

Dentre alguns desses artistas e criadores:

Francis Bacon, Daniel Barenboim, Orson Welles, Susan Sontag, Alain Resnais, Annie Ernaux, Vieira Da Silva,Michel Leiris, Jorge Amado, Alvaro Siza, Willy Ronis,Carlos Fuentes, Roberto Rossellini, Oscar Niemeyer, André Kertèsz, Dominique Sanda, Jeanne Moreau, Manoel De Oliveira, Pierre Clementi, Klaus Kinski, Jean-Luc Godard, Marceline Loridan, Andy Wharol  e tantos outros, durante muitos anos de encontros em fotografia.

Fiz uns poucos livros, catálogos e brochuras de apresentações de minhas diversas exposições, mas com bons autores, que eu admiro: Jorge Amado,  Charles Morazé, Cesare De Seta, Lydie Lachenal, Charles Malamud, Pierre Vidal Naquet, Lawrence Durrell, Jacques Lacarrière, Adonis, Alain Jouffroy, Driss Benzekri, Marc Fumaroli, Renzo Piano.

Sem subvenções, em total liberdade, percorri dois terços de minha trajetória realizando minhas fotografias.

Quem sabe, mais do que isso...sem me aproximar de quem não devia. Livre, e espero, coerente nesse percurso.

Minha ultima exposição, anterior à atual em Óbidos, foi em 2014 e 2015 em Paris, no Mois de la Photo, se chamava "Carlos Freire dans la Sicile de Vincenzo Consolo". Mostrada na Galerie Dina Vierny durante seis meses, com minhas fotografias da Sicília e textos do escritor Vincenzo Consolo, grande escritor siciliano, homem integro e lúcido, um caro amigo.

Atualmente trabalho na belíssima cidade do Porto. Com Álvaro Siza, que me honrou em aceitar de realizar um livro comigo.

Feliz e honrado estou também de participar da Folio 2016 aqui em Óbidos mostrando uma pequena parte de minhas fotografias de escritores.

Fotografias feitas com simplicidade, e sem outra pretensão que a de registar um momento preciso da vida desses seres excepcionais que são os escritores, que nos oferecem tanto prazer de leitura com seus talentos.

Carlos Freire, agosto de 2016              
Siracusa, Sicília.   

 

(DR: Doris Lessing, Londres 1996 copyright Carlos Freire)


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Freire

Carlos Freire

Carlos Freire nasceu no Rio de Janeiro, em 1945. A viver em Paris desde 1968, onde iniciou, pouco depois, o seu trabalho como fotógrafo para revistas como a Magazine Littéraire, a Art Presse The Times- Hoje, o carioca que virou parisiense soma hoje já mais de 700 retratos–sobretudo de grandes vultos da Cultura –, exposições aplaudidas pela crítica mundial e... Read More →



Wednesday September 28, 2016 11:00 - 21:00
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

11:00

Utopia, Hoje
*Inauguração oficial com os artistas  dia 24 de setembro, sábado, às 16h00

A exposição “Utopia hoje” apresenta as propostas de 10 artistas que interpretam, de forma livre e autoral, as obras de dois nomes maiores da nossa literatura Fernando Pessoa e José Saramago. Ainda que escritas em épocas distintas, “Mensagem” e “A Jangada de Pedra”, símbolos da nossa memória cultural contemporânea, abordam temas identitários e podem sugerir, nesse sentido, uma reflexão sobre Portugal.Apresentados em dois núcleos distintos, e que pretendem suscitar um diálogo entre as obras de Pessoa e Saramago na perspectiva da Utopia, tema do FOLIO 2016, cada um dos artistas concentrou a sua alma e pensamento nos aspectos que mais lhe interessavam, sejam estéticos, históricos, geográficos ou políticos, apresentando múltiplas leituras e interpretações, que não devem ser entendidas como ilustrações, porque estão para além dos textos literários, ainda que criadas a partir deles. De Cláudio Garrudo, Joanna Latka, Marta Ubach, Pauliana Valente Pimentel, e Teresa Gonçalves Lobo são as obras referentes à “Mensagem” de Fernando Pessoa”, enquanto Augusto Brázio, Hélio Luís, Paula Almozara, Rui Soares Costa, e Tiago Casanova partem da obra “A Jangada de Pedra” de José Saramago.A exposição “Utopia hoje” tem a curadoria de Ana Matos e foi especialmente concebida para esta 2ª edição do FOLIO, numa parceria entre Casa Fernando Pessoa, Fundação José Saramago e Galeria das Salgadeiras. 500 anos passados da publicação de “Utopia” de Thomas More, 82 anos da “Mensagem” de Fernando Pessoa e 30 anos de “A Jangada de Pedra” de José Saramago, que sentidos encontraremos, hoje, para a palavra Utopia? O não-lugar, no seu sentido etimológico, a projecção de um mundo que reclamamos melhor, porque mais justo? Com esta exposição, propõem-se, pois, reflexões de cariz estético e artístico, mas também político e social em torno da temática da utopia.

Ana Matos
(Curadora da exposição e directora da Galeria das Salgadeiras)  

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ana Matos

Ana Matos

Lisboa, 1972. Vive e trabalha em Lisboa. | Fundadora e directora da Galeria das Salgadeiras fundada a 4 de Julho de 2003. | Co-Fundadora do “Bairro das Artes — A Rentrée Cultural da Sétima Colina de Lisboa”, criado em 2010. | Co-Fundadora e Membro da “Isto não é um Cachimbo. Associação”, fundada em 2014. | Curadora da Fundação José Saramago. | Mestre em... Read More →


Wednesday September 28, 2016 11:00 - 21:00
MUSEU ABÍLIO

11:00

LÚMEN - Instalação Rui Horta

LÚMEN

Instalação Rui Horta

O espaço como contexto mas, simultaneamente, o texto da obra. O corpo como mediador, lugar da revelação, território entre o transcendental e o concreto. Luz e Video, que convocam a imaterialidade para a experiência do visitante.

LÚMEN é um encontro improvável mas lógico, um convite para investir a Igreja do Espírito Santo e o desafio de deslocar o espaço sacral para o território da arte.

Rui Horta


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Rui Horta

Rui Horta

Coreógrafo e bailarino, Rui Horta nasceu em Lisboa e logo aos 17 anos começou a dançar no Ballet Gulbenkian. Viveu depois em Nova Iorque, onde completou a sua formação, foi professor e intérprete durante vários anos. Na Alemanha, dirigiu o Soap Dance Theatre Frankfurt, sendo o seu trabalho considerado uma referência na dança europeia e apresentado nos mais importantes teatros e festivais de... Read More →


Wednesday September 28, 2016 11:00 - 21:00
IGREJA DA MISERICÓRDIA Largo da Misericórdia

11:00

Feira do Livro de Saldos
Wednesday September 28, 2016 11:00 - 21:00
TENDA MAIS

11:00

11:00

Estreitando Margens

Inauguração da exposição de fotografia Desmargens, sobre o tema da Utopia

 



Wednesday September 28, 2016 11:00 - 21:00
ESPAÇO CLEPUL Residência José Joaquim dos Santos

11:00

Desnorte de Gilson Lopes
Quem vem ao FOLIO?
avatar for Gilson Lopes

Gilson Lopes

Tem mais de 30 anos de experiência nos campos da Ilustração, do design e da publicidade. Como ilustrador, colaborou com revistas importantes, no Brasil e em Portugal. Como diretor de arte, trabalhou em diversas agências de publicidade, nacionais e multinacionais. Teve grandes mestres e conheceu ou trabalhou com pessoas notáveis. Na publicidade, ganhou prémios no Brasil, EUA e Europa. Viveu altos e baixos... Read More →


Wednesday September 28, 2016 11:00 - 21:00
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

11:00

Muro - Exposição The Cooked Book
Muro - Exposição The Cooked Book  - Vila Joya Cr-eat-ivity 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →


Wednesday September 28, 2016 11:00 - 21:00
ENTRADA DA VILA

11:00

Porto Cartoon

PortoCartoon: Utopia com Humor

O tema do PortoCartoon 2016 está em sintonia com o FOLIO 2016.

Em Óbidos, pode ser vista uma seleção com os melhores desenhos do humor internacional sobre Entendimento Mundial/Utopia.

Mesmo que se apele ao entendimento mundial, os lápis do humor deslizam para as crateras do desentendimento, ou seja para a denúncia das contradições do poder, em diferentes instâncias.

O desenho vencedor é muito forte. O sino é bem maior que os barcos do desespero. Por mais que o toquem, a insensibilidade estelar tem sido evidente numa Europa que foge para os paraísos fiscais, insensível aos gritos de humanidade. Thomas More referia há 500 anos, na sua Utopia, que "a desonestidade da ganância de alguns converteu-se em calamidade". 

A calamidade não acabou. Pelo contrário, espalhou-se. 

O sino, insensível aos desesperos da humanidade, assinala bem os tempos que vivemos hoje.

Uma das exceções mais assinaláveis à linha do 'desentendimento global' é a participação de Plantu (estrela de Le Monde). Clarividente no apelo, ele faz uma homenagem ao entendimento utópico. Com esta particularidade: grita em português “Viva a Utopia”.

Outros artistas, aliás, repegaram na imagem antiga da ilha da utopia para as suas sátiras. Com incisão.

Ninguém pode ficar indiferente a estas mensagens. De arte e riso.

É a excelência do cartoon. Utopia com humor.

 

Luiz Humberto Marcos,

Diretor do Museu Nacional da Imprensa


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Museu Nacional da Imprensa

Museu Nacional da Imprensa

O Museu Nacional da Imprensa/Jornais e Artes Gráficas é propriedade de uma entidade cultural privada, sem fins lucrativos, a AMI Associação Museu da Imprensa, reconhecida pelo Estado como instituição de Utilidade Pública, com manifesto interesse cultural e abrangida pela lei do Mecenato Cultural. Está também reconhecida como instituição relevante para o... Read More →


Wednesday September 28, 2016 11:00 - 21:00
ESPAÇO "Ó" Rua da Vila 18, Porta do Vale 16, 2510-089 Óbidos

11:00

Utopia Colectiva
Exposição cartazes FOLIO – do ponto de vista da Utopia do público

O Folio 2016 é Utopia. O Cartaz do Folio uma tela perfeita.

Utopia: o cartaz ideal, imaginário, fantástico.


Há um folha de papel que dobrando-se desenha a letra F, por trás dela o espaço é branco. É o espaço da Utopia.

 O João Vilhena e o Afonso Cruz  pintaram o mote. A utopia que no Folio nasce do branco. Do meio de nós. Do meio do Folio.

Mas porque é ideal, imaginário e fantástico todos somos(temos) uma. Nunca um evento teve cartazes que fossem todos originais. Três, quatro, dez ou cem cartazes.  Os que todos quiserem fazer. 

No mundo social a comunidade que ama o Folio tem uma tela de utopia só para ela. Para cada um. Que á a tela matriz da Utopia coletiva. O Folio oferece a tela digital e todos devolvem nela as suas utopias.

 

Cartazes originais que depois serão expostos em formato A4 cobrindo as paredes de uma sala durante o Folio.

 

in Folio mais : a sala da Utopia.

 

Nela todos se podem fotografar durante o FOLIO ao lado da sua utopia. Junto da de todos os outros.  E repetir a partilha, ideal, fantástica, imaginária.

 

JMdiogo

 

Organizadores
avatar for José Manuel Diogo

José Manuel Diogo

Diretor de Comunicação, Folio
O Diretor de comunicação do Folio, José Manuel Diogo é um autor e colunista português. Especialista em media intelligence, informação e gestão de comunicação. Estudou Jornalismo e Engenharia Mecânica na Universidade de Coimbra, em Coimbra, frequentou o curso XXXV PADE – Programa de Alta Direcção de Empresas da AESE e Pós graduado pelo... Read More →



Wednesday September 28, 2016 11:00 - 21:00
ESPAÇO CRIATIVO ANDRÉ REINOSO

11:00

Visualizações Da Influência Da "Canção Do Exílio"

Inserida na programação - UTOPIA - Matemática e Literatura


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Joshua Enslen

Joshua Enslen

Joshua Enslen é professor associado de Português na Academia Militar de Westpoint nos Estados Unidos, onde começou a lecionar após completar o seu doutoramento em Línguas Românicas na Universidade de Georgia. Em 2008 publicou Embodying the Nation: Literature and Diplomacy in Brazil– a sua dissertação – e já escreveu diversos ensaios para revistas e jornais sobre escritores... Read More →



Wednesday September 28, 2016 11:00 - 21:00
RESIDÊNCIA JOSEFA D'ÓBIDOS

11:00

Wine Garden - FOLIALQ

CONCEITO FoliALQ

WINE GARDEN by ALQ

Câmara Municipal de Alenquer

Poderão esperar da nossa parte uma tenda a imitar uma taberna “moderna” e com design de interior interessante, gerida por um parceiro do Município e em estreita relação com os nossos produtores da ROTA DOS VINHOS DE LISBOA. Estaremos disponíveis em todos os dias do eventos, no horário sugerido na nossa reunião, com ligeiros ajustes para um horário mais curto ou mais prolongado a partir dos primeiros dias do eventos e de acordo com a vontade do público e visitantes. Neste espaço estará igualmente a tempo inteiro um ou dois técnicos da autarquia para prestar todas as informações necessárias sobre os vinhos de Alenquer as nossas relações com a literatura. Neste espaço deverá igualmente estar uma pequena livraria com edições do Município de Alenquer para podermos igualmente transformar o espaço num pequeno mas simpático espaço literário e que servirá de fundo a algumas apresentações de obras recém editadas pelo nosso Município sobre o vinho e sobre outros aspetos culturais do nosso concelho.

A ideia base do espaço, para além da taberna no interior da tenda, será a de montar no exterior uma esplanada vínica, que possibilite a todos os visitantes disfrutar do evento na generalidade, retemperando forças neste local com recurso aos vinhos e petiscos que estarão à venda quer ao copo, quer em garrafa.

Temos previsto igualmente fazer alguns pequenos apontamentos musicais com músicos do concelho e de récita de poesia com escritores do concelho, que transformem esta esplanada vínica num local culturalmente ativo e acolhedor.  

Por último lançaremos o desafio aos nossos produtores para estarem presentes em cada dia do evento no sentido de poderem fazer algumas apresentações e provas de vinhos. Na certeza de que a sua presença trará a cada vinho um élan especial. Claro que como estaremos em plena época de vindimas e vinificação não podemos nesta fase quantificar a presença destes mas obviamente que alguns terão todo o gosto em estar presentes ou fazerem-se representar por seus colaboradores.



Wednesday September 28, 2016 11:00 - Thursday September 29, 2016 01:00
CERCA DO CASTELO

14:30

Vila Joya VIP Lounge

O projeto do Cooked Book não é sobre comida, é sobre sentimentos e emoções comestíveis, que juntou o Vila Joya, a Ivity e as suas deliciosas histórias - cr-EAT-ivity - numa receita única.

Cada prato tem uma história, cada Chef é um escritor, cada "livro cozinhado" é um pedaço da cultura cr-EAT-ive. O "livro cozinhado" é uma experiência visual concebida a partir do coração da cozinha do Vila Joya, para celebrar todos os Chefes do mundo, que escrevem a história da Gastronomia, todos os dias.

Sabor é tudo para o Chefe Koshina e a sua equipa. Sabor visual é tudo para o Chef-Designer Paulo e a sua equipa. Quando um Chef-Designer invade uma cozinha premiada com duas estrelas Michelin, quebra as regras e vai para além dos próprios alimentos - isso é cr-EAT-ivity.

Enquanto cruzam as muitas disciplinas de cr-EAT-ivity, Chef-Designers e Chefs de Cozinha fazem o mesmo, mas de maneiras diferentes. Escrevem histórias, reescrevem as memórias, equilibram sabores e ligam sensações. Cortam, fatiam, fervem, congelam. É brutal, é sensível. É um encontro cr-EAT-ive, que contraria o óbvio para tirar o máximo proveito dos nossos sabores mentais.

Para fazer parte do FOLIO, quisemos criar algo muito especial, nunca visto. Um livro de receitas teria sido fantástico, mas não era novidade. Enquanto pensávamos em livros de receitas e Chefs, em literatura, em livros e palavras, começámos a pensar como iríamos confeccionar esta receita. Depois de uma maravilhosa refeição com a equipa de design da Ivity, percebemos o seguinte: cada prato tem a sua própria história, escrita pelo seu Chef. Assim, todos Chefs no mundo são escritores. As suas palavras são os ingredientes deliciosos que lhes são oferecidos pela natureza, as receitas confeccionadas fazem a história, e o menu é o livro do Chefe, que é escrito principalmente com amor.

 ----

Varanda Pelourinho - Vila Joya Vip Lounge

Pelourinho room - Cooked Book launch talk

Padaria - Cooked Book live experience


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Carlos Coelho

Carlos Coelho

Ivity
Carlos Coelho, uma das grandes referências portuguesas no domínio da construção e gestão de marcas, , ao longo de 20 anos, conduziu centenas de projectos de algumas das marcas mais relevantes em Portugal, como o Multibanco, Telecel/Vodafone, Yorn, Galp Energia, RTP, Tv Cabo, CTT Correios e a TAP Portugal. É autor de diversos estudos sobre tendências e modelos teóricos de marcas, dos quais... Read More →
avatar for Dieter Koschina

Dieter Koschina

Vila Joya
Natural da Áustria, o Chef Dieter Koschina, lançou o Vila Joya na lista dos 50 melhores restaurantes no Mundo. Este restaurante premiado com duas estrelas Michelin, combina produtos locais com técnicas de cozinha do Norte da Europa.



Wednesday September 28, 2016 14:30 - 23:00
Vila Joya VIP Lounge

15:00

Vera San Payo de Lemos sobre Brecht
Bertolt Brecht:

Por outro lado Bertolt Brecht (1898-1956) foi um criador de muitos talentos e facetas: escreveu peças de teatro, poesia, prosa, teorizou sobre o que escrevia e sobre o mundo à sua volta, compôs canções e interpretou-as, foi dramaturgista e encenador, trabalhou para o cinema, interessava-se por fotografia e empenhou-se em deixar o seu trabalho, que classificava como experiências e reformulava constantemente, bem documentado. A última edição das suas obras completas contempla 30 volumes, organizados por peças, poemas, prosa, escritos, diários e cartas. Para além das suas múltiplas facetas enquanto criador, Brecht foi um cronista do tempo conturbado em que viveu. Tendo atravessado grandes mudanças sociais e políticas (o fim do Império de Guilherme II, a 1ª Guerra Mundial, a República de Weimar, a ascensão do nazismo, a 2ª Guerra Mundial, a divisão da Alemanha em dois estados e a guerra fria), a sua obra reflecte os ventos da História, problematiza as questões que estes foram trazendo e interpela leitores e espectadores a desenvolverem um olhar crítico face às situações. Os fundamentos são a experiência de que o tempo é composto de mudança, a evidência de que tudo tem, pelo menos, dois lados, um direito e um avesso, e a certeza de que é possível transformar o mundo num mundo melhor. Neste percurso pela vida e obra de Brecht, apresenta-se os momentos mais significativos do seu trabalho, explicita-se alguns dos seus conceitos inovadores (teatro épico, peça didáctica, efeito de estranhamento, gestus) e retrata-se o seu modo irreverente e polémico de pensar sobre a situação do homem no mundo.

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Vera San Payo de Lemos

Vera San Payo de Lemos

É docente do Departamento de Estudos Germanísticos e investigadora do Centro de Estudos de Teatro da Faculdade de Letras de Lisboa. No teatro, trabalha regularmente desde 1980, na área da tradução e dramaturgia, com o encenador João Lourenço, em espectáculos apresentados no Teatro Aberto, Teatro Nacional de São Carlos e Teatro Nacional D... Read More →



Wednesday September 28, 2016 15:00 - 16:00
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

15:00

Oficina FOLIO EDUCA: Oceanutópicos

Sinopse

Uma oficina de pensamento, oceano e utopia que promete interpelar os transeuntes e seduzir os jovens de Óbidos para a causa dos Oceanos. Pensamento, Palavra, Escrita, e Construção plástica, numa intervenção pelas ruas.

A oficina Oceanutópicos (batizada assim por votação dos jovens participantes) já começou no Agrupamento de Escolas Reynaldo dos Santos, em Vila Franca de Xira. Uma oficina que cruza a temática do livro Utopia de Thomas Moro com a urgência de pensar o mar. As sessões vêm realizando-se na bela biblioteca escolar da escola mãe do agrupamento e reúnem 20 participantes do 4º,8º e 11º ano num diálogo democrático e participado, transversal às diferentes idades em presença. Optámos pelo trabalho em pequenos grupos de reflexão temática que produziram pequenos textos afirmativos onde se propõem visões de futuro para os mares num exercício de transgressão criativa que vai crescendo a cada nova sessão realizada na biblioteca escolar. Em debate tem estado a forma como vamos partilhar o pensado e escrito pelas ruas de Óbidos, cativando transeuntes e alunos das escolas locais, para o tema da Utopia com sabor a Mar. Peço que nos desculpem por não divulgarmos (ainda) o que estamos a preparar – não queremos estragar a surpresa. 


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Miguel Horta

Miguel Horta

É um pintor que se dedica à partilha e comunicação com o Outro, daí que a sua intervenção se estenda à mediação cultural (museus, bibliotecas públicas e escolares, bairros problemáticos e estabelecimentos prisionais, ruas e praças). Horta é ainda autor/ilustrador de literatura infantojuvenil (Pinok e Baleote-PNL e Dacoli e Dacolá-PNL... Read More →
avatar for Hermínia Falcão Valente

Hermínia Falcão Valente

Professora bibliotecária do Agrupamento de Escolas Prof. Reynaldo dos Santos. | Coordenadora das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Professor Reynaldo dos Santos, Vila Franca de Xira e professora bibliotecária da Escola Sede do Agrupamento Professora do Ensino Secundário - Grupo 300 | Mestre em Gestão e Administração Educacional – Universidade Aberta de Lisboa | Licenciada em Línguas e... Read More →



Wednesday September 28, 2016 15:00 - 16:30
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

16:00

Jornalismo, Utopia e Economia
Moderador
avatar for José Manuel Diogo

José Manuel Diogo

Diretor de Comunicação, Folio
O Diretor de comunicação do Folio, José Manuel Diogo é um autor e colunista português. Especialista em media intelligence, informação e gestão de comunicação. Estudou Jornalismo e Engenharia Mecânica na Universidade de Coimbra, em Coimbra, frequentou o curso XXXV PADE – Programa de Alta Direcção de Empresas da AESE e Pós graduado pelo... Read More →

Quem vem ao FOLIO?
avatar for André Macedo

André Macedo

É jornalista desde 1995 e integrou a equipa fundadora do jornal “i”, onde desempenhou as funções de diretor-adjunto. Antes passara pela direção do Diário Económico, onde foi subdiretor, mais tarde diretor-adjunto e finalmente diretor. Passou também pela revista Sábado, como fundador e chefe de redação. E ainda pelo Correio da Manhã como editor da... Read More →
avatar for Nicolau Santos

Nicolau Santos

Nicolau Santos é um jornalista português. Jornalista especializado em assuntos económicos, é director-adjunto do semanário Expresso e co-apresentador do Expresso da Meia-Noite, transmitido na SIC Notícias.


Wednesday September 28, 2016 16:00 - 17:00
TENDA AUTORES Praça de Santa Maria

16:00

“Contação de Histórias” - “Lendas e Mitos da Amapá/ Amazônia”
“Contação de Histórias” - “Lendas e Mitos da Amapá/ Amazônia” por Josiane Ferreira e Carlos Lima 

Quem vem ao FOLIO?

Wednesday September 28, 2016 16:00 - 18:00
ESPAÇO CLEPUL Residência José Joaquim dos Santos

17:00

“Ópera do Malandro”
“Ópera do Malandro” – Ruy Guerra e Chico Buarque 

Quem vem ao FOLIO?
avatar for Ruy Guerra

Ruy Guerra

Nasceu em Moçambique em 1931. Começou desde cedo a escrever poesias, contos e críticas cinematográficas para a imprensa de Lourenço Marques, atual Maputo. Viajou para Paris aos 20 anos onde se formou em cinema, e em 1958 para o Brasil, país onde criou raízes. Os seus dois primeiros filmes, Os Cafajestes (1962) e Os Fuzis (1964, Urso de Prata de... Read More →


Wednesday September 28, 2016 17:00 - 18:00
ÓBIDOS LOUNGE Rua Direita, 78/86, Óbidos

17:00

Os editores propõem: "L’Ecume des voyages, Lisbonne et autres lieux" - Apresentação do livro com o autor Vincent Jacq, Sylviane Sambor e Sérgio Andrade
Os editores propõem: "L’Ecume des voyages, Lisbonne et autres lieux" -  Apresentação do livro com o autor Vincent Jacq, Sylviane Sambor e Sérgio Andrade.
Editora L’Escampette 


Wednesday September 28, 2016 17:00 - 18:00
TENDA MAIS

17:00

17:30

Remédios Literários Consultas de Biblioterapia
Remédios Literários Consultas de Biblioterapia com César Ferreira


Quem vem ao FOLIO?
avatar for César Ferreira

César Ferreira

Toda a vida tem uma história. A minha não é diferente. Oriundo da Ilha da Madeira, a famosa “Pérola do Atlântico”, iniciei a minha viagem pela leitura aos 7 anos. Primeiro pela banda desenhada, depois pela coleção de Júlio Verne e mais tarde pela Bíblia em que descobri, através desta, o poder da narrativa. Foi a partir daí, e até os dias de hoje, que... Read More →


Wednesday September 28, 2016 17:30 - 18:30
AMBULÂNCIA LITERÁRIA

17:55

Comboio Literário | Lisboa - Óbidos
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h17 e às 00h35. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 
NOTA: Há transporte FOLIO entre a estação de comboio de Óbidos e a Vila Literária 


Wednesday September 28, 2016 17:55 - 19:00
Lisboa Estação do Rossio

18:00

Tertúlia FOLIO EDUCA: O Jardim das Delícias - Artes, Literatura e Educação, a partir da obra de Hieronymus Bosch

Sinopse

No ano em que se celebram 500 anos sobre a data da morte do pintor Hieronymus Bosch, o artista flamengo do século XVI, propomos uma reflexão sobre a educação e a arte – e sobre a educação pela arte – a partir da sua bizarra, complexa e estranha obra. A escolha deste pintor, universalmente conhecido, como ponto de partida para esta sessão, prende-se com o facto de ninguém ter sabido, como ele, representar simultaneamente, por vezes, na mesma obra, a vida quotidiana, realista, familiar, e o universo místico, para lá das esferas do Céu, bem como o terror da descida aos infernos. Bosch trabalhou e desenvolveu as suas observações e visões numa época particular da História, na passagem do mundo medieval para o Renascimento, no choque entre o mundo antigo e o mundo novo, em terras sonhadas e longínquas, cheias de prodígios.

Todos sabemos que, ao longo de milénios, a maior parte da população era iletrada. A leitura e a cultura em geral eram só para uma elite da aristocracia e do clero. Saber ler era uma vantagem enorme, uma espécie de salvo-conduto especial, algo que distinguia, para melhor, uma pessoa das demais. O padre, do púlpito, lia os Evangelhos para a congregação que assim recebia ensinamentos sobre a forma como se deveriam comportar. Na maior parte das casas não havia livros e um dos bens mais preciosos era a Bíblia que passava de geração em geração, única obra cheia de histórias, acção, maravilhas e deslumbramentos. Uma biblioteca foi, até há bem pouco tempo, um luxo. Os conventos e os palácios eram os únicos lugares onde se podia estudar e ler, algo a que poucos tinham acesso. As pinturas encomendadas para as igrejas e outros lugares públicos contavam a vida dos santos e de personagens exemplares, evocando virtudes e pecados, como forma directa de instruir quem as contemplasse.

Voltando à obra de Bosch, sabemos que ele pintou e desenhou símbolos e imagens que, apesar de estranhas para nós, hoje em dia, eram relativamente fáceis de descodificar, para os seus contemporâneos. Por um lado havia todo um imaginário medieval que alertava as pessoas para os perigos das tentações e das quedas em pecado mortal; por outro, Bosch não podia evitar o deslumbramento da liberdade das novas descobertas. Ele compreendeu que o posicionamento do ser humano no universo estava em movimento acelerado, em metamorfose radical, escapando-se da ordem aristotélica que dominara o pensamento europeu durante mais de mil e quinhentos anos. A revolução cultural e civilizacional iniciada no século XIV provocou um abalo cultural e civilizacional tão drástico quanto o impacto tecnológico iniciado no século XX. 

 


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Rui Horta

Rui Horta

Coreógrafo e bailarino, Rui Horta nasceu em Lisboa e logo aos 17 anos começou a dançar no Ballet Gulbenkian. Viveu depois em Nova Iorque, onde completou a sua formação, foi professor e intérprete durante vários anos. Na Alemanha, dirigiu o Soap Dance Theatre Frankfurt, sendo o seu trabalho considerado uma referência na dança europeia e apresentado nos mais importantes teatros e festivais de... Read More →
avatar for Manuel João Ramos

Manuel João Ramos

Nasceu em Lisboa. É professor associado no Departamento de Antropologia e Investigador no Centro de Estudos Internacionais do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), Portugal. É o coordenador da Biblioteca Central de Estudos Africanos. | Em 1982 completou a licenciatura em Antropologia, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (FCSH-UNL) com a qualificação... Read More →
avatar for Helena Vasconcelos

Helena Vasconcelos

Helena Vasconcelos é escritora e jornalista, natural de Lisboa e com a infância passada em Goa e Moçambique. Formou-se em Filologia Germânica na Universidade Clássica de Lisboa e em História de Arte pela ARCO. Já passou pelo semanário O Independente, sendo que neste momento colabora com a ELLE e com o Público. Apoia a leitura nas Bibliotecas Municipais com a Culturgest de Lisboa... Read More →


Wednesday September 28, 2016 18:00 - 19:30
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

18:30

Walking River Trunk
Acreditando na música, contendo esta qualquer estilo ou fusão, como umexcelente veículo Artístico e Cultural, este trabalho pretende partilhar pensamentos,sentimentos, sensações... Nasce essencialmente de influências Folk/Rock/Blues. Todas as Cançõesservem os textos, muitas das vezes motivados e inspirados em Histórias Verídicas,trazendo a este trabalho o realismo necessários para fazer a ponte entre os nossossonhos, desejos, convicções...


Wednesday September 28, 2016 18:30 - 19:30
TENDA CONCERTOS CERCA DO CASTELO

18:30

Remédios Literários: De gago a grande – como a Leitura me deu voz com César Ferreira

Sinopse:
Durante mais de três décadas anos vivi um processo de gaguez que me limitou em todos os sentidos. Desde as dificuldades na aprendizagem ao constante desafio na relação com os outros, a gaguez influenciou a minha vida levando-me a renegar todo o meu potencial e toda a minha autenticidade.

Mas através da leitura, nomeadamente da biblioterapia, encontrei os recursos ideais para ultrapassar o desafio da gaguez e assumir a minha grandeza perante mim próprio e o mundo.

De Gago a Grande conta a minha história pessoal de como venci a gaguez através da aplicação da leitura como fonte de motivação, de inspiração e de superação.


Quem vem ao FOLIO?
avatar for César Ferreira

César Ferreira

Toda a vida tem uma história. A minha não é diferente. Oriundo da Ilha da Madeira, a famosa “Pérola do Atlântico”, iniciei a minha viagem pela leitura aos 7 anos. Primeiro pela banda desenhada, depois pela coleção de Júlio Verne e mais tarde pela Bíblia em que descobri, através desta, o poder da narrativa. Foi a partir daí, e até os dias de hoje, que... Read More →


Wednesday September 28, 2016 18:30 - 19:30
THE LITERARY MAN HOTEL

19:00

Apresentação de músicas regionais por músicos da região do Amapá juntamente com os actores da peça “Lendas e Mitos da Amapá/ Amazônia”
Apresentação de músicas regionais por músicos da região do Amapá juntamente com os actores da peça “Lendas e Mitos da Amapá/ Amazônia” (Ruas de Óbidos). (Clepul) 

Wednesday September 28, 2016 19:00 - 21:30
RUAS DE ÓBIDOS

21:00

Brecht: piano e voz – Francisco Sassetti e Luís Madureira

Actualidade de Brecht

Por alguma razão, que se prende com um mundo em que tudo muda para que tudo fique cada vez mais na mesma, a obra de Brecht e principalmente o seu modelo interventivo, não perdem interesse, nem actualidade, nem capacidade de mobilizar as novas gerações ( sempre mais generosas e disponíveis para a mudança desejada).

 O teatro que ele definiu como épico para contrariar em absoluto a catárse aristotélica tem um lugar, quem sabe se cada vez maior e mais necessário, no mundo e no Portugal de hoje. Quando as primeiras peças de Brecht e os seus textos teóricos foram publicados em Portugal, em finais da década de 50 e princípios de 60, havia censura, Brecht era autor proibido, mas isso aumentava o sucesso e as vendas (ainda que subreptícias).Não podia haver espectadores, mas havia leitores, hoje uma raça em extinção. Fala-se de teatro, mas vê-se menos do que se fala, e quanto a ler...estamos conversados. Tornou-se verdadeiro o preceito futurista de Pessoa de que ler é maçada!

Aproveito e deixo aqui a citação do poema Liberdade que me lembro, noutro milénio, de ter ouvido a João Villaret:

 

“Ai que prazer

Não cumprir um dever,

Ter um livro para ler

E não o fazer!

Ler é maçada.

Estudar é nada.

O sol doira

Sem literatura

...

Livros são papéis pintados com tinta.

Estudar é uma coisa em que está indistinta

A distinção entre nada e coisa nenhuma”.

 

E por aí fora.

Este poema, na boca de Pessoa, é um exercício divertido de provocação, pois se houve alguma vez em Portugal um leitor ávido, foi ele. Leu tudo, no seu tempo, o que se podia ler: de história, religião, poesia, sem omitir os gregos e latinos, filosofia, sem omitir a filosofia hermética, teatro, fazendo de Shakespeare o seu grande modelo,enfim: até Einstein, Freud e James Joyce, tão recentes à época, constam da sua biblioteca pessoal!

Voltando à actualidade de Brecht: a primeira peça que traduzi foi A Excepção e a Regra, que depois o CITAC de Coimbra representou, com música de José Niza. E a última foi A Mãe, de colaboração com Teresa Balté. Uma e outra podem ser, ou devem ser, de novo retomadas, pois as suas lições são imperativas. Penso em especial, pois traduzimos essa canção para o Recital de Almada, n’ O Elogio do Estudo,

onde Brecht salienta, de forma veemente, pela boca da principal personagem, a absoluta necessidade do estudo. Só o estudo consistente, regular, aturado, permite a evolução: do saber, do carácter, da capacidade de intervenção, social, cultural e política.

Faz falta esta peça, neste momento, entre nós. Quem sabe se, depois do recital, o mundo do espectáculo a recupera para  novos públicos  que vejam nela, como nós vimos outrora, a grande inteligência com que Brecht aponta a necessidade absoluta de uma nova classe política que saiba o que fazer, em cada momento?

Eis o Elogio do Estudo, numa nova versão, cantável na nossa língua.

Por mim, ensinaria a cantar nas Escolas esta espécie de bandeira, contrariando o facilitismo vigente, que a todos nós prejudica e ofende.

 

Y.K.Centeno

Lisboa, 2008

 


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Luís Madureira

Luís Madureira

Luís Madureira, tenor, nasceu em Tomar em 1955. Licenciado em Canto de Concerto pelo Conservatório Nacional, continuou os seus estudos em Londres com o professor Peter Harrison, como bolseiro da Secretaria de Estado da Cultura. É licenciado em Música/Canto pela Escola Superior de Música de Lisboa. Divide a sua atividade entre o ensino, o canto, o teatro e o cinema e o seu repertório abrange a... Read More →
avatar for Francisco Sassetti

Francisco Sassetti

Natural de Lisboa, frequentou o Curso Geral de Piano do Conservatório Nacional de Lisboa e a Escola Superior de Música de Lisboa. Ingressou no College Conservatory of Music da Universidade de Cincinnatti (EUA) onde obteve, em 1995, o Mestrado em Piano Performance. Iniciou a carreira de concertista no Teatro de São Luís em Lisboa, em 1988, e desde então tem-se apresentado a solo ou integrado... Read More →


Wednesday September 28, 2016 21:00 - 22:00
AUDITÓRIO MUNICIPAL CASA DA MÚSICA

22:30

Quinteto Party Brass Band
Quinteto Party Brass Band
Ritmos Balcânicos 

Wednesday September 28, 2016 22:30 - 23:30
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

00:35

Comboio Literário | Óbidos - Lisboa
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h17 e às 00h35. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 


Thursday September 29, 2016 00:35 - 02:30
Estação CP Óbidos Óbidos
 
Thursday, September 29
 

10:25

Comboio Literário | Lisboa - Óbidos
 FOLIO começa todos os dias na Estação do Rossio em Lisboa, e arranca rumo a Óbidos num comboio repleto de animação a bordo.Com partidas diárias às 10h25 e 17h55, as viagens prometem ser também, por si só, uma extensão do programa do FOLIO. Há poemas e livros a bordo, protagonistas do FOLIO entre os passageiros e já em pleno ambiente do festival que se completa na Vila Literária de Óbidos, de 22 de setembro a 2 de outubro. O regresso a Lisboa, a partir da estação de Óbidos, é também diário às 15h16 e às 00h36. Os bilhetes custam 9,5 euros ida e volta ou 5 euros para uma só viagem e dão direito a 50% de desconto na compra de bilhetes para o FOLIO, à venda na BOL (Bilheteira online). 
Com o selo ‘Vá de comboio, não perca este evento’, a CP associa-se assim ao festival literário europeu que terá em Óbidoa mais de 250 eventos culturais à disposição dos visitantes, entre mesas com autores, concertos, teatro, cinema, aulas, seminários, exposições e wokshops.
 
NOTA: Há transporte FOLIO entre a estação de comboio de Óbidos e a Vila Literária


Thursday September 29, 2016 10:25 - 12:00
Lisboa Estação do Rossio

11:00

Oficina FOLIO EDUCA: : Voz e Fisicalidade

Sinopse

OFICINA de VOZ e FISICALIDADE sobre palavras, frases e pedaços da obra Utopia de Thomas More. Encontraremos forma de nos apropriarmos das suas palavras e de as fazer nossas. Daremos relevo à oralidade, à musicalidade da linguagem, à fonética e aos coros vocais e físicos. 


Quem vem ao FOLIO?
avatar for Margarida Mestre

Margarida Mestre

Com formação em Educadora de Infância, Sonoplastia e Dança pelo Fórum-Dança (técnica e composição), tem orientado em Lisboa e noutras cidades do país diversos ateliers dentro da área do corpo e da voz resultante da sua investigação e prática como performer e da sua experiência de cruzamento entre as artes e a pedagogia. Estudou voz com Shelley... Read More →



Thursday September 29, 2016 11:00 - 12:30
LIVRARIA DA ADEGA Rua da Porta da Vila, 2510-089 Óbidos

11:00

Tempo Pintado - revisitar Ruy Belo

Tempo pintado, revisitar Ruy Belo

Peças cerâmicas povoam a casa de Ruy Belo. É uma presença que continua a existir junto dos livros de quase todas as divisões da casa. São como figuras que com esses mesmos livros estabelecem um diálogo enigmático, talvez sobre lugares, sobre as mãos que moldaram aquelas personagens e objetos, talvez sobre o conteúdo dos livros, sobre poemas, sobre a vida, sobre o mundo. Outras peças respondem pela sua função imediata, de apoio ao quotidiano da casa. Pratos, canecas, travessas, todos os dias nos transportam em memória para lugares distantes, como se nos seus desenhos sobre fundo branco se configurasse uma geografia imaginária que, inevitavelmente, nos ergue para os universos da palavra, não necessariamente para os poemas ou outras formas, mas para a possibilidade da livre expressão do pensamento.

Os objetos cerâmicos representados nestas fotografias foram adquiridos por Ruy Belo em Óbidos e na sua região.

 

Duarte Belo

Setembro 2016



Thursday September 29, 2016 11:00 - 21:00
GALERIA PELOURINHO Largo de São Pedro, 2510-086 ÓBIDOS

11:00

Filipe Seems por António Jorge Gonçalves e Nuno Artur Silva
Quem vem ao FOLIO?
avatar for António Jorge Gonçalves

António Jorge Gonçalves

Ilustrador, caricaturista, designer gráfico, cenógrafo e professor, é na BD que tem o seu trabalho de maior destaque. Nasceu em Lisboa há 51 anos, licenciou-se em Design Gráfico e fez o Mestrado em Theatre Design em Londres. Foi ainda professor no IADE, RESTART e na Universidade Nova de Lisboa. Sendo a banda desenhada a sua forma de expressão de... Read More →
avatar for Nuno Artur Silva

Nuno Artur Silva

Nuno Artur Silva, curador da primeira edição da área da Folia, em 2015. É autor e produtor de livros, peças de teatro, séries e programas de televisão, sobretudo nas áreas da comédia e da poesia. Foi fundador, editor e diretor da Produções Fictícias, agência criativa, do jornal ‘O Inimigo Público e do Canal Q, canal cabo de... Read More →



Thursday September 29, 2016 11:00 - 21:00
CAPELA DE SÃO MARTINHO Largo de São João de Deus, Óbidos